PARCERIA MEUSLINKS

Siga Também no Google+

Gostou do blog? Então Participe!

Top 5 Postagens Mais Populares da Última Semana

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Polícia encontra menina desaparecida em evento da Deus é Amor

Brenda foi encontrada por volta das 17 horas na região da Vila Mariana, em São Paulo



Foi encontrada Brenda Gabriela, desaparecida durante uma caminhada da igreja Pentecostal Deus é Amor em 10 de junho. A menina estava na companhia de um morador de rua na região da Vila Mariana, e aparentava estar passando frio.

Brenda foi identificada por um policial militar que fazia a ronda na região central de São Paulo.

A mãe de Brenda, a diarista Geissa Maria da Silva, havia espalhado cartazes pelas ruas da Mooca com a imagem da criança. Um retrato falado de um homem que se aproximou da criança durante a passeata foi feito na ocasião pelo irmão de Brenda.

A igreja chegou a fazer uma campanha na internet divulgando a foto de Brenda e pedindo ajuda para encontrar a menina.

Antes de ser encontrada, Brenda foi vista pela última vez no domingo (10), às 23h.

O templo tem capacidade para 36 mil pessoas sentadas, mas tinha o dobro de fiéis por causa da comemoração dos 50 anos da igreja fundada pelo pastor David Miranda.

Fonte: Gospel Prime

PMs de Cristo celebram 20 anos de fundação

Para marcar a data e para festejar a aprovação da Lei 14798/12, que institui 25 de junho como o Dia dos PMs de Cristo, a Associação promove um Encontro de Ação de Graças



Em 25 de junho de 1992 um grupo de policiais militares de São Paulo deu início à associação que nas décadas seguintes congregaria cristãos evangélicos e representaria um marco no auxilio espiritual e emocional aos homens e mulheres que integram a corporação.

Para celebrar 20 anos de serviços, lutas e vitórias, a Associação PMs de Cristo promove, às 19h30 desta segunda-feira (25), um Encontro de Ação de Graças. O evento acontece no Salão da Capelania PM (Rua Jorge Miranda, 264 - Metrô Tiradentes). É uma dupla comemoração, já que a entidade recentemente foi alvo de uma notável homenagem.

Em reconhecimento ao trabalho prestado junto aos policiais militares e suas famílias, o pastor e deputado estadual José Bittencourt apresentou na Assembleia Legislativa o projeto de lei que resultou na Lei 14798/12, que institui o 25 de junho como o Dia dos PMs de Cristo no calendário oficial do estado de São Paulo. A data foi sancionada pelo governador Geraldo Alckmin e entrou em vigor no dia 6 de junho.

“Os PMs de Cristo elevaram o conceito da Policia Militar em nosso Estado. Além do comprometimento com a segurança do cidadão, eles apresentam à sociedade um serviço diferenciado, sendo visível o diferencial que eles demonstram no comprometimento e no tratamento humano dispensado aqueles que buscam socorro na PM Paulista”, declarou o deputado José Bittencourt.

O pastor e capitão Joel Rocha, presidente dos PMs de Cristo, destaca a preocupação da organização em levar a Palavra de vida e esperança ao policial. “O militar, como herói anônimo, enfrenta o perigo e a morte para cuidar e proteger a sociedade. Mas quem cuida dele? O objetivo dos PMs de Cristo é cuidar do cuidador. Apesar de na profissão enfrentar as mais adversas situações, como criminosos, perigo, sol e frio para salvar a vida do próximo, como qualquer ser humano o policial militar também está sujeito à fragilidades e necessidades, como medo, cansaço, estresse, conflitos interiores. E independentemente da autoridade que possamos exercer na corporação, como seres humanos temos um vazio do tamanho de Deus. Sabemos que toda a sociedade organizada deseja um policial à semelhança de Cristo, que seja, como Jesus, íntegro, honesto, servidor, companheiro, amigo, corajoso, etc. É essa mensagem que procuramos levar”, aponta capitão Joel.


Fonte: Exibir Comunicação / CPADNews

Programa Fala Malafaia mostra testemunho do ex-travesti Joide Miranda

Ele conta como se tornou homossexual e como foi o seu processo de libertação


Joide Miranda e Família.

O programa Fala Mafaia que foi ao ar no último domingo (24) pela TV Bandeirantes mostrou uma entrevista com o pastor Joide Miranda que por anos foi travesti na Europa, principalmente em Milão, na Itália.

O apresentador, pastor Silas Malafaia, logo no início do programa deixou claro que as igrejas evangélicas não pregam a cura dos homossexuais, mas libertação e isso apenas para aqueles que procuram as igrejas pedindo ajuda.

Em sua fala, Joide conta que não nasceu homossexual e refuta essa afirmação dada por muitos, ele conta que foi vítima de abuso sexual e sentiu ausência de uma figura paterna e isso desencadeou o desejo por pessoas do mesmo sexo.

“Hoje vemos a mídia fazendo apologia em relação a homossexualidade, dizendo que os pais tem que aceitar, mas só um pai, só uma mãe que tem um filho homossexual dentro de casa sabe como sangra o coração”, afirmou Miranda.

O testemunho é longo e há partes muito interessantes como quando o Joide afirma que muitas pessoas humilham e discriminam os travestis, sendo que enquanto os pecados destes estão revelados, os das outras pessoas estão encobertos, mas todos são pecadores.

“A minha mãe orou por quase sete anos pela minha vida”, conta ele falando sobre sua conversão. “Eu vim para o Brasil para passar 30 dias e a minha mãe falando de Jesus e daí eu resolvi ir à igreja”.

Hoje Joide Miranda é pastor é também presidente da Associação Brasileira de EX LGBTT (ABEX LGBT), que consegue juntar outros ex-gays que comprovam que não se nasce homossexual e que é possível deixar a prática.

Com informações do Gospel Prime

sábado, 23 de junho de 2012

Uma senhora de 68 anos chora após sofrer bullying

Garotos de uma escola secundária em Nova Yorque foram gravados realizando Bullying com uma monitora de ônibus.



Karen Klein, durante 10 minutos de gravação foi insultada por alunos que a chamavam de gorda e feia.

Na gravação ainda pode se ouvir um dos garotos dizendo que Karen não tem família. "Todos eles se mataram porque não queria estar perto de você". Karen perdeu um filho que se suicidou há 10 anos.

Nas gravações percebe-se que Karen tenta ignorar os insultos dos alunos, mas após muita tentativa não consegue conter o choro, o que deixou a cena mais chocante.

“Eu estava tentando ignorá-los, esperando que fossem embora, mas não funcionou (...)”, disse Karen.
No momento em que karen começa a chorar um dos meninos pergunta se ela está suando e ela responde “Estou chorando”.

O caso poderia nunca ser descoberto se um dos adolescentes envolvido não tivesse postado o vídeo de celular no YouTube e no fecebook. As imagens foram vistas mais de 1,5 milhão de vezes, desde que foram publicadas na internet, na terça-feira.

Sensibilizados com as imagens da americana aos prantos, internautas participaram de uma campanha organizada na rede. No primeiro dia foram arrecadados R$ 172 mil, e até agora a campanha já tem R$ 326 mil em conta.

Max Sidorov, um nutricionista canadense de 25 anos, ele foi o responsável por organizar a campanha online para proporcionar à Karen um tempo de férias.

Max disse que o melhor que poderia fazer era começar uma campanha com intenção de arrecadar 5 mil dólares (cerca de R$ 10 mil). Ele comentou que também sofreu bullying quando criança e por isso se comoveu com o caso dela.

O caso foi parar na polícia, mas apesar dos insultos, Karen preferiu não oficializar queixas contra os adolescentes pedindo apenas punição por parte da escola que se manifestou demonstrando a intolerância com este ato.

“Esse comportamento é imperdoável e é uma clara violação ao nosso código de conduta”, disse Deborah Hoeft, superintendente da escola.

Karen atualmente com 68 anos, trabalhou como motorista de ônibus escolar por 20 anos. Nos últimos três, ela tem atuado como monitora de transporte escolar.

Do O guarda de Israel, com informações do Christian Post

Bispo argentino flagrado com mulher pede demissão, diz jornal

Segundo o "Clarín", Fernando Bargalló admitiu romance.
Ele foi fotografado em praia no México com suposta amante.


Após ser flagrado tomando banho de mar com uma mulher em praia do México, o bispo argentino Fernando Bargalló apresentou renúncia de seu cargo frente a diocese de Merlo-Moreno, na Argentina, informou o jornal "Clarín" neste sábado (23). Depois de pedir desculpas pelo que classificou de “imagens ambíguas” e dizer tratar-se de uma “amiga de infância”, Bargalló confirmou o relacionamento com a mulher.


O bispo Fernando María Bargalló se explica em entrevista ao 
canal América 24, postada no YouTube (Foto: Reprodução)

Além disso, ele irá renunciar frente a Nunciatura Apostólica (equivalente à embaixada do Vaticano no país), disse o jornal. De acordo com a agência EFE, fontes da Nunciatura consultadas nem confirmaram nem desmentiram o fato. Antes, o então titular da diocese de Merlo-Moreno e presidente da Cáritas América Latina, de 57 anos, disse desconhecer as fotos, divulgadas pela emissora América 24. Com a repercussão do caso, no entanto, divulgou um comunicado e pediu desculpas pelas “más interpretações” que as imagens possam suscitar.

As fotos foram registradas no México no início de 2011 e mostra María de las Victoria Martínez, empresária de gastronomia

Com informações do G1

INDONÉSIA: Igrejas forçadas a fechar

Pelo menos 22 igrejas foram forçadas a fechar naIndonésia este ano devido à crescente pressão sobre os governos locais. Dezoitodas igrejas fechadas estão localizadas na região de Singki, província de Aceh,onde os muçulmanos realizaram uma “manifestação pela paz” em 30 deabril pedindo ao governo local para demolir todas as igrejas que naõ tem autorizações legais.

Pelo menos 300 muçulmanos, incluindo líderesreligiosos, reuíram-se nessa ocasião pediando as autoridades locais ocumprimento do Acordo de 1979. Tal acordo determina que apenas uma igreja podeoperar no distrito.

Em resposta, o chefe do distrito policial deu trêsdias de prazo para os cristãos desativarem os prédios de suas igrejas. Osmuçulmanos formaram um grupo para monitorar os cristãos, coagindo-os a cumprira lei. Caso contrário, os próprios policiais iriam derrubar as igrejas queestivessem funcioando.

Na terça-feira, 01 de maio, um grupo de autoridadeslocais e de muçulmanos radicais da Defensores da Frente Islâmica visitou aIgreja Protestante Dairi, em Siatas. A intenção do grupo era fechar a igreja.Depois eles anunciaram que a igreja seria fechada várias mulheres, membros daigreja, desmaiaram e a tensão entre o grupo de cristão e muçulmano aumentou.

O pastor acabou persuadindo-os a deixar a igrejaaberta, argumentando que o fechamento da igreja poderia matar muitos membros dacongregação de desgosto e, além do mais, teria um efeito negativo sobre acomunidade. Ele lembrou que a igreja tinha contribuído para a comunidade,combatendo problemas sociais como a prostituição e jogos de azar e quemuçulmanos e cristãos conviveram pacificamente na aldeia durante anos.


Essas igrejas foram fechadas pelos governos locais

No dia seguinte, a equipe de monitoramento mudou-separa outra igreja na aldeia de Biskang e repetiu suas demandas de fechamento.Depois de acusações de membros da Igreja, a equipe disse que eles poderiamcontinuar a reunir, mas que a igreja deve parar seu projeto de expansão.Finalmente, a equipe chegou na aldeia de Sikoran, onde fecharam uma igreja.

Nove líderes da igreja reuniram-se com o chefe de polícia do distrito. A resposta foi: “Em duas semanas, vamos demolir osedifícios da sua igreja. Não há mais compromisso.” Mesmo depois das ameaças, o pastor retomou suas atividades na congregação.



O guarda de Israel, com informações do Voz dos Mártires

As últimas notícias sobre Aasiya Bibi

Por quase quatro anos, cristãos de todo o mundo têm orado por Aasiya Noreen, também conhecida como Aasiya Bibi.



Como a primeira mulher a ser condenada à pena de morte pela lei de blasfêmia do Paquistão, ela destaca a situação atual dos direitos humanos e da dignidade no sistema legal deste país.

Seus longos anos de prisão não foram um mar de rosas. Para sua própria segurança, a Portas Abertas no Paquistão, têm sido cautelosa ao dar informações sobre sua situação àqueles que fazem perguntas e querem ajudá-la de alguma forma. Por questões de segurança, sua própria família foi forçada a se esconder, sua vida pessoal foi atingida em todos os sentidos. A unica informação que temos é de que ela continua presa e tem pouco ou nenhum contato com outras pessoas. Quaisquer advogados ou ativistas que se envolvam em seu caso, colocam ainda mais risco à vida de Aasiya, assim como à sua família.

A Igreja no Paquistão é muito grata aos cristãos ao redor do mundo que fielmente oram por Aasiya. Enquanto sua situação continua instável, e dois homens (ministros) foram mortos por falar contra a injustiça da lei de blasfêmia, o fato é que ela ainda está viva, e isso é resposta de oração.

Ao longo dos anos a lei de blasfêmia tornou-se cada vez mais perigosa e cruel aos cristãos e outras minorias na República Islâmica. Mais de 4.000 casos de blasfêmia foram registrados pelos tribunais desde 1978.

Aasiya é um caso clássico. Quando as comunidades se cansam dos cristãos em seu meio ou simplesmente quando querem tomar as posses de uma minoria, fazem uma lavagem cerebral sobre os perigos de ter esses 'infiéis' por perto. Uma vez que a acusação de blasfêmia foi realizada e o caso registrado, há pouca esperança de evitar a prisão.

Aasiya foi, por semanas e meses, torturada emocionalmente e sofreu insultos por parte dos muçulmanos locais. Fontes locais dizem que à Aasiya foi negada água do poço e a permissão para usufruir dos grãos durante a colheita. Foram esses ataques contra a sua fé que a levaram a questionar o Islã e a defender suas próprias crenças.

Aasiya não é apenas uma pobre figura atrás das grades. Ela é uma mulher, uma esposa, uma mãe, uma irmã, e uma filha. A igreja que ora por ela precisa se lembrar que ela é uma mulher real, e que tudo o que enfrenta no seu cotidiano é real.

Infelizmente, não há nenhuma "nova" informação sobre o caso Aasiya Bibi. Ultimamente, uma onda de informações superfíciais tem surgido no Paquistão e no exterior, mas dificilmente qualquer uma delas é confiável. Como as informações não são comprovadas, divulgá-las pode colocar Aasiya em risco, por isso as equipes de campo são cautelosos ao divulgar informações sobre ela.

Embora os políticos e líderes do governo queiram resolver a situação de Aasiya, uma questão crucial permanece sem resposta: "Quem realmente controla o país"? O presidente, o Primeiro-Ministro ou os membros do Parlamento? Ou os grupos radicais como o Talibã e a Al Qaeda?

No contexto de um país dilacerado pela violência e pelo terrorismo, a história de Aasiya Bibi passou a representar as necessidades de outros cristãos que buscam justiça e socorro. Sua história mostra à igreja local e à Igreja ao redor do mundo a necessidade de não deixar de orar e de acreditar na libertação de Aasiya, e de milhões de outros cristãos, que passam pelas mesmas dificuldades.

Pedidos de oração

• Louve a Deus pela vida Aasiya Bibi, seu testemunho corajoso de não negar a Cristo mesmo na prisão.

• Ore para que, Aasiya Bibi seja visitada por Jesus dentro da prisão, e que as orações dos irmãos por ela possam fazê-la espiritualmente livre, quebrando as cadeias do isolamento, medo e desesperança, assim como Paulo e Silas experimentaram em Atos 16.

• Ore para que caso de Aasiya Bibi vai seja usado por Deus de alguma forma, para reverter os esforços de Satanás de intimidar os cristãos do Paquistão, que ao invés disso a fidelidade de Deus se mostre ao Seu povo.

Leia o livro CRISTÃOS SECRETOS e saiba mais sobre o cotidiano de cristãos que vivem em países de maioria muçulmana, como o Paquistão.

TraduçãoMarcelo Peixoto
Com informações do Portas Abertas

Irã terá bomba atômica em 4 meses diz especialista americano



Especialista americanos advertem que o Irã dispõe de quantidade suficiente de urânio enriquecido a 3,5% para no prazo de quatro meses obter urânio altamente enriquecido capaz de produzir uma bomba atômica.

“Está claro que o Irã poderá produzir uma bomba atômica muito rapidamente se decidir”, declarou Stephen Rademaker, especialista do centro de reflexão Bipartisan Policy Center à comissão de Defesa da Câmara dos Representantes (deputados) dos Estados Unidos.

A conclusão foi baseada nas contas da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), que acredita que Teerã tenha, ao menos, 3.345 kg de urânio enriquecido a 3,5%, “o suficiente para construir duas bombas atômicas”. Com esta reserva, o prazo estimado de construção seria de 35 a 106 dias.

Para ser utilizado em uma bomba atômica, o urânio 235 deve ser enriquecido a cerca de 90%.


QUATRO MESES

Para David Albright, presidente do Instituto para a Ciência e a Segurança Internacional (ISIS), serão necessários “ao menos quatro meses” para que o Irã “tenha urânio suficiente de qualidade militar” para fabricar uma bomba.

Nas usinas de Natanz e Fordo, mais de 9.000 centrífugas iranianas produzem 158 quilos de urânio enriquecido a 3,5% anualmente, um ritmo três vezes mais elevado que antes dos ataques cibernéticos, em 2009, contra estas máquinas por meio do vírus Stuxnet, revelou Stephen Rademaker.

“Até o final do ano”, o Irã terá suficiente urânio enriquecido a 20% –limite fixado pela regulamentação internacional– para fabricar uma bomba “em oito dias”, um prazo que David Albright aumenta para “o mínimo de um mês”.

(Com Agência France Presse)

Fonte: O verbo

Crença no inferno mantém as taxas de criminalidade baixas, de acordo com novo estudo

(Foto: Reuters)

Um psicólogo da Universidade de Oregon encontrou que a crença de um país em céu e inferno está relacionado com as suas taxas de criminalidade, e que a crença em um Deus punitivo equivale a menos crime, enquanto a crença em um salvador que perdoa significa mais crime.

"Parece que há um caso a ser feito com relação à direção causal de que a punição religiosa reduz o comportamento antiético, enquanto o perdão parece dar permissão às pessoas," Lab Azim F. Shariff, professor de psicologia e diretor da Cultura e da Moralidade da Universidade de Oregon, disse ao KEZI 9 News.

O estudo, publicado no jornal PLoS ONE da Public Library of Science, fez um inquérito com amostragem de 143.197 pessoas em 67 países ao longo de um período de 26 anos.

Os resultados do estudo concluíram que em países onde as pessoas acreditam no inferno e um Deus punitivo, as taxas de criminalidade são menores. Em países onde as pessoas acreditam no céu e em um salvador que perdoa, os índices de criminalidade são maiores.

"A principal conclusão é que, no controle do outro, a taxa de uma nação de crença no inferno prevê taxas mais baixas de criminalidade, mas a taxa do país de crença no céu prevê maiores taxas de criminalidade, e estes são efeitos fortes", Shariff disse ao canal de notícias KVAL-TV.

"Eu acho que é uma pista importante sobre os efeitos diferenciais de punição sobrenatural e benevolência sobrenatural. O achado é consistente com pesquisas controladas que fizemos no laboratório, mas aqui mostra um efeito de "mundo real" poderoso em algo que realmente afeta as pessoas - crime", acrescentou.

Shariff disse à emissora de notícias que a chave para compreender os resultados do relatório era separar parte das construções diferentes da religião organizada, ao invés de vê-la como um todo.

"Uma vez que você divide a religião em construções diferentes, você começa a ver as diferentes relações. Neste estudo, encontramos duas diferenças que vão em direções opostas. Se você olhar para a crença religiosa em geral, estas direções separadas são lavadas e você não vê nada. Não há nenhum indício de uma relação ", disse ele.

Em um estudo companheiro publicado no ano passado no Jornal Internacional de Psicologia da Religião, Shariff escreveu que os estudantes de graduação da Universidade de Oregon eram mais propensos a enganar em um teste se eles acreditassem em um Deus que perdoa.

"Isso se encaixa em uma maior questão cultural sobre como as religiões inicialmente evoluíram e que fins serviram," Shariff disse em uma entrevista em vídeo, em abril de 2011.

As conclusões do estudo, de acordo com Shariff, mostram que os sistemas de crenças sobrenaturais positivas são um meio confiável pela qual se evoca o comportamento ético das pessoas.

Shariff disse à KVAL que deve-se ter cuidado na interpretação desses resultados, à medida que uma investigação mais profunda ainda terá de ser feita para solidificar a sua hipótese.

O estudo do psicólogo foi obtido da World Values and European Values, dispersos em vários países, em vários períodos entre 1981 e 2007.

O estudo também levou em conta as responsabilidades das religiões predominantes dos países, e estudou os efeitos de correlação entre esses dois fatores com as taxas de criminalidade obtidas a partir de registros das Nações Unidas, incluindo as taxas de sequestro, homicídio, roubo de carros, roubo, estupro, assalto, crimes roubo relacionados com drogas, roubo e tráfico de seres humanos.

O guarda de Israel, com informações do Christian Post

Por que a Rússia nunca invadirá Israel

Escritor de livro sobre Anticristo islâmico diz que há outro perigo maior

 

Durante gerações, os cristãos que pesquisam as profecias bíblicas sobre os tempos finais têm olhado a Rússia com desconfiança, tentando imaginar exatamente como e quando aquele ataque esperado vindo do norte seria lançado contra Israel, o ataque que marca o começo do fim.
Mas o autor do recente livro, “Mideast Beast: The Scriptural Case of an Islamic Antichrist” (Besta do Oriente Médio: O Argumento Bíblico em favor de um Anticristo Islâmico), diz que os crentes deveriam esquecer a Rússia, e em vez disso se preocupar com a Turquia.
A região da Turquia, afinal, era onde a estrutura islâmica de poder governava até um século atrás, e embora o Irã, o Egito e a Síria estejam ocupando as manchetes nestes dias por suas atividades muçulmanas, a influência islâmica na Turquia não para de crescer.
Aliás, apenas dias atrás, Recep Tayyip Erdogan, o primeiro-ministro da Turquia, convidou Fethullah Gulen, o imam eremita do movimento islâmico possivelmente mais poderoso do mundo, para voltar para a Turquia.
“Queremos que este anseio seja cumprido”, disse Erodgan. “Queremos ver entre nós aqueles que estão no exterior e ansiando a pátria… Estamos dizendo que essa ausência do lar [de Gulen] tem de acabar”.
Joel Richardson, autor do recente livro “Mideast Beast,” diz que a suposição sobre a Batalha de Magogue e Gogue, revelada na profecia bíblica de Ezequiel 38 e 39, precisa ser corrigida para que as pessoas entendam.
Num comentário em WND hoje, Richardson explica que a suposição de que a referência bíblica a Magogue indicaria a Rússia foi desenvolvida uns 100 anos atrás, e vem sendo ensinada e debatida desde então dessa forma.
Contudo, a realidade é que o mais provável é que seja a Turquia, disse ele.
“Para as pessoas que se preocupam com a verdade, estudos teológicos modernos afirmam unanimemente que está mais que na hora de descartar a noção de que o profeta Ezequiel predisse que a Rússia invadiria Israel”, escreve ele. “O que então ele predisse? Para qual país em ascensão no Oriente Médio Ezequiel está apontando para nós que será o líder de uma coalizão dos últimos dias que atacará Israel?
“Em meu livro, ‘Mideast Beast: The Scriptural Case for an Islamic Antichrist’, forneço ao estudante comum da Bíblia todas as ferramentas necessárias para compreender muitas das mais importantes profecias dos tempos finais da Bíblia. À medida que as dificuldades do fim desta era agora estão cada vez mais perto, é absolutamente fundamental que os estudantes da Bíblia diligentemente estudem o significado desses textos de modo cuidadoso e responsável. A urgência do momento exige nada menos”, disse ele.
Ele disse que a promoção da suposição de que o exército que marcharia para atacar Israel seria o russo surgiu em torno da época do lançamento da Bíblia de Referência Scofield, no início do século XX, e essa interpretação influenciou muitas outras obras de referência.
Vários materiais de estudo bíblico incluem os seguintes mapas, que mostra que Magogue é a Rússia.
Ele diz que em 1971, o então governador Ronald Reagan continuou esse foco, dizendo: “Ezequiel nos diz que Gogue, a nação que liderará todas as outras potências contra Israel, virá do norte. Os teólogos há décadas dizem que Gogue só pode ser a Rússia. Qual outra nação poderosa há no norte de Israel? Nenhuma”.
Mas uma pesquisa que Richardson consideraria mais exata retrata Magogue como sendo a nação da Turquia:
Richardson explica que um modo diferente de interpretar a Bíblia resulta em conclusões diferentes.
Mas ele disse: “No final do sétimo século e começo do sexto século a.C. quando Ezequiel profetizou, Magogue, Meseque e Tubal eram conhecidos como tendo habitado na Ásia Menor, ou a Turquia moderna”.
O livro de Richardson vem depois de seu sucesso anterior, “The Islamic Antichrist” (O Anticristo Islâmico), um livro que mudou as opiniões escatológicas de muitos evangélicos desde seu lançamento dois anos atrás.
O novo livro é uma continuação do outro — com evidências ainda mais bíblicas de que o Anticristo, um personagem há muito tempo antecipado, será um muçulmano do Oriente Médio.
Ao passo que a maioria dos estudantes da Bíblia há muito tempo sustenta que alguma forma de humanismo ou religião universalista catapultaria o Anticristo para o poder mundial, “Mideast Beast” defende sistematicamente o argumento de que o Anticristo está agora mesmo diante de nós batendo na porta.
Traduzido por Julio Severo do artigo de WND: Why Russia will never invade Israel

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Pai é suspeito de deixar amigo abusar das filhas em troca de pinga, em GO

Meninas de 10 e 11 anos confirmaram que eram violentadas, em Serranópolis.
Agressor teria dado R$ 30 a uma delas para não ser denunciado.




Um vaqueiro de 40 anos foi preso na quarta-feira (20), em Serranópolis (GO), após as professoras das duas filhas dele denunciarem que as meninas, de 10 e 11 anos de idade, sofriam abuso sexual. Segundo a denúncia, o pai permitia, há cerca de uma semana, que elas fossem violentadas em troca de cachaça.

Uma das garotas contou como os abusos aconteciam: “Ele [o agressor] trazia pinga para o meu pai beber e ficar bêbado. Depois disso, ele começava agarrar a gente”. À Polícia Civil, elas confirmaram a versão das professoras e ainda afirmaram que o suspeito teria oferecido dinheiro para que elas não denunciassem o crime. “Nós encontramos R$ 30 com a mais velha. Ela afirmou que ele [o suspeito] tinha dado para que elas ficassem caladas”, relata a conselheira tutelar Irlene Lima Costa.

De acordo com a polícia, o suspeito do crime chegou a morar a na casa das vítimas, após ser convidado pelos pais delas. Ele ainda não foi localizado pelos policiais que investigam o caso na região.

Já o pai das meninas foi encaminhado para a Delegacia Regional do município, onde prestou depoimento e aguarda decisão judicial. Com ele, a Polícia Militar encontrou uma espingarda, um facão e sei munições intactas. O sargento da PM Fábio de Carvalho afirma que ele já tinha sido preso, suspeito de cometer o mesmo crime. “No meio do ano passado ele tinha sido denunciado, mas, infelizmente, não aconteceu nada com ele”, afirma o militar.

Destino
O Conselho Tutelar de Serranópolis deve encaminhar as meninas a um abrigo de Chapadão do Céu. “Até que o caso seja resolvido, elas vão ficar em um abrigo do município. Logo em seguida, elas devem ser adotadas por alguém da família que realmente queiram ficar com elas. Provavelmente, as meninas não vão voltar a morar com o pai”, acredita a conselheira tutelar Irlene Lima Costa.

O guarda de Israel, com informações do G1

Avon cede à pressão dos ativistas gays e retira os livros de Silas Malafaia de seus catálogos

Não há informações sobre de quem partiu a decisão de retirar os livros da Central Gospel dos catálogos Moda e Casa



Avon cede à pressão dos ativistas gays e retira os livros de Silas Malafaia de seus catálogos

A Avon cedeu aos protestos dos grupos homossexuais e retirou de seus catálogos os livros da Central Gospel, editora de propriedade do pastor Silas Malafaia.

Um abaixo assinado na internet chegou a ser criado para convencer a empresa de que o pastor editava livros homofóbicos, isso porque entre os títulos comercializados nas edições da revista “Moda e Casa” estava o livro A estratégia: o planos dos homossexuais para transformar a sociedade, escrito pelo pastor Louis Sheldon.

No auge da polêmica a empresa chegou a se pronunciar dizendo que respeita a diversidade em todos os seus aspectos e que por isso “busca atender de forma ampla e democrática aos consumidores de mais de 100 países, oferecendo uma ampla variedade de cosméticos e outros produtos – entre eles os livros -, para atender à pluralidade de preferências, ideias e estilos de vida”.

Mas as revistas da Campanha 12 não trazem mais títulos da Central Gospel, não é possível saber se essa decisão é definitiva ou se é apenas um acordo provisório. Até o momento a Avon não emitiu nota de esclarecimento sobre o assunto e nem a editora de Silas Malafaia.

Gospel Prime, Com informações Revista A Capa

Pais descobrem que bebê estava viva dentro do caixão

Os pais encontraram a bebê se movendo no caixão




Doze horas depois de ser dada como morta, a bebê foi encontrada pelos pais se movendo no caixão do necrotério onde eles haviam ido para dar o último adeus à criança.
Este é o incrível caso da pequena Luz Milagros, bebê prematura que foi dada como morta em um hospital na província do Chaco, no norte da Argentina, após médicos não verificarem sinais vitais na menina.

Mas agora a bebê, nascida após seis meses de gestação, está em terapia intensiva, ainda sem previsão de alta.

A representação do Ministério da Saúde do Chaco suspendeu cinco médicos da unidade hospitalar enquanto investiga o caso.

Os pais da menina receberam uma certidão de óbito uma hora antes de irem se despedir da menina no necrotério.

“Obviamente houve um erro médico protocolar (…) foi um fato lamentável, que por sorte está sendo controlado, e toda a assistência médica está sendo dada à pequena Luz Milagros”, disse à imprensa local o ministro da Saúde Pública do Chaco, Francisco Baquero.

Especialistas que examinaram o caso afirmaram que é muito provável que por ter permanecido em baixas temperaturas no caixão, a bebê (de apenas 28 semanas), pode ter conseguido manter seus órgãos vitais em funcionamento.

Não insólito’
“É uma situação lamentável, mas não insólita”, sublinhou ao jornal Clarín o neurologista Claudio Solana. “Os bebês prematuros às vezes nascem sem frequência cardíaca nem respiratória. Sem sinais de vida. O comum é deixá-los em observação por pelo menos duas horas. Às vezes eles se reanimam e recuperam os sinais vitais”, explicou Solana.

A bebê, que nasceu no Hospital Perrando, em Resistência, se chamaria Luciana Abigail, mas seus pais mudaram o nome para Luz Milagros, por acreditarem que foi um milagre a volta da menina à vida. De acordo com a versão dos pais da criança, a notícia precipitada da morte da criança foi dada poucos instantes depois do parto.
“Houve muitas coisas que me chamaram a atenção, primeiro que não me deixaram ver o corpo de minha filha, e levarem-na para o necrotério, onde colocaram no caixão e fecharam”, contou o pai, Fabián Verón. ”Minha filha esteve 12 horas no necrotério e até o momento, no lugar de uma certidão de nascimento, só temos uma certidão de óbito”, disse a mãe, Analía Bouter.

A mãe ainda lembra do instante em que voltou a esperança no que parecia um caso perdido, quando abriram o caixão. ”De repente, escutei um gemido, um choro fraco, ela estava coberta por uma fina camada de gelo”, contou. “A alegria de saber que estava viva apagou todo o resto”.

A pequena Luz Milagros, segundo o último boletim médico, desta quarta-feira, dia 11, permanecia estável, mas em estado “crítico”. Ela pesa apenas 750 gramas. ”Ela está conectada a um respirador, para que não se esforce, e se recupera”, afirmou a mãe.
O casal tem dois filhos.


Fonte: BBC / Via: Pedra Valiosa

Existe ex-gay? Conheça histórias de homens que largaram o homossexualismo

Enquanto muitos acreditam que não há como deixar de ser gay, testemunhos mostram o contrário.


Eduardo e Genoveva

A homossexualidade tem dividido opiniões e gerado muita polêmica entre religiosos, principalmente quando o assunto é deixar de ser homossexual. Existe ex-gay?

O pastor Silas Malafaia, que é formado em psicologia, e a psicóloga cristã Marisa Lobo já foram acusados por ativistas da causa gay por afirmarem que sim, é possível reverter um homossexual em heterossexual.

A grande maioria acredita que um homossexual já nasce com essa opção e que, portanto, não podem mudar de opção. Há quem diga também que o caso não é doença e tão pouco uma escolha, mas algo intrínseco que não pode ser mudado.

Todavia encontramos casos de pessoas que tiveram experiências homossexuais e que hoje são casados com mulheres como é o caso de Eduardo Rocha, 27, anos. Ele conta que foi violentado em sua infância e eu por esta causa se tornou homossexual, chegando a apresentar um programa de TV como “Grevâniah Rhiuchélley”, seu nome de travesti.

Ele testemunha que é possível sim se libertar do homossexualismo e hoje realiza trabalhos não contra a homossexualidade, mas contra a pedofilia que lhe trouxe sérios problemas pessoais. Eduardo é casado com Genoveva Brasil que também sofreu abuso sexual na sua infância e hoje trabalha ao lado de seu esposo na luta contra a pedofilia.

No blog do bispo Edir Macedo encontramos um vídeo contando um pouco sobre a história de Adriano Martins. Com fotos de diversas etapas de sua vida vemos um jovem que se declara ex-drogado, ex-garoto de programa e ex-homossexual. Hoje ele também é casado, pai e atua como obreiro da Igreja Universal do Reino de Deus.

Veja os vídeos:



O guarda de Israel, com informações do Gospel Prime

terça-feira, 19 de junho de 2012

Silas Malafaia desafia Jean Wyllys a provar que ele é um “aproveitador do bolso das pessoas”; assista

O deputado federal teria afirmado no programa Jogo do Poder que o pastor assembleiano precisa abrir suas contas para mostrar seus ganhos e gastos.

O pastor Silas Malafaia participou do programa Jogo do Poder do Canal CNT e falou sobre diversos assuntos polêmicos, entre eles sobre seu posicionamento contrário ao homossexualismo.

Malafaia diz que as igrejas evangélicas não obrigam nenhum indivíduo a mudar sua opção sexual, mas que oferece ajuda para aqueles que desejam mudar e que por isso, procuram as igrejas.

O programa com duração de mais de meia hora também serviu como resposta para que o pastor presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo pedisse para que o deputado federal Jean Wyllys (Psol) provasse as acusações que fez contra quando esteve participando do programa.

O deputado que é homossexual disse que o pastor Silas Malafaia é “aproveitador do bolso das pessoas” e sugeriu que ele abrisse suas contas financeiras para provar que não faz uso dos valores arrecadados nos cultos.
“Eu queria que ele colocasse no papel e assinasse para que ele possa provar o que disse”, disse Malafaia que não fugiu da pergunta sobre os líderes religiosos que abusam da pedição de ofertas.

O pastor assembleiano acredita que há um preconceito, uma manobra da opinião pública para julgar e criminalizar os líderes evangélicos sendo que apenas 6% dos pastores é que praticam o abuso em relação aos dízimos e ofertas.

Ele também lembra que a Igreja Católica transfere bilhões de reais para o Vaticano, dinheiro que também vem das contribuições do membro.

Assista:

 Fonte: Gospel Prime / Notícias Cristãs

Novas informações sobre o desaparecimento de Brenda da Deus É Amor são dadas pelo vigia da igreja

Nesta semana, o vigia da Igreja Deus É Amor foi ouvido pela polícia. No depoimento, ele disse que foi procurado pela mãe de Brenda Gabriela no domingo (10) à noite, cinco horas depois do desaparecimento da garota.

(Foto: Reprodução/YouTube) Imagem de vídeo da menina desparecida no evento das comemorações dos 50 anos da igreja Deus É Amor, Brenda Gabriela.

 
“Naquela ocasião, a criança estava usando um vestidinho, um sapatinho vermelho. Ou seja, até então nós não tínhamos descrição da roupa que ela estava usando, agora o vigia passou essa informação para a autoridade policial”, disse o advogado da igreja Deus é Amor, Adrian Costa, segundo publicação G1.

 Geiza, mãe da menina, chegou a cogitar a possibilidade de que Brenda teria sido levada pelo próprio pai. Porém o mesmo compareceu voluntariamente à delegacia dizendo não estar relacionado com o sumiço da filha.

A mãe de Brenda entregou uma foto mais recente da menina na delegacia de pessoas desaparecidas que ajudará nas investigações.

No site oficial da igreja Deus É Amor, um post com características da menina e telefones para contado aparecem assim que o acesso é feito. No post a frase “ Desaparecida, ajude-nos a encontrá-la” aparece em letras grandes e chamativas demonstrando o interesse da igreja em cooperar com a busca de Brenda.

 Brenda desapareceu durante a caminhada de comemoração dos 50 anos da igreja pentecostal Deus é Amor, no Centro de São Paulo, no último domingo dia (10), que contou com a participação de 60 mil fiéis. A mãe contou que foi receber uma oração e deixou Brenda com o irmão mais velho atrás e quando voltou, Brenda já havia desaparecido.

"Na hora em que eu virei, vi o Lucas sozinho e comecei a procurar”.

 Brenda é branca, com aproximadamente 90 cm de altura, magra com cabelos castanhos claro, comprido e encaracolado.

 Quem tiver alguma informação que ajude a polícia a encontrar Brenda Gabriela deve ligar para o Disque-Denúncia no número 181.

O guarda de Israel, com informações do Christian PostLink

EUA: adolescente sobrevive após ter crânio perfurado por arpão

Foto: AP


Exame de raio-x mostra um arpão de pesca que atravessou a cabeça de um adolescente em Miami, nos Estados Unidos. Yasser Lopez, 16 anos, sobreviveu após ser atingido acidentalmente quando carregava uma arma de lançar o instrumento. O arpão de 90 cm de comprimento atravessou diretamente seu crânio.

Com informações do Terra

Cantora paquistanesa que desafiou marido e Talibã para continuar carreira artística é assassinada

De acordo com a polícia, um dos suspeitos é o ex-marido de Javed. 


 
 Javed era popular entre os jovens pashtus no noroeste do Paquistão. (Foto Divulgação) 


A cantora pop paquistanesa que desafiou o decreto do Talibã contra suas músicas e dança foi morta a tiros depois que saiu de um salão de beleza na noite desta segunda-feira (18). Ghazala Javed, de 24 anos, foi baleada após um motociclista atirar no carro em que estava com seu pai, que também foi morto.


De acordo com a polícia, um dos suspeitos é o ex-marido de Javed. A cantora tinha supostamente pedido o divórcio depois de descobrir que ele tinha outra esposa. O divórcio é um pedido incomum em uma sociedade machista e conservadora na qual muitos consideram que uma mulher que toma essa decisão é uma desonra para o marido.


"Dois homens de moto encheram ela de balas antes de fugir, deixando-a em uma poça de sangue" - contou Dilawar Bangash, um alto funcionário da polícia de Peshawar. "Já estamos investigando. Este assassinato parece ter sido motivado por disputa pessoal".


Javed era popular entre os jovens pashtus no noroeste do Paquistão. De acordo com a CNN, ela foi atingida com seis balas. Segundo o oficial de polícia paquistanesa, Imtiaz Altaf, o Talibã não está envolvido com a morte.

No ano passado, Javed foi assunto na imprensa local quando deixou o marido para viver na casa de seu pai após seis meses de casamento com o empresário Jahangir Khan, que tentou proibi-la de continuar na carreira artística. Anos atrás, outra cantora popular, Ayman Udas, foi morta supostamente por sua família. Nos últimos anos, o fortalecimento do Talibã no noroeste do Paquistão tem dificultado o trabalho de bandas e cantores, já que a dança e a música são proibidas pelos extremistas.


Com informações de: Marie Claire

domingo, 17 de junho de 2012

Afinal, o que está errado com a teologia da prosperidade?


Apesar de até o presente só ter melhorado a vida dos seus pregadores e fracassado em fazer o mesmo com a vida dos seus seguidores, a teologia da prosperidade continua a influenciar as igrejas evangélicas no Brasil.

Uma das razões pela qual os evangélicos têm dificuldade em perceber o que está errado com a teologia da prosperidade é que ela é diferente das heresias clássicas, aquelas defendidas pelos mórmons e "testemunhas de Jeová" sobre a pessoa de Cristo, por exemplo. A teologia da prosperidade é um tipo diferente de erro teológico. Ela não nega diretamente nenhuma das verdades fundamentais do Cristianismo. A questão é de ênfase. O problema não é o que a teologia da prosperidade diz, e sim o que ela não diz.
  • Ela está certa quando diz que Deus tem prazer em abençoar seus filhos com bênçãos materiais, mas erra quando deixa de dizer que qualquer bênção vinda de Deus é graça e não um direito que nós temos e que podemos revindicar ou exigir dele.

  • Ela acerta quando diz que podemos pedir a Deus bênçãos materiais, mas erra quando deixa de dizer que Deus tem o direito de negá-las quando achar por bem, sem que isto seja por falta de fé ou fidelidade de nossa parte.

  • Ela acerta quando diz que devemos sempre declarar e confessar de maneira positiva que Deus é bom, justo e poderoso para nos dar tudo o que precisamos, mas erra quando deixa de dizer que estas declarações positivas não têm poder algum em si mesmas para fazer com que Deus nos abençoe materialmente.

  • Ela acerta quando diz que devemos dar o dízimo e ofertas, mas erra quando deixa de dizer que isto não obriga Deus a pagá-los de volta.

  • Ela acerta quando diz que Deus faz milagres e multiplica o azeite da viúva, mas erra quando deixa de dizer que nem sempre Deus está disposto, em sua sabedoria insondável, a fazer milagres para atender nossas necessidades, e que na maioria das vezes ele quer nos abençoar materialmente através do nosso trabalho duro, honesto e constante.

  • Ela acerta quando identifica os poderes malignos e demônicos por detrás da opressão humana, mas erra quando deixa de identificar outros fatores como a corrupção, a desonestidade, a ganância, a mentira e a injustiça, os quais se combatem, não com expulsão de demônios, mas com ações concretas no âmbito social, político e econômico.
  • Ela acerta quando diz que Deus costuma recompensar a fidelidade mas erra quando deixa de dizer que por vezes Deus permite que os fiéis sofram muito aqui neste mundo.

  • Ela está certa quando diz que podemos pedir e orar e buscar prosperidade, mas erra quando deixa de dizer que um não de Deus a estas orações não significa que Ele está irado conosco.

  • Ela acerta quando cita textos da Bíblia que ensinam que Deus recompensa com bênçãos materiais aqueles que o amam, mas erra quando deixa de mostrar aquelas outras passagens que registram o sofrimento, pobreza, dor, prisão e angústia dos servos fiéis de Deus.

  • Ela acerta quando destaca a importância e o poder da fé, mas erra quando deixa de dizer que o critério final para as respostas positivas de oração não é a fé do homem mas a vontade soberana de Deus.

  • Ela acerta quando nos encoraja a buscar uma vida melhor, mas erra quando deixa de dizer que a pobreza não é sinal de infidelidade e nem a riqueza é sinal de aprovação da parte de Deus.

  • Ela acerta quando nos encoraja a buscar a Deus, mas erra quando induz os crentes a buscá-lo em primeiro lugar por aquelas coisas que a Bíblia constantemente considera como secundárias, passageiras e provisórias, como bens materiais e saúde.


A teologia da prosperidade, à semelhança da teologia da libertação e do movimento de batalha espiritual, identifica um ponto biblicamente correto, abstrai-o do contexto maior das Escrituras e o utiliza como lente para reler toda a revelação, excluindo todas aquelas passagens que não se encaixam. Ao final, o que temos é uma religião tão diferente do Cristianismo bíblico que dificilmente poderia ser considerada como tal. Estou com saudades da época em que falso mestre era aquele que batia no portão da nossa casa para oferecer um exemplar do livro de Mórmon ou da Torre de Vigia...

Por: Augustus Nicodemus Lopes
Fonte: O tempora, O Mores / O guarda de Israel

Como está hoje o cantor Nelson Ned?

Título Original: Cantor Gospel Nelson Ned Participou Do Programa Do Ratinho Exibido Pelo SBT No Quadro "Sucesso É Sempre Sucesso"



O cantor gospel Nelson Ned participou nesta Sexta Feira (15/06) do Programa do Ratinho no quadro "Sucesso é Sempre Sucesso" exibido pelo SBT. Nelson Ned falou sobre a sua carreira e sobre os discos que foram destaques e sobre seus amigos, entre eles: Roberto Carlos e Aguinaldo Timóteo.

Conhecido como O Pequeno Gigante da Canção, Nelson Ned foi o único artista da América Latina a lotar quatro vezes o Carnegie Hall. Com sucessos um atrás do outro, entre eles a música Tudo Passará, veio também a dependência pelas drogas e o fundo do poço, com a conseqüente perda de toda a sua fortuna.

Na década de 90, ele tentou dar a volta por cima, tornando-se evangélico e gravando músicas Gospel, mas as dificuldades de locomoção e as fortes dores o impediram de permanecer no palcos. O AVC comprometeu a parte vocal de Nelson, que agora desafina ao cantar, a sequela foi deixada pelo acidente vascular cerebral, sofrido em 2003. Ao lado de sua família atualmente Nelson Ned recupera a sua saúde. Hoje, ele está sob a guarda e cuidados de Neuma, uma de suas irmãs, com quem mora em São Paulo.O cantor completou 65 anos no dia 02 de março/2012.


Com mais de 45 milhões de cópias vendidas o cantor Nelson Ned continua sendo um dos cantores de grande sucesso no meio gospel.

Discografia Gospel De Nelson Ned:

Em Português
Nelson Ned - O Poder Da Fe Vol. 1 (1976)
Nelson Ned - O Poder Da Fe Vol. 2 (1990)
Nelson Ned - Jesus Esta Vivo (1993)
Nelson Ned - Jesus Te Ama (1994)
Nelson Ned - Glorias A Jesus (1995)
Nelson Ned - Jesus Esta Voltando (1997)
Nelson Ned - Jesus É Vida (2002)
Nelson Ned - Jesus Ressuscitou (2004)

Em Espanhol
Nelson Ned - Jesús Está Vivo
Nelson Ned - Jesús Te Ama (1994)
Nelson Ned - Jesucristo Es Vida (2002)
Nelson Ned - Mi Testimonio

Em Recopilados
Nelson Ned - Dose Dupla
Nelson Ned - Compõe E Canta Para Jesus (2001)


Com informações de: Variedades Gospel Veras

Fotos publicadas em rede social provocam demissão por justa causa


Por unanimidade, a Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho negou provimento a agravo de uma enfermeira da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Prontolinda Ltda., em Olinda (PE), demitida por justa causa após postar, numa rede social da internet, fotos da equipe de trabalho tiradas durante o expediente. Na ação trabalhista, a enfermeira pedia a descaracterização da justa causa e o pagamento de dano moral pelo constrangimento causado pela demissão.


Na inicial, a enfermeira contou que trabalhou no hospital durante um ano e nove meses até ser demitida. Segundo ela, a demissão ocorreu depois de ter publicado no Orkut fotos suas e de seus colegas de trabalho com o fardamento do hospital.

A profissional alegava que o hospital agira de forma discriminatória ao dispensá-la, porque a postagem de fotos no Orkut era prática comum entre os empregados, mas ela teria sido a única demitida, e os demais não sofreram qualquer tipo de punição. Informou ainda que o hospital se recusou a fornecer-lhe carta de recomendação, o que dificultou conseguir nova colocação no mercado de trabalho.

O hospital, na contestação, afirmou que as fotos relatavam "intimidades" dos integrantes da equipe da UTI. Segundo a defesa, cada foto postada continha abaixo "comentários de mau gosto, não apenas da enfermeira demitida, mas também de terceiros" que acessavam a rede social. As fotos expunham ainda o logotipo do hospital sem sua autorização, expondo a sua marca "em domínio público, associado a brincadeiras de baixo nível, não condizentes com o local onde foram batidas".

Ainda segundo o hospital, a enfermeira desrespeitou os doentes internados na UTI, muitos em estado de saúde grave e que, por motivos alheios às suas vontades e de seus familiares, foram expostos publicamente. O estabelecimento alegou ser referência para o atendimento de ministros de estado e até do presidente da República, e não poderia "ficar à mercê de brincadeiras impensadas de empregados, principalmente quando abalam a sua moral".

Ao analisar o pedido da enfermeira, a 3ª Vara do Trabalho de Olinda descaracterizou a justa causa e condenou o hospital ao pagamento de indenização por dano moral no valor de R$ 35 mil. Segundo a sentença, a dispensa "repercute na esfera subjetiva do trabalhador" e compromete sua honra e estima. Para o juiz, o ato da enfermeira não revelava comportamento inadequado no tratamento dos pacientes - "pelo contrário, demonstra o espírito de confraternização, de amizade, união e carinho entre os funcionários". Com as verbas rescisórias devidas, a condenação total foi de cerca de R$ 63 mil.

Todavia, o Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (PE) reformou o a sentença ao dar provimento a recurso ordinário do hospital. Para o Regional, o empregador agiu corretamente ao aplicar a justa causa, dentro de seu direito potestativo. Segundo o acórdão, as fotos revelam a equipe da UTI em um "ambiente de brincadeiras nitidamente inadequadas", e cita como exemplo uma foto que mostra "uma das enfermeiras semiagachada e uma mão supostamente tentando apalpá-la". Contra a decisão, a enfermeira interpôs recurso de revista para o TST, que teve seguimento negado pelo Regional, levando-a a interpor o agravo de instrumento agora julgado pela Segunda Turma.

A Turma indeferiu o processamento do recurso de revista e manteve a decisão. Para o relator, ministro José Roberto Freire Pimenta, o Regional, na análise das provas dos autos, amparado no princípio do livre convencimento motivado, entendeu que a conduta da enfermeira foi grave ao ponto de justificar a sua dispensa. Para se concluir de forma diferente, como pretendido, seria necessário retornar à análise de fatos e provas, procedimento vedado pela Súmula nº 126 do TST.

Processo: AIRR - 5078-36.2010.5.06.0000
LEX MAGISTER

Fonte: Opinar Direito

Criança sobrevive depois de ser atingida na nuca por tiro de espingarda. sua mãe afirma que foi Deus que a salvou


No início dessa semana uma criança foi atingida pelo disparo de uma espingarda de chumbinho que foi disparada por seu irmão, de apenas nove anos. O incidente aconteceu em Piraquara, Região Metropolitana de Curitiba. Apesar de ter sido atingida na nuca, a menina, de cinco anos, passa bem. A mãe das crianças, Angelina Fagundes dos Santos concedeu uma entrevista ao G1 na última quarta feira, onde explicou o ocorrido.

“Eu estava na casa do meu namorado e ele sempre deixa a espingarda em lugares altos. Desta vez, por um descuido, ele pegou para colocar chumbinho e foi até a lavanderia. No mesmo momento, um vizinho o chamou no portão. Foi então que ele deixou a espingarda na lavanderia e foi ver o que o vizinho queria. Enquanto isso, meu filho de nove anos encontrou a espingarda”, explicou a mãe.

Ela disse ainda que tentou impedir o filho de mexer na arma, mas não conseguiu intervir a tempo. “Foi tudo muito rápido, quando eu abri a boca para falar para ele não encostar, ele já tinha disparado. Foi um susto enorme quando vi que o disparo acertou minha filha. Eu corri para pedir ajuda e levamos ela para o hospital”, explicou.

A criança de 5 anos foi atingida na nuca e passou por 4 horas de cirurgia para retirada do chumbinho. Depois da cirurgia a menina ficou em observação na UTI do hospital e, pouco depois, foi transferida para o quarto. Segundo Angelina, a garota ainda inspira cuidados, mas já está bem: “Só estamos aguardando o médico liberá-la para voltar para casa. Vou me dedicar 24 horas por dia se for necessário para que minha filha volte a viver normalmente”.

O neurocirurgião e professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Luiz Ernani Madalozzo comentou sobre o disparo que, segundo ele, deve ter sido efetuado a uma distância bem próxima da vítima, já que o chumbinho dificilmente consegue penetrar o crânio. “Quando ele penetra, passa a funcionar como se fosse uma bala comum, de tamanho menor”, explicou o médico, que disse ainda: “Um projétil comum sai incandescente da arma, portanto a bala fica esterilizada. Já com o chumbinho isso não acontece, ele traz todo tipo de sujeira. Então, além da lesão causada pelo projétil, há mais esse problema”.

Sobre a recuperação da filha, Angelina atribui a um milagre divino: “Foi Deus quem salvou ela. Minha filha se recuperou rápido e devo isso às várias pessoas que rezaram e que nos apoiaram durante esses dias”, disse.

Por se tratar de uma arma de pressão, a espingarda não exige porte de arma. Porém o proprietário da arma deverá responder por lesão corporal culposa, segundo informou o delegado Amadeu Araújo, que investiga o caso.

Fonte: Gospel+ / Garimpo Gospel

O Vale de ossos secos que estava escondido



"... O Senhor me levou em espírito e me pôs no meio de um vale que estava cheio de ossos... eram numerosos e estavam sequíssimos... Então me disse: Profetiza sobre estes ossos e dize-lhes: Ossos secos, ouvi a palavra do Senhor... Então profetizei... e eis que se fez um reboliço, e os ossos se juntaram, cada osso ao seu osso... E profetizei como ele me deu ordem: então o espírito entrou neles e viveram, e se puseram em pé, um exército grande em extremo." (Transcrição parcial do texto de Ezequiel 37.1-14)

Uma das mensagens desse texto é a esperança baseada no poder de Deus. Se Deus enviasse o profeta ao meio de pessoas doentes, Ezequiel talvez pudesse sugerir tratamentos para elas. Porém, Deus o coloca diante de mortos, e não apenas isso, mortos há muito tempo, com seus ossos sequíssimos. É um quadro que mostra o fim dos recursos naturais e humanos. Aparentemente, é o fim de tudo. Mas os recursos divinos ainda não se esgotaram. Aleluia!

Quando tudo parece perdido, Deus ainda tem solução. Veja o caso de Lázaro (João 11). Jesus chegou quatro dias depois do seu sepultamento. Parecia tarde demais, mas para Deus não era, e ele foi ressuscitado.
Aquele vale cheio de ossos desarticulados e misturados mostra a desorganização de uma vida sem Deus. Vida? É mais apropriado dizer uma morte em vida. Desorganização nos sentimentos, nos negócios, nos objetivos, na família, etc. Muitas pessoas hoje são verdadeiros mortos-vivos. Já sepultaram seus sonhos e seus ideais. Deus disse ao profeta : "Filho do homem, profetiza aos ossos: ossos secos ouvi a palavra do Senhor..." A Palavra de Deus é o remédio para o problema do homem. É através da palavra de Deus, a Bíblia, pregada e ensinada, que os mortos espirituais viverão. A Palavra de Deus é viva (Hb.4.12) e comunica vida. Aqueles que receberem de bom grado essa Palavra, serão por ela transformados, vivificados.
Cada osso vai encontrando seu lugar no corpo. Isso pode ser usado de forma aplicada para dizer que cada pessoa vai encontrando sua posição no corpo de Cristo, que é a igreja. Vai encontrando sua razão de viver, sua missão, seu objetivo de vida, sua função.

O texto destaca ainda a importância da ação do Espírito de Deus sobre nós. De nada adianta tudo estar no seu lugar, se não houver a ação do Espírito Santo, se não houver unção, se não houver poder. Seria como um motor de um carro que estivesse bem montado, mas sem o lubrificante e o combustível necessários ao seu perfeito funcionamento. Assim, nossas igrejas não devem ser apenas organizações bem estruturadas. Isso é bom, mas não é suficiente. Não podemos funcionar sem o poder do Espírito Santo, sem a unção dos céus.

Uma vez que estamos vivificados pela Palavra, e ungidos pelo Espírito, tornamo-nos um exército. Deus não ressuscitou aqueles mortos para que cada um fosse cuidar de seus próprios interesses. Deus os ressuscitou para que se tornassem um exército para lutar na causa do Senhor. Aqueles que são vivificados, salvos pelo Senhor, serão usados para alcançar outros. Isso não quer dizer que deixaremos de cumprir com os nossos deveres. Vamos trabalhar, estudar, divertir, etc. Mas nada disso ocupará o lugar de Deus em nossas vidas. Nada disso poderá impedir que façamos nosso trabalho na obra de Deus. Ele nos ressuscitou (Ef.2.1-2). Logo, nossa vida pertence a ele e vamos viver para a sua glória.


Que Deus te abençoe!

Por: Carlos Carvalho
Autor: Anísio Renato de Andrade

Com informações do A Família na Rocha

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Pesquisa revela os perigos de famílias com pais homossexuais

Crença popular é questionada com dados científicos



Dois estudos divulgados na última semana contrariam as ideais amplamente divulgadas que famílias com dois pais ou duas mães gays são iguais – ou talvez melhores que – casais tradicionais.

“A alegação empírica que não existem diferenças notáveis ​​devem desaparecer”, acredita o professor de sociologia na Universidade do Texas, Mark Regnerus ao publicar seu estudo na revista científica de Ciências Sociais.

Usando conjunto de dados de entrevistas com cerca de 3.000 adultos jovens selecionadas aleatoriamente, Regnerus dividiu os dados em 40 tipos de grupos, considerando os resultados sociais, emocionais e de relacionamento. Ele descobriu que, quando comparados com adultos criados em casais tradicionais, as pessoas criadas por duas mães lésbicas tiveram resultados negativos em 24 das 40 categorias, enquanto os adultos criados por pais gays tiveram resultados negativos em 19 categorias.

Mark Regnerus norteou outro estudo de impacto na sociedade pela pergunta: “Qual a diferença dos adultos criados por pais homossexuais?” A resposta, tanto na literatura acadêmica quanto no imaginário do público americano, provou ter mudado drasticamente nos últimos 15 anos.

Durante um evento promovido pelo Institute for American Values, ele mostrou que no final da década de 1990, famílias heterossexuais eram “consideradas o melhor ambiente para crianças”. Agora, já predomina a noção de que não há “nenhuma diferença significativa” na criação de crianças por casais gays. Finalmente, ele mostra que existe uma tendência crescente de afirmar-se que crianças “podem ser melhores se forem criadas por um casal gay”.

Embora existam pouquíssimas evidências que poderiam comprovar essa conclusão, defensores do casamento homossexual e da adoção gay declararam que isso já está provado. Segundo o professor Regnerus, o material mais famoso sobre esse ponto de vista foi publicado em 2010, assinado pelos cientistas sociais Judith Stacey e Timothy Biblarz, que afirmaram que pais homossexuais são iguais ou melhores do que as estruturas familiares tradicionais. O artigo já foi usado inclusive em tribunais norte-americanos em julgamentos de casos de adoção e raramente é questionado.

Os novos estudos de Regnerus foram desenvolvidos para reexaminar essa questão. Ele lembra que muitos estudos acadêmicos utilizam a chamada “técnica bola-de-neve”, que usam amostragens pequenas para fazerem projeções maiores. O problema com essa abordagem popular é que ela restringe as entrevistas a uma fatia do público que são muito próximos em termos de educação, renda e posição social, resultando em uma compreensão limitada.

Em busca de um novo padrão, Regnerus e sua equipe entrevistaram 15.088 pessoas. Destas, 175 pessoas foram criadas por um casal de lésbicas, e 73 que foram criadas por pais gays.

Regnerus afirma que as crianças do estudo raramente passaram a infância inteira na casa de seus pais gays e seus parceiros. Por exemplo, 57% das crianças passaram mais de 4 meses com mães lésbicas, mas apenas 23% passaram mais de 3 anos com elas. Por fim, Mark Regnerus buscou responder se crianças com os dois pais gays percebiam desvantagens quando comparadas com crianças criadas por seus pais biológicos.

Crianças com pais em relacionamentos homossexuais tiveram baixo desempenho em quase todos os quesitos. Um dado é particularmente preocupante: menos de 2% das crianças de famílias biológicas convencionais sofreram algum tipo de abuso sexual, mas o número correspondente às crianças de casais homossexuais é de 23%. Além disso, 14% das crianças de casais homossexuais passaram algum tempo em abrigos governamentais, comparado com 2% da média nos EUA. Os índices de prisão, uso de drogas e desemprego são bem maiores dentre filhos de casais homossexuais.

O estudo de Regnerus parece responder à questão hoje tão debatida, se crianças criadas por casais homossexuais são diferentes: está claro que sim. De fato, a maior conclusão do relatório não é de que famílias homossexuais sejam negativas, mas mais uma afirmação de que famílias biológicas pai-mãe são mais positivas.

Mesmo assim, Regnerus adverte que sabe das críticas que receberá e que seu estudo não tenta “minar os argumentos” de quem defende os direitos dos homossexuais, nem deseja ligar os resultados de adultos problemáticos unicamente à paternidade gay. Seu objetivo é gerar mais discussão e possíveis novas pesquisas sobre a parentalidade gay.

Traduzido e adaptado de Washington Times e National Review / Por Gospel Prime

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Homeschrolling: Famílias cristãs preferem educar os filhos em casa

Objetivo é mantê-los longe de ´inversão de valores éticos´ das escolas



Um grupo de famílias evangélicas na cidade mineira de Timóteo optou pelo ensino domiciliar, ou homeschooling, como forma de educar seus filhos. Adotada por cerca de 200 famílias no estado, a modalidade tem maior presença em Timóteo, onde 21 famílias são adeptas da educação domiciliar. A grande maioria dessas famílias é de cristãos evangélicos.

Segundo a Folha de São Paulo, todas as famílias da região que adotaram esse modo de educar se inspiram na história de sucesso da família de Cléber Nunes, que se autodeclara cristão, e cujos filhos, Davi e Jônatas, foram educados em casa e hoje trabalham como programador e web designer. Os jovens ganharam neste ano prêmios na área de inovação tecnológica que somam R$ 30 mil.

Uma das famílias que adotou o homeschooling é a do metalúrgico Hugleslei Vagner Mendonça Filho, 35, e sua mulher Fabrícia, 32, que neste ano retiraram as filhas Emily, 10, e Camila, 7, da escola. “Somos evangélicos e seguimos princípios bíblicos contrários ao que se ensina na escola, como o homossexualismo”, explicam. O casal rebate as críticas de que a privação do ambiente escolar é prejudicial para o desenvolvimento social das crianças afirmando: “Elas têm as amiguinhas da igreja e duas vezes por semana frequentam aula de natação”.

O administrador de empresas Glayson Fick Silva, 41, e sua esposa Mariana, afirmam que não matriculam a filha na escola por causa da inversão dos valores éticos e morais. Responsável pela educação da filha do casal Mariana, 31, formada em ciências biológicas, explica seus motivos para manter Emilly, de quatro anos, longe da escola: “Minha filha estudou um ano em uma escola que também tinha alunos maiores. Nesse período, uma menina ficou grávida, um aluno entrou com arma na escola e outro foi pego fazendo sexo oral no banheiro. Como vou entregar [para a escola] meu bem mais precioso?”.

“Nosso objetivo não é fazer como no sistema, decorar, marcar ‘xiszinhos’. Queremos que eles cresçam intelectualmente”, afirmaram o aposentado Gilberto Pereira Lana, 49, e a mulher Rilda, 40, que nesse ano também retiraram da escola os filhos Beth, 14, e Gabriel, 11, para educá-los em casa.


Fonte: Gospel + com informações Folha de São Paulo / Via: cpad news

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Guilherme de Pádua, agora evangélico, fala sobre sua conversão - Quinze anos após ser condenado pelo assassinato da atriz Daniella Perez o ex-ator Guilherme de Pádua concedeu uma entrevista ao jornal Correio falando sobre os momentos na prisão, a rejeição das pessoas e sua conversão ao Cristianismo.

Quinze anos após ser condenado pelo assassinato da atriz Daniella Perez o ex-ator Guilherme de Pádua concedeu uma entrevista ao jornal Correio falando sobre os momentos na prisão, a rejeição das pessoas e sua conversão ao Cristianismo.


Ex-ator Guilherme de Pádua (Foto: Divulgação/Revista Comunhão)



Obreiro na Igreja Batista, da Lagoinha, em Belo Horizonte, Guilherme ministrou um culto na Igreja Assembleia de Deus, no bairro Rochedo na noite de sábado (9).

“Entre seguir sair criminoso da prisão e ter uma mudança de vida, optei pela conversão, pelo caminho de Deus. A Bíblia também nos ensina que tem uma coisa, que é pior do que o pecado: a falta de arrependimento”, disse ele na entrevista segundo jornal correio.

Pádua comenta que passou muitos momentos difíceis nos 6 anos que esteve preso, que cada dia era muito diferente do outro, ele conta que saiu da prisão querendo “mostrar para as pessoas como um cara tão desviado e tendente às coisas vazias tornou-se tão apaixonado por Jesus Cristo”, afirmou.

O ex-ator conta que ainda sofre muita rejeição de algumas pessoas, que no início evitava sair de casa e que viveu situações desagradáveis de levar cuspida ‘na cara’. Ele relata que evita guardar estes momentos no coração e que se coloca no lugar das pessoas “talvez eu estaria fazendo a mesma coisa”.

Guilherme comenta que além das visitas de seus familiares ele recebia visitas de pessoas que faziam trabalho de capelania e que seu primeiro contato com a palavra de Deus foi no primeiro dia na prisão quando recebeu uma cesta de uma senhora com uma carta com uma mensagem de esperança e uma Bíblia.

Pádua relata que no início ele debatia com os “irmãos” que levavam a palavra de Deus e que queria mostrar sua opinião, mas que aos poucos foi deixando ser tocado pelas verdades que eles diziam.

Ele comenta que teve uma época em que sentia pena e preconceito dos evangélicos, mas que atualmente sabe que foi um grande engano pensar assim.

“Os evangélicos procuram seguir os valores, que trazem resultados positivos para a vida. Sinto muito pesar por não ter conhecido antes. Quando você crê em Jesus e na Palavra de Deus, recebe grandes bênçãos por seguir essa Palavra”.

O Guarda de Israel, com informções do Chistian Post

Guerra do Vietnã: 40 anos depois, garotinha famosa da foto conta como Deus mudou sua vida

40 anos depois da Guerra do Vietnã, menina da famosa foto conta como Deus mudou sua vida

 
Phan Thin Kim Phuc é personagem de um dos registros fotográficos mais famosos do mundo, a foto foi tirada há quarenta anos, em um vilarejo no Vietnã, durante o bombardeio aéreo feito pelos Estados Unidos. Kim, a garota que aprece nua na foto, tornou-se símbolo da dor da guerra em seu país.

Kim conta que sua infância era feliz até o trágico dia em que seu vilarejo fora bombardeado, simplesmente por estar na rota dos aviões que se dirigiam à capital do Vietnã do Norte. Ela sofreu queimaduras de terceiro grau com Napalm (líquidos inflamáveis à base de gasolina em gel) lançado pelos aviões, mas, mesmo assim sobreviveu, após 14 meses internada e após passar por 17 cirurgias: “Napalm é a dor mais terrível que você pode imaginar”, contou Kim.

Mas, mesmo com as marcas em seu corpo, Kim não deixou de sonhar, ela voltou a estudar com a intenção de se tornar médica, porém foi impedida pelo governo do Vietnã por ser um “Símbolo nacional de guerra”, assim, ela teve que deixar a escola e voltar à sua província.

Durante anos ela tentou se livrar das lembranças, mas o governo a usava para mostrar os fatos da guerra, “Centenas de entrevistas em todo o mundo se seguiram com a realeza, primeiros-ministros, presidentes, bem como papéis de filmes de propaganda”, conta Kim. “Por que eu? Por que isso aconteceu comigo?”, questionava a jovem, “Eu estava vivendo com raiva, com rancor, e eu via minha vida como um fardo. Eu odiava minha vida. Eu não queria mais viver”, revela.

Foi no meio de tantos questionamentos e dúvidas que Kim foi alcançada por Deus, proibida de ir à escola, ela começo a frequentar uma biblioteca, onde encontrou uma Bíblia e começou a ler, “Eu não conseguia parar de ler”, relata. Aos 19 anos, querendo conhecer mais sobre o Deus sobre o qual lia, Kim procurou uma igreja, onde ouviu o evangelho pela primeira vez. Lá ela conheceu a Jesus e perguntou a Ele, “Você me perdoa?”. A partir desse dia a vida da jovem Kim mudou, ele descobriu a fé, a esperança e começou a confiar em Deus.

Hoje Kim e casada e mãe de dois filhos, atualmente ela mora no Canadá, onde é membro de uma igreja Batista. Há 15 anos ela é embaixadora da Boa Vontade da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura).



A evangélica Phan Thin Kim Phuc nos dias atuais




O guarda de Israel, Com informações do Gospel+

Lista das 10 postagens mais populares desde à criação do Blog

Pegue uma Bíblia e descubra Como ir para o Céu

O plano de Deus para a sua salvação

Primeiro você precisa saber:

1) Boas obras não salvam (Efésios 2:8,9 / João 14:6 / Tito 3:4-7)

2) Todos pecaram inclusive você (Rom 3:23)

3) E por isso todos estão indo para a morte eterna (o Inferno) (Rom 6:23)

4) Mas Deus nos amou tanto que enviou Jesus Cristo para nos salvar (João 3:16 / João 14:6 / Romanos 5:8 / Lucas 5:32)

E assim se você...

1) ... se arrepender e confessar que é pecador, (2 Cor 7:10 / 1 Jo 1:9)

2) ... crer que Jesus é o Filho de Deus (Rom 10:9)

3) ... e pedir a Ele: “Jesus me perdoa, me salva! (Rom 10:13 / Lucas 23:33-43)

Então você será salvo!

1) Todos os seus pecados serão perdoados e lavados pelo sangue de Jesus (I João 1:7 / Marcos 1:40-42)

2) Você terá vida eterna no céu com Deus (João 3:16 / João 14:2-6)

3) A salvação não se perde jamais (João 10:27-30)

“Eis aqui agora o dia da salvação” (2 Cor 6:2)

Ninguém sabe quanto tempo vai viver, não adie a maior decisão que você tem a tomar na vida. Converse com Deus em uma oração simples, se arrependa, confesse, creia e clame “Jesus me perdoa, me salva, me lava, me transforma!” E assim você poderá ter absoluta certeza da salvação.

Fonte: Editora Elim – www.editoraelim.com.br – (21) 2415-7923

FOLHETO: ESTA FOI A SUA VIDA!

VOCÊ TEM UM TEMPINHO PARA VER?

PAÍSES QUE PASSARAM POR AQUI: QUASE 160

free counters