PARCERIA MEUSLINKS

Siga Também no Google+

Gostou do blog? Então Participe!

Top 5 Postagens Mais Populares da Última Semana

domingo, 20 de setembro de 2015

Obama nomeia homossexual assumido para liderar Exército dos EUA

Julio Severo


Eric Fanning, um oficial de longa data do Pentágono que é um homossexual assumido, foi nomeado pelo presidente Barack Obama para liderar o Exército dos EUA.
“Eric traz muitos anos de experiência comprovada e liderança excepcional para esse novo papel,” Obama disse numa declaração, o jornal Washington Post informou na sexta-feira. “Aguardo ansiosamente trabalhar com Eric para manter nosso Exército como o melhor do mundo.”
Suas palavras e ações são radicalmente contrárias às palavras e ações do Pai dos Estados Unidos.
Conforme está registrado nos “The Writings of George Washington” (10 de março de 1778, 11:83-84, Gráfica do Governo dos EUA, 1934), George Washington ordenou: “Numa corte marcial geral, o tenente Enslin, do regimento do coronel Malcom, foi julgado por tentar cometer sodomia com o soldado John Monhort… que ele seja sentenciado a ser dispensado do serviço militar. Eu, o comandante-em-chefe, aprovo a sentença e com nojo e ódio de tais crimes infames ordeno que o tenente Enslin seja expulso do acampamento amanhã de manhã com anúncio público e alto para nunca mais voltar.”
Washington, o Pai dos Estados Unidos, ordenou que um soldado fosse expulso por tentar cometer um ato de sodomia. No caso de Fanning, não houve só tentativa. Ele cometeu o ato.
Você quer a verdade nua e crua? Tenho certeza de que no caso de Obama e de Fanning, o Pai dos Estados Unidos aprovaria sentença neles e trataria, com nojo e ódio, a sodomia e defesa da sodomia deles como um crime infame.
No mínimo, Obama seria expulso da presidência dos EUA e Fanning seria expulso do Exército, ambos com desonra, para nunca mais voltarem. Ambos cometeram traição contra o Pai dos Estados Unidos.
Lamentavelmente, Fanning e sua homossexualidade assumida não são os únicos escândalos no Exército dos EUA. Obama e sua defesa homossexual descarada não são os únicos escândalos no governo dos EUA. Há reportagens, até mesmo de líderes cristãos americanos, de que as ações militares e políticas dos EUA têm favorecido opressores islâmicos e prejudicado vítimas cristãs. Três artigos importantes são:
O Pai dos Estados Unidos nunca teve a intenção de que seu Exército abrigasse defensores da homossexualidade. Seria nojento e detestável para ele.
Ele nunca teve a intenção de que seu Exército favorecesse opressores islâmicos à custa de sangue cristão. Seria totalmente nojento e detestável para ele.
A intenção dele era que o Exército dos EUA fosse apenas um protetor dos EUA, não uma força policial mundial para impor uma “democracia” pró-islamismo, pró-sodomia, pró-aborto e anticristã no mundo inteiro.
Tenho lido muito sobre americanos que se orgulham de defender seus direitos de ter e usar armas argumentando que as armas são importantes para proteger a si e suas famílias. Concordo totalmente com eles. Mas o argumento deles também diz que as armas são necessárias contra um governo tirânico.
Um governo que trata, com nojo e ódio, a postura antissodomia de Washington não seria tirânico?
Um governo que favorece opressores islâmicos à custa de sangue cristão não seria tirânico?
Uma verdade nua e crua para os americanos defensores de porte de armas: se vocês não conseguem agir agora, para que serve seus direitos de ter e usar armas?
Washington teria ficado totalmente envergonhado com um Exército dos EUA liderado por um homossexual assumido.
Ele teria ficado totalmente envergonhado com um Exército dos EUA que favorece opressores islâmicos à custa de sangue cristão.
E será que ele ficaria honrado com defensores de armas que não movem um dedo enquanto o Exército dos EUA favorece opressores islâmicos à custa de sangue cristão?
Um americano verdadeiramente patriota faria uma revolução.
Por muito menos, Washington fez uma.
Esta é a verdade nua e crua.
Com informações do WND.

Nenhum comentário:

Lista das 10 postagens mais populares desde à criação do Blog

Pegue uma Bíblia e descubra Como ir para o Céu

O plano de Deus para a sua salvação

Primeiro você precisa saber:

1) Boas obras não salvam (Efésios 2:8,9 / João 14:6 / Tito 3:4-7)

2) Todos pecaram inclusive você (Rom 3:23)

3) E por isso todos estão indo para a morte eterna (o Inferno) (Rom 6:23)

4) Mas Deus nos amou tanto que enviou Jesus Cristo para nos salvar (João 3:16 / João 14:6 / Romanos 5:8 / Lucas 5:32)

E assim se você...

1) ... se arrepender e confessar que é pecador, (2 Cor 7:10 / 1 Jo 1:9)

2) ... crer que Jesus é o Filho de Deus (Rom 10:9)

3) ... e pedir a Ele: “Jesus me perdoa, me salva! (Rom 10:13 / Lucas 23:33-43)

Então você será salvo!

1) Todos os seus pecados serão perdoados e lavados pelo sangue de Jesus (I João 1:7 / Marcos 1:40-42)

2) Você terá vida eterna no céu com Deus (João 3:16 / João 14:2-6)

3) A salvação não se perde jamais (João 10:27-30)

“Eis aqui agora o dia da salvação” (2 Cor 6:2)

Ninguém sabe quanto tempo vai viver, não adie a maior decisão que você tem a tomar na vida. Converse com Deus em uma oração simples, se arrependa, confesse, creia e clame “Jesus me perdoa, me salva, me lava, me transforma!” E assim você poderá ter absoluta certeza da salvação.

Fonte: Editora Elim – www.editoraelim.com.br – (21) 2415-7923

FOLHETO: ESTA FOI A SUA VIDA!

VOCÊ TEM UM TEMPINHO PARA VER?

PAÍSES QUE PASSARAM POR AQUI: QUASE 160

free counters