PARCERIA MEUSLINKS

Siga Também no Google+

Gostou do blog? Então Participe!

Top 5 Postagens Mais Populares da Última Semana

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Homem que comeu baratas vivas em concurso morreu sufocado nos EUA

Necropsia indicou que Edward Archbold, 32, teve morte acidental.
Ele morreu ao comer dezenas de insetos em concurso de loja na Flórida.

Imagem de vídeo do YouTube mostra competidores comendo baratas
 e vermes nos EUA (Foto: Reprodução)
O americano Edward Archbold, que morreu em outubro após vencer um concurso em que comeu baratas e vermes vivos, teve como causa de morte "asfixia provocada por sufocação e aspiração de conteúdos gástricos", segundo necropsia feita pelos legistas do condado de Broward e divulgada nesta segunda-feira (26).

A morte de Archbold, de 32 anos, foi considerada um acidente. Pedaços das baratas obstruíram as vias respiratórias dele, segundo os médicos do condado da Flórida.

Os exames não indicaram consumo de drogas.

Um vídeo publicado no YouTube à época mostrou os participantes do concurso ingerindo baratas e vermes em West Palm Beach.

O concurso aconteceu em 5 de outubro em Deerfield Beach. De acordo com a delegacia do condado de Broward, Archbold comeu dezenas de baratas.

Ele ganhou o concurso, mas começou a passar mal logo em seguida.

O homem desmaiou em frente à loja de répteis Ben Siegel Reptiles, onde ocorria o evento. Archbold foi declarado morto após ser levado a um hospital.

O prêmio do concurso era uma cobra píton avaliada em US$ 850.

O dono da loja, Ben Siegel, se disse chocado com a morte do participante. “Eddie era um bom rapaz. Todo mundo que trabalha aqui se dava muito bem com ele. Ele era o espírito da festa, e realmente fez a noite mais divertida”, disse.

Segundo Siegel, todos os participantes do concurso bizarro assinaram um documento dizendo que estavam sóbrios e que não tinham alergia a moluscos ou a baratas.

Um comunicado divulgado pelo advogado dele, afirma que, além disso, “os participantes estavam inteiramente conscientes do que estavam fazendo e assumiam a responsabilidade pela participação no concurso nada convencional”.

Nenhum dos demais participantes, cerca de 30, teve problemas médicos após o evento.

Com informações do G1

Boicote evangélico? Ibope de Salve Jorge continua caindo

Ibope da novela global não consegue o mesmo sucesso do folhetim anterior.


Críticos da TV comentam a baixa audiência da novela Salve Jorge, mesmo com média de 30 pontos no ibope a novela das 21h da Rede Globo em alguns dias marca apenas metade do que a anterior, Avenida Brasil, marcava.

Um dos piores índices foi aferido no dia 20 de novembro quando a novela de Glória Perez marcou apenas 23 pontos. O jornalista Lauro Jardim da revista Veja escreveu em sua coluna que a emissora poderia criar uma campanha intitulada “Salvem Salve Jorge” para tentar recuperar a audiência do horário.

Na coluna F5, da Folha de São Paulo, os baixos índices ganham algumas justificativas como os temas repetidos sobre amor proibido entre pessoas de classes sociais e também ao fato da novela estar ambientalizada no Complexo do Alemão, ao contrário da novela anterior que ganhou um bairro fictício, que apesar de representar um subúrbio mostrava uma vizinhança feliz e sem pobreza.

Apesar de não haver provas, o boicote promovido por evangélicos também pode estar influenciando os baixos números do ibope. Desde o lançamento da novela em outubro a trama tem despertado polêmica entre religiosos.

Edir Macedo colocou a reprise da minissérie Rei Davi para tentar competir com a novela das 21h, mas a audiência da Record não passa de 10 pontos.

Outro líder evangélico que pediu para que os evangélicos não assistissem ao folhetim foi Silas Malafaia que resolveu responder a uma crítica da autora. “Vou ser curto e grosso! Acho que evangélicos não devem assistir novelas para não ampliar a voz dos imbecis que as escrevem!”, disse ele depois de ouvir Glória Perez chamando os evangélicos de imbecis.

Autora se estressa com evangélicos no Twitter

Através do Twitter a autora de Salve Jorge recebe varias críticas, muitas vindas de evangélicos que aproveitam as redes sociais para tentar mostrar sua indignação com o tema da novela.

Semanas atrás Glória Perez não gostou das mensagens que estava recebendo desse público e acabou criticando a forma autoritária como muitos evangélicos se comportam nas redes sociais querendo impor suas crenças aos demais.

“Saco esses fundamentalistas daqui: sou católica sim, dāo licença, aiatolás? Nem Jesus teve paciência, expulsou a chicote os vendilhões do templo”, escreveu.

Um dia depois a autora foi incomodada mais uma vez e precisou bloquear alguns usuários. “Tem um povinho chaaaato querendo proibir a gente de ser católico, de torcer pelo Corinthians… Só Jesus na causa! affff!”.

Com informações do Gospel Prime

Pornografia é uma das maiores ameaças ao Cristianismo

21 de novembro de 2012 (Breakpoint.org) — A pornografia está em toda parte por aí, e não vai desaparecer logo. Por isso, para ajudar seus filhos a se guardarem contra ela, você precisa prepará-los. De acordo com Josh McDowell, autor de livros que incluem “Evidência que Exige um Veredicto” e “Mais que um Carpinteiro”, que voltou sua atenção ultimamente para a devastação da pornografia na nossa cultura e na Igreja, considerando-a entre as maiores ameaças ao Cristianismo que já vimos.

 Josh McDowell
Explicando o motivo por que ele decidiu tratar da questão da pornografia, Josh disse numa entrevista para John Stonestreet de Breakpoint como ele sentiu uma barreira para seu trabalho apologético que nada tinha a ver com a defesa da fé em si.
“Sou um apologeta”, diz Josh. “Apresento razões positivas por que acreditar, a fim de ver jovens virem a Cristo. Mas cerca de cinco ou seis anos atrás, fiquei sentindo que há um problema em toda parte. Quando eu tinha interação com jovens, algo havia se tornado uma barreira. Percebi que era imoralidade sexual e pornografia intrusiva e generalizada na internet. Como apologeta, a única coisa que pode minar tudo o que ensino não está na área da apologética, mas na área da moralidade. Se você não lida com essa questão, você não cumprirá seu papel como um apologeta bíblico”.
Sean McDowell, filho de Josh, é diretor do departamento bíblico da Faculdade Cristã do Vale de Capistrano. Ele também é autor, palestrante e apologeta em seu próprio mérito, e ele trabalha com jovens em tempo integral. Nesse processo, Sean coletou uma lista interminável de casos tristes de rapazes e moças cristãos que na aparência eram modelos, mas que caíram na armadilha armada contra eles por uma cultura saturada de sexo e lascívia.
E esse é exatamente o problema. Os primeiros pontos que Josh e Sean McDowell esperam comunicar aos pais, pastores e professores é que no mundo de hoje, a maioria das crianças e estudantes não está atrás da pornografia. “A pornografia está atrás deles”, diz Josh. “Dos adolescentes que viram pornografia, entre 75% e 91% não estavam em momento algum atrás dela. Pesquisadores mostram que 38% deles ficarão viciados”.
“Esse problema é muito grande para o corpo de Cristo agora?” pergunta John Stonestreet.
“Veja, as estatísticas que documentei”, explica Josh, “mostram que o problema está aumentando sem parar. Cinquenta por cento dos pastores estão lutando para largar do vício da pornografia. Sessenta e dois por cento dos homens que frequentam igrejas evangélicas regularmente estão lutando para largar da pornografia, e entre 65% e 68% dos adolescentes estão nessa situação. Essa é provavelmente a maior ameaça à causa de Cristo em dois mil anos de história da igreja, pois mina sua vida, sua caminhada com Cristo e suas convicções. Meu temor é que muitos pastores não estejam lidando com esse problema pelo simples fato de que eles mesmos estão envolvidos nele. De certo modo, precisamos fazer com que a liderança no corpo de Cristo trate disso”.
“Dê-nos alguns detalhes”, diz John. “Como é que a pornografia mina os cristãos? Como é que ela mina o crescimento cristão? Como é que ela mina os casamentos?”
“Mesmo deixando de fora a vergonha e a solidão”, explica Josh, “a pornografia produz um questionamento sobre a autoridade das Escrituras, de Cristo, da Ressurreição, da Igreja e dos pais. A pornografia começa a entenebrecer a porta do cérebro para considerar as verdades da fé cristã. Logo que você se envolve na pornografia, ela assume o controle dos seus pensamentos, de seus padrões morais e de sua vida. Você precisa entender: a pornografia simplesmente assume o controle da sua vida. A pornografia assume o controle dos seus relacionamentos — o modo como você vê as pessoas, as mulheres e as crianças. E como consequência, a pornografia não deixa espaço para sua caminhada com Cristo. Não dá para você se envolver com a pornografia e ter uma caminhada saudável com Cristo”.
É por isso, diz Josh, que ele lançou “Just 1 Click Away”, um site dedicado à troca de informações, recursos e ajuda entre velhos e jovens. Sean McDowell dá uma palestra nos Ministérios Summit que ecoa a mensagem de “Just 1 Click Away”. Nele, ele se baseia no trabalho do Dr. Joe McIlhaney Jr. e da Dra. Freeda McKissic Bush em seu livro pioneiro “Hooked” (Viciado), em que eles descrevem como a pornografia e a promiscuidade sexual realmente mudam a estrutura física e a química de nossos cérebros, tornando-os mais difíceis de amar, unir e ter relacionamentos sexuais com nossos cônjuges.
Outra questão crítica que os McDowells buscam tratar com essa nova campanha contra a pornografia é a temida tarefa que os pais têm de educar e preparar seus filhos. Tanto Josh quanto Sean desestimulam qualquer esperança de que nossos filhos estarão entre os poucos sortudos que nunca vão se deparar com a pornografia. Falando em termos estatísticos, dizem os McDowells, esse é um grupo que não existe.
“Seus filhos vão se deparar com a pornografia”, diz Josh. “É muito triste, mas é verdade”. Podemos tirar a internet, a televisão e os smartphones de nossos filhos e estudantes, mas essas medidas mal estancarão a maré de imagens e temas pornográficos que os bombardeiam de outras fontes que não podemos controlar, tais como amigos e colegas de classe. Ainda que isolássemos nossos filhos pequenos e adolescentes do mundo lá fora, eles ainda se tornarão adultos e terão de confrontar de repente a cultura sexual que tentamos sufocar. Nossa tarefa como pais e mentores, acredita Josh, deve agora focar em preparar nossos filhos para responder de forma temente a Deus ao se depararem com a pornografia.
É por isso que no site “Just 1 Click Away” os McDowells buscam não somente expor o problema, mas também fornecer recursos e treinamento para pais e adultos sobre como abrir canais de conversação com seus filhos cedo, como armá-los de antemão para enfrentar as batalhas a frente, e como no final das contas e de forma sistemática dizer “não” à influência desumanizadora e degradante do pior vício de nossa cultura.
Traduzido por Julio Severo do artigo de LifeSiteNews: Porn one of the greatest threats to Christianity: Christian apologist

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Bispo Rodrigues é condenado a 6 anos e 3 meses pelo STF

O ex-religioso que tinha ligações com a IURD é um dos réus no processo do mensalão

Bispo Rodrigues é condenado a 6 anos e 3 meses pelo STF
Foi definida nesta segunda-feira (26) a pena do ex-deputado do extinto PL (atual PR) Bispo Rodrigues, que foi julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no processo do mensalão.

A decisão foi de 6 anos e 3 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O ex-bispo da Igreja Universal do Reino de Deus também terá que pagar uma multa no valor de R$696 mil, o equivalente a 290 dias-multa.

Carlos Alberto Rodrigues Pinto é acusado de ter recebido R$150 mil do chamado “valerioduto”, o dinheiro era oferecido em troca de apoio no Congresso durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Pelo crime de corrupção passiva os ministros do STF julgaram por 3 anos de reclusão mais multa de R$360 mil. Pelo de lavagem de dinheiro a pena foi de 3 anos e 3 meses de reclusão e a multa de R$336 mil.

O advogado de defesa chegou a pedir a redução da pena do bispo Rodrigues por ele ter confessado o recebimento de dinheiro. Mas o relator da ação, o ministro Joaquim Barbosa, indeferiu o pedido.

Rodrigues era um dos braços direito de Edir Macedo, se elegeu como deputado federal em 1999 e foi reeleito em 2004, ano em que perdeu o cargo na igreja.

O nome do ex-bispo foi citado em diversos casos de corrupção, entre eles o Escândalo dos Bingos e a Máfia dos sanguessugas. Em setembro de 2005 ele renunciou ao cargo depois que o mensalão veio à tona.

O guarda de israel, com informações do Gospel Prime

Após 19 anos casado, esposo descobre que esposa era 'homem'

Jan, de 64, e Monica, de 48, estão casados há 19 anos. 'Mesmo durante o sexo, eu nunca percebi nada', disse ele.


Jan, 64, e Monica, 48, estão casados há 19 anos
Mundo - Um belga de 64 anos pediu a anulação de seu casamento depois de descobrir que sua mulher, uma indonésia de 48 anos, com quem está casado há 19 anos, tinha nascido homem e havia passado por uma cirurgia de mudança de sexo

Jan e Monica se casaram em 1993, segundo o jornal "Het Nieuwsblad".

"Achei que ela fosse uma mulher. Ela não tinha traços masculinos", disse Jan. "Mesmo durante o sexo, eu nunca percebi nada", disse ele, que só descobriu recentemente que sua esposa era transexual.

Na época em que a mulher mudou para a Bélgica, a Justiça belga chegou a levantar dúvidas sobre a autenticidade de seus documentos, mas, mesmo assim, Jan não desconfiou de nada e decidiu se casar.
leia também..

Jan contou que ele e sua mulher tinham decidido não ter filhos, porque ele tinha dois de um casamento anterior.

Ele começou a desconfiar da esposa depois que ela começou a usar roupas muito chamativas, minissaias e tops minúsculos.

Jan iniciou um processo judicial para ter o casamento anulado.

Com informações do Nota pajos

sábado, 24 de novembro de 2012

Atual conflito entre Israel e Palestina pode ser cumprimento de profecia? teólogo comenta

Israel, palestina(Foto: Reuters) Conflinto entre Israel e Palestina na faixa de Gaza.

A pesar do acordo cessar-fogo entre Israel e Palestina selado esta semana com mediação do Egito, Israel mantém fortes medidas de segurança, após a morte de um palestiniano ontem na Faixa de Gaza. Um porta-voz do exército israelita afirmou que palestinianos tentaram infiltrar-se em Israel e os soldados reagiram, disparando tiros de aviso.

O surto de violência no âmbito do conflito israelo-palestiniano, iniciado a 15 de novembro, provocou 168 mortos, dos quais 163 palestinianos. Tal conflito levanta especulações por parte dos evangélicos com relação a um possível cumprimento de profecia que indica acontecimentos apocalípticos.

O pesquisador religioso e teólogo Johnny Bernardo esclarece algumas questões. Em entrevista ao The Christian Post, o teólogo cita que é possível comparar os atuais acontecimentos com passagem de Ezequiel, que cita conflitos entre Israel e nações próximas. Entretanto, ele diz que é preciso ter cautela nas especulações.

Segundo ele, muitas doutrinas por especular o apocalipse usaram fatos como manipulação psicológica de seus adeptos. Johnny dá como exemplo ‘O Templo dos Povos’, uma seita que conduziu mais de 900 adeptos a um suicídio em massa.

No entanto, o teólogo, apesar recomendável cautela, acredita na “atual crise na Faixa de Gaza há evidências conclusivas de que as profecias de Ezequiel estão ganhando forma e dimensão”.

Para ele, a presença de uma autoridade líbia na Faixa de Gaza e o apoio de Mohamed Mursi, presidente do Egito, ao Hamas, parece conduzir a uma coalizão próxima a de Ezequiel 38 e 39.

“Não apenas Líbia e Egito, mas também o apoio de autoridades turcas e russas aos palestinos parece indicar, de fato, que algo grande está para acontecer”.

O estudioso aponta para Magogue, Meseque e Tubal (Ez 38.2,3), regiões ocupadas pelos antigos citas e tártaros, as quais hoje correspondem à Rússia. O nome Meseque converteu-se em Moscou ou Moskva. Tubal é a moderna cidade russa de Tobolsk.

Ele também cita o bloco das nações aliadas onde aparecem os nomes de Gômer e Togarma (38.6). Gômer veio a ser a Germânia (atual Alemanha) e, Togarma, corresponde à Armênia e Turquia.

Em Ez 38.5 destacam-se ainda os persas (Irã); os etíopes (Etiópia) e Pute (Líbia). “Seria mera coincidência o fato de que, entre os versículos 2 e 6 de Ezequiel 38 temos descritas quase que a totalidade de nações opositoras a Israel?” questiona o teólogo. “Tendo a pensar que não”, responde.

Johnny finaliza dizendo que apesar de enxergar o cumprimento quase que rigoroso das profecias de Ezequiel “não podemos, portanto, nos apressar no sentido de que a totalidade dos eventos descritos ocorrerão simultaneamente ou em sequência à crise na Faixa de Gaza”.

O Guarda de israel, com informações do The Christian Post

Mulheres da Arábia Saudita são controladas eletronicamente pelo governo - Nova tecnologia causou revolta nas redes sociais

Nova tecnologia causou revolta nas redes sociais

Mulheres da Arábia Saudita são controladas eletronicamente pelo governo Mulheres da Arábia Saudita são controladas eletronicamente pelo governo

Além de não terem o direito de viajar sem o consentimento de seus responsáveis masculinos e proibidas de dirigir, as mulheres da Arábia Saudita são agora monitoradas por um sistema eletrônico que controla os movimentos se elas atravessarem as fronteiras.

Desde a semana passada, os responsáveis masculinos pelas mulheres da Arábia começaram a receber mensagens de texto em seus celulares informando quando as mulheres sob sua custódia deixam o país, mesmo que estejam viajando juntos.

Manal al-Sherif, a ativista que se tornou símbolo de uma campanha lançada no ano passado, exortando as mulheres sauditas a desafiarem a proibição de dirigir, começou a espalhar a informação no Twitter, depois que foi alertada por um casal.

O marido, que estava viajando com sua esposa, recebeu uma mensagem de texto das autoridades de imigração informando-o que sua mulher havia deixado o aeroporto internacional de Riad.

“As autoridades estão usando a tecnologia para monitorar as mulheres”, disse o colunista Badriya al-Bishr, que criticou o “estado de escravidão em que as mulheres são mantidas” no pais muçulmanos ultraconservador. “Esta é uma tecnologia usada para o atraso, e assim manter ae mulheres presas”, disse Bishr.

Para que uma mulher saia da Arábia Saudita sem permissão de seu guardião masculino, ele deve dar o seu consentimento ao assinar o que é conhecido como a “folha amarela” no aeroporto ou no posto de fronteira. A nova tecnologia emite o alerta após a leitura de um chip instalado no passaporte que se comunica com a internet. Há rumores para a futura implantação de chips similares sob a pele, algo não confirmado pelo governo saudita.

A medida das autoridades sauditas foi rapidamente condenada nas redes sociais, embora o acesso do mundo árabe a esses meios ainda seja bem restrito.

A Arábia Saudita, onde fica Meca, vive sob uma interpretação radical da sharia, ou lei islâmica. É o único país do mundo onde as mulheres não têm permissão para dirigir. O reino impõe regras rígidas que restringem a convivência entre os sexos. Pela lei, as mulheres são obrigadas a usar um véu e um manto preto, ou abaya, que as cobre da cabeça aos pés, exceto para as mãos e o rosto.

O guarda de israel, com informações do Gospel Prime

Coisas horrendas acontece quando não se encontra sob o controle de Deus - Mãe mata filho, corta corpo ao meio e joga para urubus. Atenção: IMAGEM FORTE

A jovem Ana Paula Marquês, de 18 anos, foi presa, na manhã desta quinta-feira (23), acusada de ter cortado o filho recém-nascido ao meio com uma faca de cortar carne, no Bairro Morro da Onça, em Esperantina-PI. Até a gora a polícia encontrou apenas uma das partes da criança, que havia sido jogada no fundo de uma capela. A população descobriu que a criança tinha sido assassinada, depois que viram urubus nos fundos da capela, devorando as vísceras do bebê.

O delegado de Esperantina, Lucas Craveiro, afirmou que a estudante Ana Paula Marques, de 18 anos, confessou que matou o filho e o cortou em dois pedaços na noite de quarta-feira (21). Ela jogou as partes sobre o muro de sua casa, que é vizinha a capela no bairro Morro da Onça.

CENA FORTE

Lucas disse que Ana Paula inicialmente negou o crime, mas voltou atrás e confessou que matou o bebê assim que o teve sozinha dentro de casa, usando uma faca de cortar carne. “Ana Paula matou e cortou o filho porque não queria tê-lo e seus pais, com quem reside, não aceitava a gravidez. Ela disse desconhecer ao pai da criança”, falou. “É um tipo de crime que choca todo mundo”, finalizou.

O corpo foi examinado no hospital local. O delegado encaminhou a acusada para o Centro de Atenção Psicossocial (CAPs) para que seja apurada uma possível depressão pós-parto. Se for comprovado o transtorno, ela será indiciada por infanticídio, com pena de 2 a 6 anos de prisão. Em caso negativo, ela vai responder por homicídio, com pena de mais de 20 anos de prisão.

Com informações do PD / Combate policial / Tv cidade Brasil Novo 

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Incomodados querem que a frase "Deus seja louvado" seja retirada das cédulas Brasileiras - Silas Malafaia, Marco Feliciano, Magno Malta e Sarney comentam polêmica com as notas de real: “Tenho pena de quem não acredita em Deus”

Após a ação movida pelo procurador federal Jefferson Aparecido Dias à Justiça Federal pedindo a retirada da frase “Deus seja louvado” nas cédulas da moeda nacional, as lideranças cristãs e políticos se pronunciaram com fortes críticas à representação.

A Redação do Gospel+ consultou o pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) sobre o assunto, e obteve com exclusividade a antecipação do discurso que será feito por ele ainda hoje, 14/11, na Câmara dos Deputados.

Feliciano questiona se o “procurador já não tem preocupação com lides de maior importância” e afirma que “essa frase é tão abrangente que só não é relevante para menos de 2% (dois por cento), da população, manifestamente ateia”. O pastor pondera ainda que Jefferson Aparecido Dias não estaria “atinando para o fato de que em países aonde o respeito à individualidade do cidadão e a liberdade religiosa chega aos limites de extremos, ostentam frases semelhantes em suas cédulas e não temos conhecimento de ninguém que tenha se sentido ofendido a ponto de movimentar estruturas do Estado de tamanha relevância”.

O deputado Marco Feliciano afirmou ainda que apresentará projeto de lei para impedir qualquer iniciativa de retirada da frase “Deus Seja Louvado” das notas da moeda oficial do país: “Para por fim a essa polêmica, com constantes investidas desse Excelentíssimo Senhor Procurador da República, no sentido de retirar essa tradicional frase de nosso dinheiro, estou apresentando um Projeto de Lei, dispondo da obrigatoriedade da inscrição em nossas cédulas, dessa frase, e que, além do papel, a tenhamos gravada em nossos corações”.

O pastor Silas Malafaia afirmou, num vídeo publicado em seu site, que o procurador é o mesmo que aceitou e encaminhou uma denúncia de homofobia contra ele: “Eu to desconfiado que esse procurador não tem nada o que fazer. Eu acho que o procurador-geral da República tinha que arrumar um trabalho para esse cidadão”, disse o pastor Silas Malafaia.

Segundo o pastor Malafaia, “há uma tentativa de mudança do modelo judaico-cristão na sociedade ocidental para o modelo humanista-ateísta. A cultura de um povo não pode ser jogada no lixo por causa de alguém que tem uma convicção religiosa”, disse, lembrando: “E quem tá falando aqui é um pastor”.

Malafaia lembrou ainda que a Constituição Federal se apresenta como sendo elaborada “sob a proteção de Deus”, e que o procurador deveria propor também a mudança do nome de estados como Santa Catarina, São Paulo e Espírito Santo, além dos feriados católicos nacionais.

O senador Magno Malta se pronunciou sobre o assunto, e afirmou que recebeu a informação a respeito da ação com “tristeza e indignação”. Malta lembrou que a frase é uma “expressão de gratidão a Deus por todas as bênçãos recebidas no país que é um grande produtor, livre de guerras civis e catástrofes naturais”, e afirmou que pedirá explicações à procuradoria sobre o fundamento da ação judicial, pois apesar de o Estado brasileiro ser laico, o Brasil é um país formado por cristãos.

O presidente do Senado Federal, José Sarney, afirmou à agência de notícias da casa que considerava a iniciativa imprópria: “Eu acho que é uma falta do que fazer, porque, na realidade, precisamos cada vez mais ter a consciência da nossa gratidão a Deus por tudo o que ele fez por todos nós humanos e pela criação do universo. Nós não podemos jamais perder o dado espiritual. Eu tenho pena do homem que na face da terra não acredita em Deus”, disse.

O jornalista Reinaldo Azevedo, da revista Veja, ironizou a ação: “Volte e meia, tudo indica, o procurador Jefferson Aparecido Dias, do Ministério Público Federal, fica com síndrome de abstinência dos holofotes e decide, então, inventar uma causa para virar notícia. Aprendeu, com a experiência, que dar uns cascudos em Deus — nada menos — ou na fé de mais de 90% dos brasileiros, que são cristãos, rende-lhe bons dividendos”.

Azevedo foi contundente em seu comentário sobre a iniciativa e o procurador Dias

-Jefferson é um homem destemido. Não tem receio de demonstrar a sua brutal e profunda ignorância [...]Como é que o doutor Jefferson tem o topete de evocar uma Constituição promulgada “sob a proteção de Deus” para banir das notas do real a expressão “Deus seja louvado”, sustentando que ela “impede a coexistência em condições igualitárias de todas as religiões”? Doutor Jefferson é macho o bastante (em sentido figurado, claro, como o emprega o povo) para dar início a um movimento para cassar Deus da Constituição? Ou, acovardado, ele se limita a perseguir crucifixos em repartições públicas e a expressão genérica da fé em cédulas de dinheiro? [...]O nome disso é intolerância.

O pastor Ciro Zibordi, também em tom de ironia, criticou a iniciativa do procurador: “Ora, se a aludida frase incomoda tanto o MPF, bem como os ateístas, ativistas LGBTUVWXYZ e adeptos do laicismo, de modo geral, sugiro que eles façam propostas ou exigências mais amplas, além de requererem a exclusão dos ‘abomináveis’ dizeres contidos nas cédulas do real. Se o Estado é laico, como eles advogam, que não haja mais nenhum feriado ou comemoração religiosa no Brasil. Não seria bom para todos eliminar o calendário católico, em nome da laicização? Imagine o que aconteceria com o comércio, se não houvesse mais os dias de N.S. Aparecida, Páscoa, Finados e Natal”, pontuou.

Zibordi ainda questionou a relevância da iniciativa, e eventuais resultados práticos desse requerimento: “Ironias à parte, será que todo esse empenho em laicizar o Estado tornará o Brasil melhor? Será que a “relevante” conduta do MPF contribuirá para a diminuição dos índices de homicídio nas grandes cidades, melhorará a educação, a saúde pública e o trânsito, bem como tornará o nosso país mais civilizado?”.

Confira abaixo, a íntegra do vídeo publicado pelo pastor Silas Malafaia, onde ele discorre sobre o assunto:




Confira abaixo a íntegra do discurso do pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP):

“DEUS SEJA LOUVADO”

Senhor Presidente,

Senhoras e Senhores Deputados.

Novamente faço uso desta tribuna para protestar minha indignação, e, com certeza de grande parte do Povo Brasileiro, com a atitude do Senhor Procurador da República, do Estado de São Paulo, Senhor Jefferson Aparecido Dias, que, em nova investida, tenta retirar das cédulas de dinheiro, que, circula em todo o Brasil a frase “Deus Seja Louvado”. Procurador Regional dos Direitos do Cidadão, em São Paulo, o que esse Senhor vê na expressão, que lembra a presença insuperável de Deus em nossas vidas. Será que os direitos do cidadão em São Paulo, estão em um nível de perfeição tão avançado que esse Procurador já não tem preocupação com lides de maior importância? Vejamos, quando esse Procurador argumenta em sua petição que “o Estado Brasileiro é laico, e que deve desvincular-se de qualquer manifestação religiosa”. Sim, o Estado é laico, mas essa simples referência a Deus passa longe de qualquer matiz religiosa.

Essa frase é tão abrangente que só não é relevante para menos de 2% (dois por cento), da população manifestamente ateu, mesmo assim duvido que algum ateu de bom censo, estaria preocupado com fatos tão rasos, e, que em sã consciência não prejudicam a ninguém, e, não atinando para o fato de que em Países aonde o respeito à individualidade do cidadão e a liberdade religiosa chega aos limites de extremos, ostentam frases semelhantes em suas cédulas e não temos conhecimento de ninguém que tenha se sentido ofendido a ponto de movimentar estruturas do Estado de tamanha relevância. Sou pregador do evangelho, andei dezenas de Países do mundo, e, todos os Estados Brasileiros e nunca vi ninguém desprezar uma cédula de dinheiro por conter essa frase.

Para por fim a essa polêmica, com constantes investidas desse Excelentíssimo Senhor Procurador da República, no sentido de retirar essa tradicional frase de nosso dinheiro, estou apresentando um Projeto de Lei, dispondo da obrigatoriedade da inscrição em nossas cédulas, dessa frase, e que, além do papel, a tenhamos gravada em nossos corações. Como já citei nesta tribuna, em outra ocasião, quando esse assunto foi apresentado pela primeira vez, lembrei ao Senhor Jefferson Aparecido Dias, Procurador da República, que ele mesmo carregava em seu nome uma referência à Santa, e, nem por isso, tenho certeza, tenha se sentido constrangido.

Muito Obrigado!

Marco Feliciano, Deputado Federal PSC-SP.

O guarda de israel, com informações do Gospel +

domingo, 18 de novembro de 2012

Atores de peça com Jesus gay são julgados por blasfêmia

Polêmica na Grécia é similar a de outros países



A peça teatral “Corpus Christi”, escrita por Terrence McNally foi lançada em 1998 em Nova York. Ela mostra Jesus e os apóstolos como homossexuais moradores do Texas na década de 1950. Não há cenas de relações sexuais explícitas, mas os diálogos deixam claro que há uma relação homossexual sendo retratada.

Desde o início ela causou controvérsia e houve, inclusive, uma campanha de boicote a um filme que seria feito com o mesmo roteiro. Ela já foi encenada em alguns países, mas sempre cercada de polêmicas e protestos.

Quando a peça chegou à Grécia, cristãos ultraortodoxos realizaram diversos protestos. As manifestações foram bastante violentas e aconteceram na frente do teatro onde seria encenada.

Representando o parlamento grego estavam alguns deputados do partido que usaram sua influência para impedir que as portas do teatro se abrissem.

Após três semanas de constantes pressões de religiosos e alguns casos de agressões ao público diante do teatro, a exibição foi suspensa. Mas o caso teve repercussões. Os atores e produtores da peça agora serão julgados por “blasfêmia” e podem ser condenados a dois anos de prisão.

A Justiça aceitou a denúncia de um bispo contra a companhia teatral dirigida pelo diretor greco-albanês Laertis Vasiliu. Durante entrevistas recentes, Vasiliu negou as acusações de “insulto à religião” e “blasfêmia mal-intencionada”.

“O que eu vejo é que aqui há gente que roubou e não estão na prisão enquanto a procuradoria se volta contra a arte”, protestou. Ao mesmo tempo, boa parte da imprensa grega chamaram a atenção para o fato de as autoridades não terem investigado as agressões sofridas pelos espectadores da peça.

A Grécia ainda é um Estado confessional, onde a Igreja Ortodoxa tem um papel proeminente. Está prevista na Constituição e no Código Penal do país a pena de até dois anos de prisão por “qualquer ofensa mal-intencionada a Deus” e “qualquer ofensa à Igreja Ortodoxa de Cristo ou outra religião tolerada” no país.

Com informações Terra e Charisma News / Gospel Prime

Ataque aéreo de Israel em Gaza mata 11 civis, diz Hamas

Médicos disseram que 4 mulheres e 4 crianças estão entre os mortos.
Neste domingo, Israel interceptou mais foguetes disparados contra Tel Aviv.


Pelo menos 11 civis palestinos, incluindo quatro crianças, foram mortos neste domingo (18), após um ataque aéreo israelense contra um prédio na Faixa de Gaza, disse o grupo islâmico Hamas, no pior ataque por parte do Estado judaico em cinco dias de confrontos.

Cratera em prédio atingido por ataque que deixou 11 mortos em Gaza (Foto: Marco Longari/AFP Photo)

Ao menos 26 palestinos, em sua maioria mulheres e crianças, foram mortos neste domingo, dia mais violento da ofensiva israelense lançada há cinco dias contra Gaza, enquanto os esforços por uma trégua se intensificavam.

Desde o início da ofensiva israelense 'Pilar de defesa' com o assassinato do chefe de operações militares do Hamas, Ahmad Jaabari, na quarta-feira em Gaza, 75 pessoas morreram, sendo 72 palestinos e três israelenses.

Estima-se que mais de 500 tenham ficado feridos desde quarta-feira. Acredita-se que a metade dos mortos sejam civis, o que despertou críticas à ação de Israel. O país responde alegando que os membros do Hamas se escondem entre a população civil.

Israel sinalizou que uma possível invasão terrestre na área controlada pelo Hamas poderia ser o próximo passo para uma maior ofensiva, buscando interromper ataques com foguetes por militantes palestinos no Estado judeu.

Neste domingo, Israel interceptou três foguetes disparados a partir da Faixa de Gaza contra a sua capital comercial, Tel Aviv. Uma pessoa foi ferida por escombros após a destruição de um dos projéteis.

Autoridades israelenses dizem que 76 foguetes israelenses atingiram Israel neste domingo, e outros 38 foram interceptados pelo sistema de defesa aéreo do país. Pelo menos 846 foguetes foram disparados desde quarta-feira em direção a Israel, sendo que 302 foram interceptados pelo sistema antimísseis 'Iron Dome', segundo o Exército israelense.

Obama diz que apoia totalmente o direito de defesa de Israel
O presidente dos EUA, Barack Obama, disse neste domingo que, mesmo que Israel tenha o direito de se defender, seria "preferível" evitar uma invasão terrestre que provocaria uma escalada militar na Faixa de Gaza, um estreito densamente povoado.

A ofensiva terrestre poderia criar mais vítimas e provocar uma condenação internacional, disse Obama, que declarou total apoio ao direito de Israel de se defender.

"Não há nenhum país no mundo que toleraria mísseis jogados contra seus cidadãos do lado de fora de suas fronteiras", disse Obama. "Apoiamos totalmente o direito de Israel de se defender".

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse que ele já tinha assegurado aos líderes mundiais de que Israel estava fazendo todo o possível para evitar mais mortes de civis em ataques contra o Hamas.

Na terça-feira, uma delegação de ministros da Liga Árabe deve chegar a Gaza para avançar nos diálogos. Já o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, chegará ao Egito na segunda-feira (19) para negociações junto ao presidente Mohamed Morsi e outras autoridades.

O secretário-geral das Nações Unidas pediu que o governo de Israel e o grupo islamita Hamas trabalhem com o Egito por um cessar-fogo no conflito armado em Gaza. "Isto deve parar. Exorto firmemente as partes a cooperarem com todos os esforços liderados pelo Egito pela obtenção de um cessar-fogo imediato. Qualquer escalada maior inevitavelmente aumentará o sofrimento da população civil afetada e deve ser evitada", disse, em comunicado.
mapa gaza 16/11 (Foto: 1)

Ataques a sedes jornalísticas

Israelenses e palestinos entraram no quinto dia consecutivo de ofensiva na madrugada deste domingo (18) após a marinha de Israel bombardear o litoral de Gaza. Pelo menos sete palestinos morreram, entre eles três crianças.

Dois prédios ocupados por grupos de mídia no centro da Cidade de Gaza foram atingidos pelos bombardeios israelenses, deixando oito jornalistas palestinos feridos. Um fotógrafo sofreu graves ferimentos na perna, que precisou ser amputada.

Um dos prédios atingidos nos ataques abriga a estação de TV do Hamas, Al-Quds TV. O mesmo prédio também abriga outros meios internacionais, como as britânicas Sky News e ITN, e abrigava até o ano passado o escritório da BBC em Gaza.

A Associação de Correspondentes Estrangeiros do Oriente Médio pediu esclarecimentos ao Exército de Israel e questionou a razão de um prédio com jornalistas ter sido atacado.

O Exército israelense indicou que o bombardeio estava dirigido contra "dois locais da comunicação operacional do Hamas identificados com informação precisa dos serviços de inteligência".

"A fim de minimizar o dano a pessoas não envolvidas, o Exército só atacou os aparelhos de comunicação que estavam localizados no teto do edifício, e não a instalação de operações do Hamas, situada em um dos andares", detalhou em comunicado.

Possível avanço por terra
O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse neste domingo que o país está preparado para aumentar significativamente sua ofensiva sobre Gaza.

“Estamos cobrando um preço alto do Hamas e das organizações terroristas, e as Forças de Defesa israelenses estão preparadas para uma siginificante expansão da operação”, disse Netanyahu no início do conselho de ministros. "Os soldados estão preparados para qualquer atividade que possa ser levada adiante."

Netanyahu, entretanto, não deu detalhes sobre a operação nem comentou sobre a possibilidade de uma ofensiva terrestre.

Israel deixou na sexta-feira 75 mil reservistas em alerta e iniciou a incorporação de outros 16 mil ao contingente do Exército, reforçando os temores de que uma ofensiva terrestre seja iminente.

O guarda de israel, com informações do G1

domingo, 11 de novembro de 2012

Evangélicos se mobilizam pelo cuidado com o meio ambiente

Encontro aconteceu na Jamaica e discutiu o papel da Igreja no cuidado com a criação


 Evangélicos de todo o mundo se reuniram, recentemente, na Jamaica discutir de que maneira a Igreja pode se envolver no cuidado com o meio ambiente.

O encontro foi organizado em conjunto pela Aliança Evangélica Mundial (WEA) e pelo Movimento Lausanne.

Sessenta delegados de 23 países passaram cinco dias trabalhando o papel da igreja no cuidado com o meio ambiente.

Conclusões da reunião irão proporcionar a inspiração para um "Call to Action" (apelo de ação) prestes a ser lançado.

As duas organizações também estão reunindo recursos para contribuir para "o desenvolvimento de um movimento global para cuidar da criação através de igrejas locais".

Chris Elisara, diretor-executivo da Força Tarefa da WEA Criação Care, disse que "sempre que o povo de Deus se unir em oração, humildemente, e focado em buscar o Reino de Deus primeiro, as coisas maravilhosas podem acontecer".

"Isso ocorreu nessa consulta global onde os resultados, creio eu, vão ter um impacto enorme e positivo não só na missão global e evangélicos, mas, em última análise, em toda a criação."

Thomas Schirrmacher, presidente da Comissão Teológica da WEA, lançou um forte apelo aos cristãos no Sul Global "para liderar a Igreja sobre a questão do cuidado com a criação", porque eles estão sendo impactados mais pelos efeitos negativos da poluição, a degradação ecológica e a instabilidade do clima.

A WEA e Lausanne pretendem emitir um relatório no prazo de três meses e um livro no próximo ano com papéis e reflexões a partir do Encontro.

Chris Elisara acrescentou que "enquanto a reunião Micah e seus resultados foram focados em cuidado com a criação e mudança climática, o segundo encontro deste ano global está focado na relação entre a missão de Deus, o Evangelho, e cuidado da criação".

"Ao combinar os seus focos, os evangélicos que estão buscando entendimento e orientação sobre os cuidados de criação são bem servidos por estes dois documentos."

O reverendo Edward R. Brown, representante do Movimento Lausanne, disse que há agora planos para consultas regionais sobre cuidado com a criação no sudeste da Ásia, África e leste da América do Norte.

Ele disse que a chamada à ação estava sendo emitida porque "acreditamos que a crise ambiental é uma questão que deve ser resolvida em nossa geração".


Fonte: Christian Today / cpad news

sábado, 10 de novembro de 2012

Homem Vs Urso - Vídeo Animal!

Por incrível que pareça, esta luta sai empatada, Assista!






Aline Barros canta no Teleton e fala sobre o amor ao próximo

A cantora Aline Barros participou do programa Teleton 2012 que iniciou apresentações nesta sexta feira pela rede de TV SBT. A cantora subiu ao palco para cantar Eu li na Bíblia do CD Aline Barros & Cia 3.

No palco, Aline falou sobre a demonstração de amor ao próximo. A cantora ainda comentou sobre a importância de ser um exemplo para seu filho, ao qual segunda ela, ensina que todos são iguais.

“Eu tenho aprendido, durante toda a minha vida, que a gente deve amar cada vez mais o próximo”, comentou a cantora.

"Acho que a maior referência para os nossos filhos somos nós, pais. Temos que mostrar para os nossos filhos que não existem diferenças, que todos nós somos especiais porque fomos criados de uma forma única por um criador excelente. Independente da nossa condição, nosso jeito de ser, cada um é especial, tem um dom especial, tem uma forma de ser especial”.

Aline ainda se mostrou agradecida pelo filho por seu filho ter um coração bom, “graças a Deus o Nicolas é um menino com um coração lindo, um coração que doa, que sabe repartir”.

O Teleton acontece todos os anos com objetivo e levantar recursos para o tratamento e reabilitação de pacientes atendidos nas unidades da AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente).

Em 2011, o evento arrecadou R$ 26,8 milhões, valor destinado à construção de duas novas unidades da instituição, em Vitória/ES e Campina Grande (PB), que devem ser concluídas no final de 2012.

O guarda de israel, com informações do The Crhistian Post

Lista das 10 postagens mais populares desde à criação do Blog

Pegue uma Bíblia e descubra Como ir para o Céu

O plano de Deus para a sua salvação

Primeiro você precisa saber:

1) Boas obras não salvam (Efésios 2:8,9 / João 14:6 / Tito 3:4-7)

2) Todos pecaram inclusive você (Rom 3:23)

3) E por isso todos estão indo para a morte eterna (o Inferno) (Rom 6:23)

4) Mas Deus nos amou tanto que enviou Jesus Cristo para nos salvar (João 3:16 / João 14:6 / Romanos 5:8 / Lucas 5:32)

E assim se você...

1) ... se arrepender e confessar que é pecador, (2 Cor 7:10 / 1 Jo 1:9)

2) ... crer que Jesus é o Filho de Deus (Rom 10:9)

3) ... e pedir a Ele: “Jesus me perdoa, me salva! (Rom 10:13 / Lucas 23:33-43)

Então você será salvo!

1) Todos os seus pecados serão perdoados e lavados pelo sangue de Jesus (I João 1:7 / Marcos 1:40-42)

2) Você terá vida eterna no céu com Deus (João 3:16 / João 14:2-6)

3) A salvação não se perde jamais (João 10:27-30)

“Eis aqui agora o dia da salvação” (2 Cor 6:2)

Ninguém sabe quanto tempo vai viver, não adie a maior decisão que você tem a tomar na vida. Converse com Deus em uma oração simples, se arrependa, confesse, creia e clame “Jesus me perdoa, me salva, me lava, me transforma!” E assim você poderá ter absoluta certeza da salvação.

Fonte: Editora Elim – www.editoraelim.com.br – (21) 2415-7923

FOLHETO: ESTA FOI A SUA VIDA!

VOCÊ TEM UM TEMPINHO PARA VER?

PAÍSES QUE PASSARAM POR AQUI: QUASE 160

free counters