PAÍSES QUE PASSARAM POR AQUI: QUASE 160

free counters

Siga Também no Google+

POSTAGENS MAIS RECENTES

Gostou do blog? Então Participe!

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Adolescente acorda dentro de caixão com sepultura fechada; veja o vídeo

Uma adolescente dada como morta acordou dentro de sua sepultura e foi retirada após gritar por socorro, mas morreu mais tarde.



Um vídeo surpreendente mostra o momento em que Neysi Perez, uma jovem grávida de três meses, que tinha 16 anos de idade, acordou dentro de um caixão.Antes do episódio horrível, ela teria acordado em sua casa, em La Entrada, Honduras, no meio de uma noite, antes de ficar inconsciente ao sofrer um aparente colapso decorrente de um ataque de pânico depois de ouvir uma rajada de tiros.

A adolescente começou a espumar pela boca e seus pais chamaram um padre local para exorcizar a filha, pois acreditavam que ela estava possuída por um espírito maligno.

Após ficar aparentemente sem vida, ela foi levada às pressas para o hospital, onde três horas depois os médicos a declararam morta.

Ela foi, então, enterrada, com o vestido de seu recente casamento. Um dia após o enterro, seu marido, Rudy Gonzales, foi visitar o túmulo da amada e a ouviu gritar por ajuda. A mulher estava dentro do túmulo de concreto.

Ele, então, chamou pelos familiares e eles quebraram o túmulo. A ação foi registrada em vídeo.

Após isso ela foi levada a um hospital mais próximo, na cidade de San Pedro Sula, ainda dentro do caixão, mas os médicos, que se esforçaram para reanimá-la, não encontraram sinais vitais na jovem, declarando-a novamente como clinicamente morta.

Havia contusões nos dedos da jovem, que teve seu corpo sepultado novamente.

Os médicos acreditam que Neysi possa ter sofrido uma interrupção temporária da atividade cardíaca após um grave ataque de pânico.

Outra hipótese é a de que a adolescente teve um ataque de cataplexia, uma perda abrupta e temporária da função muscular voluntária, normalmente desencadeada por um forte estímulo emocional como estresse ou medo, durante o qual a vítima mantém consciência plena.

Neysi supostamente pode ter morrido por falta de oxigênio depois de acordar dentro do caixão fechado.





Com informações do: Gadoo / Meio Norte

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Seita arrecadou mais de 100 milhões ao pedir bens de fiéis

Os fiéis eram obrigados a doarem todos os seus bens e trabalharem nas fazendas da igreja sem receber salário



A Polícia Federal prendeu na manhã desta segunda-feira (17) seis líderes de uma seita religiosa que agia nos estados de Minas Ferais, Bahia e São Paulo mantendo seus fiéis em situação análoga à escravidão.

Os acusados são líderes da “Comunidade Evangélica Jesus, a verdade que marca” que de acordo com o delegado da Polícia Federal em Varginha (MG), João Carlos Girotto, exigia que os fiéis doassem todos os seus bens e se mudassem para trabalhar nas fazendas da seita.

“[Eles eram levados para o interior] sob a promessa de que viveriam em comunidades onde vigeria o princípio da igualdade absoluta. Todos os bens seriam de todos. Ao adentrarem na seita, as pessoas são convencidas a entregarem todos os seus bens, móveis e imóveis, e na sequência são transferidas para fazendas, onde trabalham sem remuneração. Lá eles também têm a liberdade cerceada e, ao irem para as cidades, são escoltadas por membros da seita”, afirma Girotto a EPTV, retransmissora da Rede Globo na região Sul de Minas Gerais.

Segundo as investigações da polícia com a doação dos bens os líderes chegaram a somar R$ 100 milhões em patrimônio, parte do dinheiro foi convertido em grandes fazendas, casas e veículos de luxo.

Além da prisão dos seis homens – o pastor líder da igreja foi preso em Pouso Alegre (MG) e outras cinco pessoas foram presas em cidades mineiras e baianas – a PF também apreendeu os bens pertencentes aos líderes, entre eles 39 imóveis rurais em Minas, Bahia, contas bancárias, documentos, computadores e mais de 100 veículos incluindo modelos de luxo.

As investigações começaram em 2013, o delegado da PF Thiago Severo de Rezende afirmou também que “assim que a polícia começava a investigar a atuação deles em determinados lugares, eles se transferiam para outras regiões”.

A seita iniciou suas atividades em 2007 nas cidades de Ribeirão Preto (SP) e São José do Rio Preto (SP), e em 2012 foi transferida para o interior de Minas Gerais.

Os líderes foram presos temporariamente por cinco dias, podendo ter a prisão prorrogada por mais cinco dias. Eles responderão pelos crimes de redução de pessoas à condição análoga à de escravo, tráfico de pessoas, estelionato, organização criminosa, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. 

Com informações G1 / Gospel Prime

Quando uma astrofísica ateia se converte a Cristo: "Eu percebi que existe uma ordem no Universo"

Uma história turbulenta, que, entre estudos rígidos e sofrimentos profundos, chegou à plenitude em Jesus.



Repercutiu em sites de todo o planeta, recentemente, o testemunho de Sarah Salviander, pesquisadora do Departamento de Astronomia da Universidade do Texas e professora de Astrofísica na Universidade Southwestern. A incrível história da sua conversão a Cristo começa com os seus estudos científicos e culmina com a morte da filha. Vale a pena investir cinco minutos em ler o depoimento dela.

"Eu nasci nos Estados Unidos e fui criada no Canadá. Meus pais eram ateus, embora preferissem se definir como ‘agnósticos’. Eles eram carinhosos e mantinham uma ótima conduta moral, mas a religião não teve papel nenhum na minha infância".

"O Canadá já era um país pós-cristão. Olhando em retrospectiva, é incrível que, nos primeiros 25 anos da minha vida, eu só conheci três pessoas que se identificaram como cristãs. A minha visão do cristianismo era intensamente negativa. Hoje, olhando para trás, eu percebo que foi uma absorção inconsciente dessa hostilidade geral que existe no Canadá e na Europa em relação ao cristianismo.
Eu não sabia nada do cristianismo, mas achava que ele tornava as pessoas fracas e tolas, filosoficamente banais".

Aos 25 anos, quando abraçava a filosofia racionalista de Ayn Rand, Sarah entrou em uma universidade dos EUA: "Entrei no curso de Física da Eastern Oregon University e percebi logo a secura e a esterilidade do objetivismo racionalista, incapaz de responder às grandes questões: qual é o propósito da vida? De onde foi que viemos? Por que estamos aqui? O que acontece quando morremos? Eu notei também que esse racionalismo sofria de uma incoerência interna: toda a sua atenção se volta para a verdade objetiva, mas sem apresentar uma fonte para a verdade. E, embora se dissessem focados em desfrutar a vida, os objetivistas racionalistas não pareciam sentir alegria alguma. Pelo contrário: estavam ferozmente preocupados em se manter independentes de qualquer pressão externa".

A atenção da jovem se voltou completamente ao estudo da física e da matemática. "Entrei nos clubes universitários, comecei a fazer amigos, e, pela primeira vez na minha vida, conheci cristãos. Eles não eram como os racionalistas: eram alegres, felizes e inteligentes, muito inteligentes. Fiquei de boca aberta ao descobrir que os meus professores de física, a quem eu admirava muito, eram cristãos. O exemplo pessoal deles começou a me influenciar e eu me via cada vez menos hostil ao cristianismo. No verão, depois do meu segundo ano, participei de um estágio de pesquisa na Universidade da Califórnia, num grupo do Centro de Astrofísica e Ciências Espaciais que estudava as evidências do Big Bang. Era incrível procurar a resposta para a pergunta sobre o nascimento do Universo. Aquilo me fez pensar na observação de Einstein de que a coisa mais incompreensível a respeito do mundo é que o mundo é compreensível. Foi aí que eu comecei a perceber uma ordem subjacente ao universo. Sem saber, ia despertando em mim o que Salmo 19 diz com tanta clareza: ‘Os céus proclamam a glória de Deus; o firmamento anuncia a obra das suas mãos’".


Depois desse insight, a razão de Sarah foi gradualmente se abrindo ao Mistério: "Comecei a perceber que o conceito de Deus e da religião não eram tão filosoficamente banais como eu pensava que fossem. Durante o meu último ano, conheci um estudante finlandês de ciências da computação. Um homem de força, honra e profunda integridade, que, assim como eu, tinha crescido como ateu num país laico, mas que acabou abraçando Jesus Cristo como o seu Salvador pessoal, aos 20 anos de idade, graças a uma experiência particular muito intensa. Nós nos apaixonamos e nos casamos. De alguma forma, mesmo não sendo religiosa, eu achava reconfortante me casar com umcristão. Terminei a minha formação em física e matemática naquele mesmo ano e, pouco tempo depois, comecei a dar aulas de astrofísica na Universidade do Texas em Austin".

A penúltima etapa da jornada de Sarah foi a descoberta, também casual, de um livro de Gerald Schroeder: “The Science of God” [“A Ciência de Deus”]. "Fiquei intrigada com o título e alguma coisa me levou a lê-lo, talvez o anseio por uma conexão mais profunda com Deus. Tudo o que sei é que aquilo que eu li mudou a minha vida para sempre. O Dr. Schroeder é físico do MIT e teólogo. Eu notei então que, incrivelmente, por trás da linguagem metafórica, a Bíblia e a ciência estão em completo acordo. Também li os Evangelhos e achei a pessoa de Jesus Cristo extremamente convincente; me senti como quando Einstein disse que ficou ‘fascinado com a figura luminosa do Nazareno’. Mesmo com tudo isso, apesar de reconhecer a verdade e de estar intelectualmente segura quanto a ela, eu ainda não estava convencida de coração".

O encontro decisivo com o cristianismo aconteceu há apenas dois anos, depois de um acontecimento dramático: "Eu fui diagnosticada com câncer. Não muito tempo depois, meu marido teve meningite e encefalite; ele se curou, felizmente, mas levou certo tempo. A nossa filhinha Ellinor tinha cerca de seis meses quando descobrimos que ela sofria de trissomia 18, uma anomalia cromossômica fatal. Ellinor morreu pouco depois. Foi a perda mais devastadora da nossa vida. Eu caí nas mãos do desespero até que tive, lucidamente, uma visão da nossa filha nos braços amorosos do Pai celestial: foi só então que eu encontrei a paz. Depois de todas essas provações, o meu marido e eu não só ficamos ainda mais unidos, como também mais próximos de Deus. A minha fé já era real. Eu não sei como teria passado por essas provações se tivesse continuado ateia. Quando você tem 20 anos, boa saúde e a família por perto, você se sente imortal. Mas chega um momento em que a sensação de imortalidade evapora e você se vê forçada a enfrentar a inevitabilidade da própria morte e da morte das pessoas mais queridas".

"Eu amo a minha carreira de astrofísica. Não consigo pensar em nada melhor do que estudar o funcionamento do universo e me dou conta, agora, de que a atração que eu sempre senti pelo espaço não era nada mais do que um intenso desejo de me conectar com Deus.
Eu nunca vou me esquecer de um estudante que, pouco tempo depois da minha conversão, me perguntou se era possível ser cientista e acreditar em Deus. Eu disse que sim, claro que sim. Vi que ele ficou visivelmente aliviado. Ele me contou que outro professor tinha respondido que não. Eu me perguntei quantos outros jovens estavam diante de questões semelhantes e decidi, naquela hora, que iria ajudar os que estivessem lutando com esses questionamentos. Eu sei que vai ser uma jornada difícil, mas o significado do sacrifício de Jesus não deixa dúvidas quanto ao que eu tenho que fazer".

Publicado em Aleteia / Noticias Cristãs

Thalles canta Michael Jackson no Criança Esperança e desperta ira de evangélicos; Assista

A participação do cantor Thalles Roberto no Criança Esperança, no último sábado, 15 de agosto, repercutiu negativamente por causa das músicas escolhidas.


O vídeo que vem circulando nas redes sociais com trecho em que Thalles canta o refrão da música “They Don´t Care About Us”, de Michael Jackson, num mash up com “Olhos Coloridos” (sarará crioulo), de Sandra de Sá, já tem milhares de visualizações no YouTube.

Em outros momentos, Thalles cantou, ao lado de atores e outros cantores e músicos, “Imagine”, de John Lennon; “Peço a Deus”, de Mestre Marçal; “One Love”, de Bob Marley; e o samba “Conselho”, de Jorge Aragão.

No sábado, durante a exibição do programa especial pelos 30 anos do projeto Criança Esperança, usuários do Twitter comentavam simultaneamente a aparição de Thalles com teor bastante crítico.

Até o comentário do artista, feito semanas atrás, de que Deus o havia enviado para cantar aos não-crentes e ao lado de músicos seculares considerados de alto nível foi lembrado pelos internautas, pois entre os artistas com quem ele dividiu o palco, estavam Anitta e Valesca Popozuda.

“Thalles Roberto disse que queria ir pro meio “dos grandes”. Ta aí cantando com Anitta e Valesca. Bem feito”, escreveu o usuário Sr. Mailson.

“Thalles Roberto decidiu parar de envergonhar os cristãos pra envergonhar a humanidade! Vai que você consegue!”, escreveu Patrick Broedel.

A internauta Carol Ascensão usou o título de uma das músicas de Thalles para ironizar sua performance no programa da TV Globo: “’Pai eu não confio em mim’- Nem eu Thalles Roberto!”.

“Thalles Roberto não está fazendo diferença nenhuma nesse Criança Esperança”, comentou Jhulia Emellynn, lembrando o discurso comumente usado por músicos evangélicos para justificar incursões em atrações seculares.

Assista:




Com informações do Gospel+

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Homem aventureiro vai passear na selva e é devorado por canibal

Não é história de filme de terror. O aventureiro Stefan Ramin, de 40 anos, que nunca retornou de uma viagem à Polinésia Francesa foi vitima de um assassino canibal.



A polícia britânica concluiu uma investigação que afirmou que ele virou almoço de um canibal local que agia como guia turístico. Mas o governo da Polinésia negou veementemente a possibilidade.

O comilão de aventureiros seria Henri Haiti, que supostamente amarrou e estuprou a mulher de Ramin. O caso jamais foi resolvido e Henri não foi preso, embora a imprensa se refira a ele como um "conhecido canibal".




 Com informações do R7 / MN

Lista das 10 postagens mais populares desde à criação do Blog

Pegue uma Bíblia e descubra Como ir para o Céu

O plano de Deus para a sua salvação

Primeiro você precisa saber:

1) Boas obras não salvam (Efésios 2:8,9 / João 14:6 / Tito 3:4-7)

2) Todos pecaram inclusive você (Rom 3:23)

3) E por isso todos estão indo para a morte eterna (o Inferno) (Rom 6:23)

4) Mas Deus nos amou tanto que enviou Jesus Cristo para nos salvar (João 3:16 / João 14:6 / Romanos 5:8 / Lucas 5:32)

E assim se você...

1) ... se arrepender e confessar que é pecador, (2 Cor 7:10 / 1 Jo 1:9)

2) ... crer que Jesus é o Filho de Deus (Rom 10:9)

3) ... e pedir a Ele: “Jesus me perdoa, me salva! (Rom 10:13 / Lucas 23:33-43)

Então você será salvo!

1) Todos os seus pecados serão perdoados e lavados pelo sangue de Jesus (I João 1:7 / Marcos 1:40-42)

2) Você terá vida eterna no céu com Deus (João 3:16 / João 14:2-6)

3) A salvação não se perde jamais (João 10:27-30)

“Eis aqui agora o dia da salvação” (2 Cor 6:2)

Ninguém sabe quanto tempo vai viver, não adie a maior decisão que você tem a tomar na vida. Converse com Deus em uma oração simples, se arrependa, confesse, creia e clame “Jesus me perdoa, me salva, me lava, me transforma!” E assim você poderá ter absoluta certeza da salvação.

Fonte: Editora Elim – www.editoraelim.com.br – (21) 2415-7923

FOLHETO: ESTA FOI A SUA VIDA!

VOCÊ TEM UM TEMPINHO PARA VER?