PARCERIA MEUSLINKS

Siga Também no Google+

Gostou do blog? Então Participe!

Top 5 Postagens Mais Populares da Última Semana

sábado, 31 de julho de 2010

Cristãos são agredidos após visita de oração

ÍNDIA (26º) - Um grupo de radicais hindus tacaram um evangelista e um cristão que viajava com ele durante uma visita ministerial na terça-feira, 20 de julho de 2010, no vilarejo de Balaghat, em Madhya Pradesh, Índia. De acordo com o site da Global Council of Indian Christians, o incidente ocorreu quando o evangelista Mahendra Kharole, 20, e o cristão Munshi Prasad Bahe, 30, iam orar por uma família do vilarejo. Enquanto eles voltavam para casa, por volta das 23h30, seis pessoas em bicicletas os pararam e os acusaram de converter pessoas à força. A agência de notícias relata que os radicais hindus começaram a golpear os cristãos. Munshi Prasad Bahe ficou inconsciente após um ferimento na cabeça, e Mahendra Kharole feriu sua mão direita. Os cristãos registraram uma queixa contra os agressores na delegacia mais próxima. Tradução: Missão Portas Abertas Fonte: ANS / Portas Abertas

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Irmão do goleiro Bruno processará o Estado

O irmão do goleiro Bruno, Rodrigo Fernandes das Dores de Sousa, de 23 anos, esteve, na manhã de hoje, no programa 'Bom Dia Meio Norte' após ter sido preso acusado de tentativa de estupro de uma ex-namorada na cidade de Peritoró (MA). Ele foi preso na noite do dia 15 de julho em sua residência em Campo Maior (82 km de Teresina), onde mora e trabalha como gari, e foi levado para a Comissão Investigadora do Crime Organizado (Cico), na capital piauiense. Rodrigo Fernandes recebeu alvará de soltura, mas o processo contra ele continua. Ele diz estar apreensivo pois não sabe se vai continuar com seu emprego de gari. “A minha imagem ficou totalmente acabada e agora eu não sei como vou ficar, já que moro de casa alugada e corro risco de perder meu emprego”, declarou Rodrigo Fernandes. Seu advogado, Odonias Leal, diz que o mandato de prisão foi correto, mas o que não foi correto no caso da prisão de Rodrigo foi a abordagem dos policiais em relação a ele. “Me causa indignação a forma como Rodrigo foi algemado, a polícia sabe seu papel e deve o fazer bem, sem excesso. O Estado vai responder pelos excessos dos seus agentes públicos e esses vão ter que perceber as consequências de seus atos. Temos que entender que a prisão de um ser humano não pode ser usada como troféu”, disse Odonias Leal. O advogado lembra ainda que as algemas devem ser usadas quando o acusado reage à prisão, tenta fugir ou se auto-flagelar, o que não foi o caso de Rodrigo Fernandes. “Ele teve mãos e pés algemados, teve que dormir naquela posição, isso é tortura”, afirmou Odonias Leal. Rodrigo Fernandes diz que está a disposição da justiça e agradeceu a ajuda dos amigos e a oportunidade que a TV Meio Norte o proporcionou de estar se explicando. “Estou abatido e quero dizer que em relação ao caso do meu irmão Bruno eu prefiro o silêncio, porque não estou mais acompanhando de perto”, relata. por Samara Costa (portal Meio Norte) Rodrigo Fernades dormiu algemado quando foi preso. Foto de Rodrigo algemado: Efrém Ribeiro Fonte: Meio Norte

Jovem cristão é preso por possuir um exemplar do Novo Testamento

IRÃ (2º) - Um cristão iraniano está sendo mantido na prisão de Evin somente por possuir uma Bíblia. O fato foi revelado pelo pai de Ali Golchin, em uma conversa telefônica com a rádio Voice of America (VOA). O pai de Ali contou que a única razão de seu filho estar na prisão é porque encontraram um Novo Testamento em sua casa, e ele ficou surpreso com o fato de que possuir uma Bíblia é compreendido como um crime grave. De acordo com a Farsi Christian News Network (FCNN), Ali Golchin, um químico de 29 anos, foi preso na cidade de Varamin, ao sul de Teerã, e está na solitária há mais de dois meses. Ali é um cristão de língua farsi, e trabalha na Igreja local. A FCNN disse que Ali foi submetido a duros interrogatórios durante esse período. A família de Ali está sendo ameaçada pelo governo, e alertada a não possuir um advogado ou entrar em contato com organizações internacionais. Ali ainda não foi acusado de nenhum crime. A rádio Voice of America (VOA) realizou uma entrevista telefônica com o pai de Ali, Mohsen Golchin. O representante da VOA começou perguntando a Mohsen sobre as circunstâncias envolvendo a prisão de seu filho. “Meu filho foi preso no dia 29 de abril de 2010. A razão de sua prisão foi a descoberta de um Novo Testamento no porão de nossa casa. Foi por isso que eles o prenderam. Eu sou cristão, e meu filho nasceu em uma família cristã. Eu quero saber por que é crime possuir um Novo Testamento. Os oficiais do governo revistaram minha casa e, além do Novo Testamento, ainda levaram outros livros pessoais”. “As únicas informações que tenho sobre meu filho é que ele está sofrendo de solidão, e ainda é mantido longe dos outros prisioneiros, em uma solitária. Durante esses meses, só pude visitá-lo por 10-15 minutos”, conta Mohsen. “Eu não sabia que possuir uma Bíblia era um crime no Irã, mas as autoridades nos acusaram de tentar converter muçulmanos através da distribuição de Bíblias, o que é considerado crime. Eu expliquei que essas Bíblias não eram para distribuir nas ruas, somente para presentear os membros da Igreja”. “Não pudemos pedir um advogado, já que meu filho não foi formalmente acusado de nada. No entanto, ele foi submetido a diversos interrogatórios”. “Espero que o Ministro da Justiça se coloque em meu lugar. Meu filho é inocente. Ele não se envolveu em nenhum problema político ou ilegal. Nossa religião é sancionada no país e queremos tolerância e respeito.” Tradução: Missão Portas Abertas Fonte: ANS / Portas Abertas

Igrejas evangélicas se multiplicam no Brasil e na América Central e ameaçam a tradicional hegemonia católica

Evangélicos durante evento Em El Salvador, evangélicos já são mais de 38%. O Brasil já disputa com Alemanha, África do Sul e Nigéria, o terceiro lugar no ranking dos países com mais protestantes do mundo. O protestantismo avança na América Latina. Não há estatísticas consolidadas, mas em El Salvador, segundo uma recente pesquisa do Iudop (instituto ligado à Universidade Centro-americana, jesuíta), os que se declaram protestantes hoje representam mais de 38% da população - em 1988 eram apenas 16%. E no resto do continente, com exceção do México, pelo menos uma em cada dez pessoas é protestante. Em alguns casos, como na Guatemala, se anuncia que o país será em breve majoritariamente evangélico. Embora na América Central a tendência seja pronunciada, os dados também falam por si mesmos ao sul do Panamá. Até 1960, no Brasil os protestantes sempre haviam se mantido abaixo de 5%. Mas nos anos 90 a proporção passou de 9% para 15,4%. E hoje, com cerca de 30 milhões de evangélicos, os brasileiros disputam com Alemanha, África do Sul e Nigéria o terceiro lugar no ranking dos países com mais protestantes do mundo, liderado por EUA e Reino Unido. O protestantismo histórico, o de Lutero, o de Calvino ou o anglicano, sempre foi muito minoritário na América colonial, e só começou a se enraizar no início do século 20, com o "revival" [renascimento] norte-americano e a expansão das Igrejas pentecostais. Mas a que se deve uma mudança tão considerável em um continente que durante séculos foi majoritariamente católico? Samuel Rodríguez, diretor da maior organização hispano-evangélica dos EUA, a Conferência Nacional de Liderança Cristã Hispânica (NHCLC na sigla em inglês), apresenta três motivos: que para se converter "não é preciso mudar sua cultura porque o Evangelho pode entrar com qualquer sotaque; que a Igreja Evangélica propõe "uma relação pessoal com Deus, sem burocracia religiosa"; e que, diante das ditaduras, "a religião ofereceu a liberdade". O antropólogo salvadorenho Carlos Lara afirma que em seu país a ascensão do protestantismo "tem a ver com a guerra" e, embora somente em parte, também com uma certa "reação apolítica à Teologia da Libertação". Mas para Lara o fundamental é a mudança sociocultural. Outro baluarte evangélico é seu papel social: centros de reabilitação para drogados, apoio nas prisões, colégios... Mas não atuam só em grande escala. As Igrejas evangélicas "funcionam como microssociedades nas quais os níveis de ajuda mútua são muito fortes", explica Lara. Há quem chegue a atribuir ao protestantismo um certo efeito de ascensão social. Mas o antropólogo americano David Stoll, autor em 1990 do premonitório ensaio "A América Latina Está se Tornando Protestante?", mostra-se cético: "Passar quatro noites na igreja, em vez de bêbado na rua, melhora a alimentação das crianças e promove relações familiares mais adequadas. Mas não se pode demonstrar que tornar-se evangélico melhore sua posição social". Diante da perda de fiéis, Crisóforo Domínguez, da Conferência Episcopal Latino-Americana, opina que, mais que um erro, a Igreja Católica cometeu um "pecado de omissão". De fato, perguntados sobre a visita de Bento 16 ao Brasil em 2007 - interpretada na época como uma forma de conter as conversões evangélicas -, o veredicto dos acadêmicos consultados por "El País" foi unânime: de nada serviu. Samuel Rodríguez não duvida de que até o final do século o continente será "majoritariamente evangélico". Mas nem todos veem isso tão claramente. O teólogo espanhol José Casanova, professor em Georgetown, indica que "as projeções não estão se realizando". E o sociólogo brasileiro Antonio Pierucci indica que "havia muitos católicos dispostos a abraçar uma religião mais exigente em termos de comportamento e dedicação. Inclusive no aspecto monetário. Mas nem todos", diz, e "isso definirá o teto". Projeções estatísticas à parte, ninguém dá demasiada importância às consequências. Samuel Rodríguez acredita que "os valores [evangélicos e católicos] são os mesmos". Tanto que os compara com "uma Pepsi e uma Coca-Cola". Pierucci, por sua vez, descarta uma mudança cultural: "O grande problema é que os evangélicos proíbem o álcool, então depois de um casamento bebem água ou suco de frutas. Sabe quanto dura uma festa dessas?", pergunta com ironia. O que parece evidente é que a óptica evangélica reserva para a mulher um papel social de maior destaque. "Esse é um aspecto muito importante", diz José Casanova. "E não tanto pelos pastores - que podem ser mulheres nas Igrejas protestantes -, como pela frequência feminina, que contrabalança o machismo." Também há quem veja certa americanização cultural, mas Casanova aponta que, em todo caso, a influência será bidirecional. "Nos EUA, em longo prazo, haverá um deslocamento pró-democrata do voto evangélico hispânico." Rodríguez confirma que, até a chegada da lei de imigração "racista" do Arizona, "a população latina estava decidida a votar republicano". Outro efeito da ascensão do protestantismo, segundo Casanova, é a "renovação" católica: "No Brasil os carismáticos - com práticas cerimoniais semelhantes às de alguns evangélicos - representam mais de 20%". Rodríguez aponta inclusive para a política: "Muitos líderes de sucesso falam de redenção e de Jesus". Até "a fraseologia de Hugo Chávez é evangélica", ele diz. E o Twitter parece lhe dar razão. Depois de abrir a tumba de Bolívar, o presidente venezuelano "tuitou": "Meu Deus, Meu Deus. Meu Cristo, nosso Cristo! Enquanto rezava em silêncio vendo aqueles ossos, pensei no senhor". Fonte: Amigo de Cristo

Afinal, Michel Temer é mesmo Satanista?

Muitos atualmente fazem esta pergunta. Tanto que até o Google já faz a associação do seu nome com a palavra satanismo quando você procura informações sobre ele. Porém acompanhe neste artigo informações sobre onde, como e porque surgiu isto e tire suas próprias conclusões diante dos fatos Afinal, Michel Temer é mesmo Satanista?

O Teólogo brasileiro Mariel Márley Marra, formando pelo Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, crítico da Literatura Evangélica e Colaborador do Portal Lagoinha.com. acredita que não há ligação entre Michel Temer e Daniel Mastral, ex-satanista e autor dos livros: Filho do fogo, Guerreiros da Luz e Voz do que Clama no Deserto.

Veja na íntegra o artigo que Mariel M. Marra publicou em seu site Guerreiros da Luz:

Quem é Michel Temer?

Michel Miguel Elias Temer Lulia nasceu em Tietê (SP), no dia 23 de setembro de 1940. Sua família, católica, imigrou de Betabura, na região de El Koura, Norte do Líbano, em 1925. Temer é formado em Direito pela tradicional Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP). Doutorou-se pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo e dirigiu o curso de pós-graduação da Faculdade de Direito da PUC-SP.

Iniciou a carreira política como oficial de gabinete de seu ex-professor Ataliba Nogueira, secretário de Educação de Adhemar de Barros. Michel Temer foi procurador-geral do Estado em 1983 e deixou o cargo para ser secretário de Segurança Pública de São Paulo.

Elegeu-se deputado constituinte pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) e participou ativamente da Assembléia Nacional Constituinte, tendo se destacado pela posição moderada, sóbria e pelo grande conhecimento de direito constitucional. Após a Constituinte, foi reeleito deputado federal e já exerce o seu sexto mandato – todos pelo PMDB.

Foi escolhido três vezes presidente da Câmara dos Deputados, em 1997, 1999 e 2009 e em 2010 Michel Temer lançou-se como candidato a Vice-Presidente na chapa de Dilma.

Suposta ligação com o Satanismo

Na edição 34 (Julho/2009) da Revista Rolling Stone Brasil, Temer foi entrevistado como sendo o possível vice da Dilma e por fim respondeu a seguinte pergunta: “Há sites evangélicos que afirmam que o senhor é satanista. Tem conhecimento disso? Sim, tenho conhecimento. Falei com vários evangélicos. Eles acham uma loucura. Na internet dizem que sou filho de Satã, que me filiei a uma corrente satanista. Deve ser coisa de algum inimigo meu.”

Parte desse rumor deve-se a um e-mail de origem desconhecida que circulou na internet em Março de 2009 dizendo que Neuza Itioka, líder evangélica do Ministério Ágape Reconciliação, conhecida por ministrar seminários de Batalha Espiritual no meio evangélico brasileiro, estava sendo ameaçada por Michel Temer; Nesse e-mail encontra-se a afirmação que Michel Temer juntamente com Sarney, Dantas, Dirceu e até Kassab são satanistas, sendo dito também que Michel Temer seria o pai de Daniel Mastral, o polêmico escritor de livros evangélicos e suposto ex-satanista de uma poderosíssima organização satânica secreta, chamada de Irmandade.

Sabe-se entretanto que logo após a circulação desse e-mail entre os evangélicos, a autoria dele e seu conteúdo foi negado pelo Ministério Ágape Reconciliação, o qual em nota divulgada em seu site oficial disse se tratar de boato usando o nome da Dra. Neuza Itioka. Infelizmente essa nota já foi retirada do site, contudo ainda é possível encontrar no Google um vestígio dela.

Neuza Itioka e Daniel Mastral possuem desde 1998 uma relação de afinidade, uma vez que foi ela quem o apresentou como sendo ex-satanista de uma poderosíssima organização satânica. Entretanto sabe-se que ultimamente ela não presta mais apoio ao ministério do Mastral.

O real motivo para tal separação ministerial entre eles não se sabe oficialmente, pois ambas as partes preferem se silenciar sobre o caso, contudo de fato Mastral não conta mais com o apoio ministerial de Neuza Itioka e não se nota mais entre eles aquela indicação recíproca que havia antes.

Isso não quer dizer que são inimigos e que agora se odeiam. De forma alguma, mas isso também não é sem razão. Daniel Mastral, cujo nome real é Marcelo Agostinho Ferreira, tem sido questionado pela Igreja quanto a veracidade do seu testemunho publicado em seus livros.

A exemplo de Davi Silva, ex-vocalista do Ministério Casa de Davi, que criou, se apropriou e mentiu a respeito do seu testemunho de vida e recentemente veio a público para pedir perdão, suspeita-se também que os livros de Daniel Mastral sejam uma mistura de ficção com realidade.

Para fundamentar tais suspeitas, algumas pessoas que conhecem de perto tudo isso, elas prestaram depoimento público no site de relacionamentos Orkut, sendo isso do conhecimento de todos que acompanham tais comunidades.

Para aqueles que possuem acesso a este site de relacionamentos orkut, ali poderão conhecer o testemunho da “Camila”, a ex-noiva do Mastral, citada com este pseudônimo por Mastral em seus livros.

Eu, juntamente com mais duas pessoas, a conhecemos pessoalmente em julho/2009, no Anhagabaú em SP. E segundo ela publicou no orkut e nos relatou pessoalmente, Mastral é filho do mesmo pai que seus outros irmãos, o sr. Laércio Bastos Ferreira (in memorian).

“Camila”, que possui ainda contato com a mãe do Mastral, a sra. Regina Agostinho Ferreira, ela diz que segundo a própria mãe dele, trata-se de um completo absurdo o filho publicar um livro dizendo que ela adulterou e que para piorar isso aconteceu com um satanista.

De acordo com “Camila”, a mãe do Mastral não entende porque o filho está fazendo isso com ela, sendo que desde a publicação desses livros ela deixou a igreja por vergonha e atualmente faz tratamento psicológico.

Desse modo presumi-se ser inverdade a afirmação que Mastral faz a respeito de sua paternidade advir de um suposto satanista na política, que no livro ganha o pseudônimo de “Marlon”; Sendo que nesse caso compete ao Mastral provar suas afirmações contra sua mãe demonstrando que verdadeiramente não é filho do mesmo pai que seus irmãos. E isso pode ser feito atualmente por meio de exame de DNA, onde o pai é falecido ou ausente, sem a necessidade de exumação de cadáveres.

É verdade que Mastral não apresenta nomes reais, nem tão pouco afirma ser Michel Temer seu pai biológico fruto do suposto adultério de sua mãe, mas valendo-se de uma certa semelhança física e também que em nos seminários do Mastral ele chega a dizer que o símbolo do partido político do “Marlon” apresenta um foguinho (símbolo do PMDB) e que o mesmo faz aniversário no final de Setembro, que é uma data importante para os satanistas (23/09), tudo isso então induz e leva as pessoas a concluírem por conta própria que o suposto pai satanista de Daniel Mastral se trata de Michel Temer.

É preciso dizer com toda honestidade que até o momento não existe materialidade para afirmar que Michel Temer é satanista, exceto tudo isso que ora apresentei.

É verdade que Temer tem sido citado como sendo membro da Maçonaria, contudo é bastante temerário afirmar que o mesmo seja satanista e muito menos fazer isso baseando-se num escritor que afirma ser filho de um satanista político, faz isso sem apresentar prova concreta alguma de suas afirmações, entrando inclusive em contradição com sua mãe; E também não é possível dizer que Temer seja satanista baseando-se num e-mail que foi classificado como boato pelo próprio Ministério Ágape Reconciliação de Neuza Itioka que disse ter seu nome envolvido indevidamente.

Conclusão

Quero deixar claro que diante dos fatos noticiados cada um deve tirar sua própria conclusão e eu não tenho por objetivo propor voto em Dilma, nem tão pouco ser o advogado de Michel Temer, até mesmo porque não possuo sua procuração pra isso; Ademais ele é doutor na área e bem pode fazer isso sozinho sem precisar da ajuda de um teólogo e simples bacharelando em Direito.

Outrossim é importante também dizer que devemos ter muito cuidado com os discursos religiosos que tentam legitimar ideologias e convicções políticas. Aproveito e trago a memória de todos o discurso religioso dos grandes evangelistas na época da guerra fria no final do Sec. XX, os quais afirmavam categoricamente que o comunismo era do diabo e que comunistas comiam criancinhas. Muitos usam a religião para justificar ideologias políticas.

No Brasil vivemos um Estado Democrático de Direito e pela Graça de Deus temos condições de votar e eleger diretamente nossos políticos; Logo vamos fazer isso sem ceder a pressão de discursos religiosos de líderes que acabam pintando uns como “diabólicos” para que outros sejam vistos como “guerreiros da luz” e assim sejam eleitos pelos evangélicos.

Sob pretexto algum vamos permitir que a Igreja seja usada como curral eleitoral. Não somos massa de manobra!

Quero também lembra-los que infelizmente ainda circula na internet um outro e-mail boato dizendo que no Congresso Nacional tramitam leis contra a liberdade religiosa Igreja. Saibam que o conteúdo deste e-mail é mentiroso e absurdo. Eu mesmo pesquisei e a maioria dos supostos projetos de leis que dizem estar tramitando não existe, outros não tratam do que dizem estar tratando.

Portanto isso sim que é coisa de satanista, afinal o pai da mentira é satanás e quem a usa torna-se filho dele! Isso sim deve ser repudiado pela Igreja, afinal nada justifica o uso da mentira entre cristãos e filhos de Deus. Nem mesmo quando os objetivos são nobres, justos e plausíveis.

Saibam todos que Deus é Deus e que satanista algum tem autoridade se do alto não lhe for concedida. Ademais, as escrituras vão se cumprir e o relógio de Deus não será atrasado por mais que a igreja pense estar oferecendo resistência para a vinda do filho da perdição. O dia e a hora somente Ele sabe, mas a verdade é que tudo já está marcado na agenda de Deus e que ninguém mudará isso.

Sendo assim, recomendo a todos que façam aquilo que Ele nos ordenou. Preguem o evangelho a toda criatura, afinal esta sim é a sua missão.

Oro para que nesse tempo haja clara separação entre luz e trevas, entre aquele que serve a Deus e aquele que não serve a Deus, pois não acredito que alguém possa servir a Deus por meio da mentira e meias verdades manipuladoras, as quais estão sendo legitimadas através de discursos falsos que colocam o objetivo do pecado como sendo a salvação das pessoas!

A pessoa pode ganhar o mundo inteiro e perder a própria alma, afinal as pessoas são salvas tão somente pela Graça, que é o favor imerecido de Deus, onde não quer dizer que Ele esteja aprovando o uso da mentira. Em hipótese alguma Deus aprova a mentira, mesmo que ela seja utilizada para atrair pessoas para Cristo ou tomarem uma atitude supostamente correta, tal como votar neste ou naquele político de Deus.

Volto a repetir que nada, absolutamente nada explica, justifica ou legitima o uso da mentira!Portanto se alguém é satanista, então que isso seja exposto com base em fatos reais. Se alguém merece ser eleito nessas eleições, então que seja eleito com base em sua capacidade político-administrativa e não porque é um “irmão ou irmã” ou porque foi “profetizado” sobre ele. Igreja não é curral eleitoral! Lembre-se disso!


Com informações do Guerreiros da Luz / Creio / via Ogalileu  
ATENÇÃO:  LEIA TAMBÉM OS COMENTÁRIOS. PODE SER ESCLARECEDOR.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Bebê morre após ser submerso três vezes durante batismo na Moldávia

Um padre da Moldávia está sendo investigado pela morte de um bebê que se afogou após ter sido submerso três vezes durante a cerimônia de batismo. Confira video da reportagem feita pelo R7 no final do post…Familiares acusam o padre, Valentin Taralunga, da Igreja Católica Orotodoxa, de negligência ao prosseguir com a cerimônia apesar dos sinais de que a criança, de um ano e meio, estava se afogando na pia batismal. Médicos da capital moldávia, Chisinau, diagnosticaram que o bebê morreu por afogamento. O padre está sendo investigado por homicídio culposo, punível com até três anos de prisão. Ao prestar depoimento, o padre Taralunga negou as acusações e disse que obedeceu aos cânones religiosos que ensinam sobre a cerimônia de batismo. A família repassou à polícia um vídeo amador do momento em que o religioso submerge a criança na água. O conteúdo do vídeo foi divulgado pelas TVs locais. Entretanto, os investigadores que trabalham no caso disseram a uma delas, a Publika TV, que ainda é cedo para chegar a uma conclusão. Na cerimônia católica ortodoxa, os padres tampam o nariz e a boca das crianças durante os curtos instantes em que elas são submergidas na água benta. Um porta-voz da Igreja moldávia disse não recordar de semelhante episódio na história religiosa do país. Logo após a imersão na água, o bebê é visto com dificuldades de respirar. Segundo testemunhas, minutos depois a criança começou a espumar pela boca e sangrar pelo nariz. Levado para ser socorrido, o bebê morreu a caminho do hospital. O diagnóstico da morte foi ocorrência de água nos pulmões. Assista o video da Reportagem: Com informações das fontes: BBC Brasil / video do You Tube com reportagem R7 / Inforgospel Via / Amigo de Cristo

Falece querida irmã indonésia

INDONÉSIA (48º) - Quem acompanha as notícias da Igreja Perseguida há algum tempo certamente se lembra do caso das três professoras de escola dominical da Indonésia que foram presas e condenadas por evangelizar crianças muçulmanas. Elas ficaram na cadeia de maio de 2005 a junho de 2007. Uma delas, a Ratna, faleceu anteontem, em decorrência de lúpus. Oremos pela família. Ela deixou o marido e dois filhos, um de 11 anos e outro de 6. Nós aqui da Missão acompanhamos muito de perto esse caso, que ocupou várias páginas da revista, em diferentes edições. Abaixo, uma declaração feita por ela enquanto estava presa: “Antes, eu estava sempre rodeada por irmãos em Cristo. Agora vivo entre pessoas não convertidas. Percebi como é difícil compartilhar o amor de Deus e a minha própria vida com eles. Também é muito difícil ficar longe dos meus filhos e do meu marido. Mas eu estou grata porque o fiel amor de Deus nunca me deixou. Deus me ajuda em todos os momentos. A segunda coisa que me faz pensar é que quando Jesus multiplicou os pães e os peixes para alimentar 5 mil pessoas, Ele transformou nada em alguma coisa. Eu me sinto como pães e peixes insignificantes. O sofrimento que estou passando não é nada comparado com o que outros cristãos ao redor do mundo estão enfrentando. Como o pão, eu fui partida para me tornar uma bênção para muitas pessoas. Estou sendo transformada nesse lugar. Por último, a prisão é uma escola de fé. É aqui que luto pela minha fé, de modo a fazer parte do plano de Deus. Não é uma coincidência que eu esteja aqui na prisão.” Para quem quiser saber mais ou recordar como foi o reencontro dela com a família, logo depois de sua saída da prisão, clique aqui. Tradução: Cristina Ignacio Fonte: Portas Abertas

terça-feira, 27 de julho de 2010

Chico Anysio: 'Deus? Que Deus. Eu prefiro ficar sozinho'

Humorista escreveu um texto em seu blog afirmando que casos como de Rafael Mascarenhas fazem com que ele seja ateu Chico Anysio: 'Deus? Que Deus. Eu prefiro ficar sozinho' Chico Anysio não conseguiu ficar quieto ao ver Rafael Mascarenhas, filho de Cissa Guimarães, morrer após ser atropelado. O humorista e amigo da atriz usou seu blog para comentar o assunto e se mostrou revoltado com o acidente. “Mas e então? Que Deus é este que deixa que morra um menino de 18 anos, à espera de começar seu caminho na vida e deixa vivo e solto o animal que o atropelou, o débil mental que faz de um túnel uma pista de corrida e simplesmente arranca da vida um ser bonito, jovem, ansioso por começar a viver, filho de uma mãe maravilhosa, como colega, como amiga e como pessoa?”, escreveu. Chico cita ainda o caso Bruno, as crianças que passam fome na África e os conflitos no Oriente Médio para dizer que essas coisas fazem com que ele seja ateu. “Deus é onisciente? Então ele sabia que o Rafael teria que morrer naquele dia, naquela hora e daquele modo. Sendo assim, meus amigos eu deixo à disposição de todos a minha parte de Deus porque se Ele tem e é tantos ‘onis’ e o mundo está como está, eu prefiro ficar sozinho”, disse. Rafael Mascarenhas, 18, morreu na manhã de terça (20). O rapaz andava de skate em um túnel interditado do Rio quando dois carros furaram o bloqueio para, supostamente, fazer um racha. O menino foi atropelado, passou por cirurgia, mas não resistiu. Com informações da Abril / Pavablog / Ogalileo

Enfermeira cristã é violentada por médico muçulmano

PAQUISTÃO (14º) - Uma enfermeira ficou inconsciente após um médico muçulmano tê-la estuprado e jogado do quarto andar do hospital em que trabalhavam.
A enfermeira, ainda estagiária, disse para a imprensa e grupos de direitos humanos que diversos muçulmanos, liderados pelo doutor Abdul Jabbar Meammon, a estupraram e jogaram seu corpo inconsciente do quarto andar do hospital Jinnah Postgraduate Medical Center (JPMC) para impedir que ela revelasse o abuso.
 Meammon, que assumiu uma sala na ala feminina do hospital, tem um histórico de abuso contra enfermeiras cristãs, afirma um administrador do hospital.

A doutora Seemi Jamali, chefe da Emergência, disse que Meammon foi suspenso do hospital sete vezes por beber no trabalho e outros maus comportamentos, e ele estava bêbado quando agrediu Ashraf. Médico no IML do hospital, cuidando das autópsias, Meammon ocupava um quarto na ala feminina do dormitório do hospital, conta Jamali.
Ela acrescentou que Meammon é uma figura influente, apoiado por um partido político em Karachi. Magdalene Ashraf, estudante do terceiro ano de enfermagem, ficou inconsciente durante 56 horas, enquanto os cirurgiões batalhavam para salvar sua vida.
Ainda em condições críticas, ela deu um depoimento para a polícia no dia 19 de julho. No mesmo dia, ela conversou com um advogado, relatando o estupro e a agressão.
A polícia apenas acusou Meammon e seus cúmplices com tentativa de assassinato. No entanto, um relatório médica confirmou que Ashraf foi estuprada por Meammon e mais cinco homens.
Um dos familiares de Ashraf disse que eles continuam a receber ameaças de Meammon.

Tradução: Missão Portas Abertas

Fonte: Compass Direct / Portas Abertas

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Aumenta a violência contra crianças acusadas de feitiçaria na África, diz Unicef

O número de denúncias de abusos cometidos contra crianças acusadas de bruxaria está aumentando na África subsaariana, diz o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). O fundo diz que crianças, especialmente entre 8 e 14 anos, vêm sendo queimadas, espancadas ou até mortas como punição. Os grupos mais vulneráveis são crianças de rua, albinos e portadores de deficiência, segundo um novo relatório. A agência diz que o aumento no número de casos estaria ligado a maior urbanização e recentes guerras no continente. Outro fator seria o custo crescente para criar crianças, segundo a Unicef. Exorcistas Crianças têm gasolina colocada sobre seus olhos e ouvidos como forma de exorcisar “espíritos malignos” que curandeiros alegam os estar possuindo. O problema estaria sendo aumentado também pelo aumento no número de pessoas que cobram para praticar exorcismos. Há relatos de um homem preso na Nigéria após cobrar mais de US$ 250 por cada procedimento. A Unicef diz que a bruxaria infantil é um fenômeno relativamente novo na África. Até 10 ou 20 anos atrás, mulheres e cidadãos idosos costumavam ser os acusados. A agência diz que não tenta erradicar a prática mas alerta que violência contra crianças é errado. Fonte: BBC Brasil / O Verbo

Revista italiana mostra padres em festas gay em Roma

Três padres católicos foram denunciados por manter relações homossexuais e filmados em locais gays em Roma, em festas com garotos de programa e durante encontros sexuais com parceiros ocasionais, anunciou nesta quinta-feira (22) a imprensa local. A investigação, antecipada pela mídia italiana, será publicada na revista Panorama sob o título “As bravas noites dos padres gays”. A reportagem mostra que durante 20 dias um repórter se infiltrou, junto a um cúmplice homossexual, em festas de sacerdotes que “conduzem uma surpreendente vida dupla”. A publicação afirma ter descoberto “numerosos casos” de padres que mantêm uma vida homossexual paralela, e ter encontrado “três em particular”. Para a produção da reportagem, o jornalista e seu colaborador marcaram alguns encontros com os padres. O primeiro deles foi conseguido através da internet em 2 de julho deste ano, dando início às filmagens. De acordo com a Panorama, um dos sacerdotes rezou uma missa em cima de uma mesa de sua própria casa, na presença do repórter, com a qual a revista sustenta ter verificado que o homem era “efetivamente um padre”. Outro dos envolvidos foi filmado fazendo uma celebração em uma igreja não muito distante de seu apartamento. A aproximação com o terceiro padre ocorreu por meio de uma sala de bate-papo homossexual. O encontro entre eles foi realizado “diante da igreja de uma missão católica”. A denúncia acontece alguns dias depois que o Vaticano anunciou que intensificaria as regras que visam a coibir a ocorrência de abusos sexuais entre membros do clero, tornando-as as mais rígidas. A partir do segundo semestre de 2009, vários sacerdotes da Igreja Católica passaram a ser alvo de denúncias de crimes desse tipo, a maioria delas contra menores, em diversos países, entre eles a Itália. Na época, houve pronunciamentos que relacionavam as ocorrências de pedofilia entre padres ao homossexualismo, em contraposição às críticas que pediam o fim do celibato para impedir a disseminação dos delitos contra crianças — postura que foi duramente repudiada por organizações de defesa dos direitos dos gays. Padre flagrado com garoto de programa na cama Fonte: R7 / O Verbo

Exagero: Lula compara Dilma a Jesus Cristo

Durante comício em Garanhuns (PE), o presidente Lula exagerou: associou a candidata Dilma Rousseff a Jesus Cristo. “Essa mulher foi barbaramente torturada. Não existe nada mais grave que o ser humano possa fazer com o outro do que torturar. Vocês sabem porque Jesus Cristo foi torturado”, declarou Por Redação OGalileo Exagero: Lula compara Dilma a Jesus Cristo Segundo o presidente, a petista não guardou mágoa dos torturadores. “Cicatrizes no corpo dela certamente já sararam. Mas o que é mais fantástico é que sararam a alma dela e a conciência dela”. Lula também disse que confia em Dilma para tudo: “Essa é uma mulher que eu daria um cheque em branco, essa é uma mulher que eu daria meu carro para fazer uma viagem”. Pelas críticas que teria sofrido durante seu governo, o presidente disse: "Meu corpo estaria mais arrebentado que o corpo de Jesus Cristo depois de tantas chibatadas". Lula exaltou ainda o fato de uma mulher ser presidente.“Pode pegar o mundo animal: quem domina o macho em qualquer circunstância é a fêmea”, afirmou. Sobre o setor energético, Lula disse que se Dilma fosse ministra no tempo de Fernando Henrique Cardoso não teria havido apagão no país. A candidata foi ministra de minas e energia no governo Lula. O presidente terminou o discurso como de costume em comícios: “Um grande abraço e até a vitória no dia 3 de outubro”. Com informações da Veja / Abril / Ogalileo

Butão propõe lei "anti-conversão"

Missionários evangélicos no Butão BUTÃO (12º) - Os cristãos desta nação himalaia, ainda desejosos de praticar abertamente sua fé, ficaram desanimados este mês quando o governo propôs o tipo de lei “anti-conversão” que outras nações têm usado como pretexto para acusar falsamente os cristãos de “coerção”. O projeto de lei puniria o “proselitismo” que “usa coerção ou outras formas de persuasão”, o que suficientemente articulado, assim temem os cristãos, poderia ser usado pelos vigilantes para colocá-los na prisão por seguir os mandamentos de Cristo de alimentar, vestir e cuidar dos pobres. “Agora, de acordo com a seção 463 [do código penal do Butão], um réu poderá ser culpado do crime de proselitismo se usar coerção ou outras formas de persuasão para causar a conversão de uma pessoa de uma religião ou fé para outra”, relatou o jornal do governo Kuensel em nove de julho. “Sempre houve uma lei anti-conversão virtual em vigor, mas, agora, está também no papel”, disse o pastor titular de Thimphu sob condição de anonimato. “Aparentemente, ela visa controlar o crescimento do cristianismo”. Kuenlay Tshering, membro do Parlamento do Butão e dirigente do conselho legislativo, disse à Compass Direct News que a nova seção está consoante o artigo 7(4) da constituição do Reino do Butão, que afirma: “Um cidadão butanês terá o direito a liberdade de pensamento, consciência e religião. Nenhuma pessoa será compelida a pertencer a outra fé por meios de coerção ou persuasão”. Ele disse que o Conselho Nacional tinha proposto que os crimes sob a proposta sejam classificados como delitos, puníveis de um a menos de três anos na prisão. Kuenlay disse que o projeto de lei “deve ser aprovado durante a próxima sessão do Parlamento, após a Assembleia Nacional deliberar sobre ela na sessão de inverno”. Perguntado se estava ciente de que leis “anti-conversão” similares na vizinha Índia tinham sido usadas incorretamente para perturbar os cristãos através de termos vagos de “persuasão”, ele disse que não. As autoridades normalmente agem com base em queixas de moradores contra obreiros cristãos. Então, queixas fúteis podem levar a sua prisão, disse outro pastor que solicitou anonimato. Das 683.407 pessoas no Butão, mais de 75 porcento são budistas, principalmente do leste e do oeste. Os hindus, a maioria nepaleses étnicos do sul do Butão, são aproximadamente 22 porcento da população. Há cerca de seis mil cristãos, a maioria nepaleses étnicos, mas não há nenhum prédio de igreja nem instituição cristã registrada. Entretanto, a bíblia tem sido traduzida no idioma nacional, Dzongkha, assim como para o nepalês. A constituição garante liberdade religiosa, mas o governo não reconhece oficialmente a presença de cristãos, cuja prática da fé permanece confinada a seus lares. A escola Drukpa Kagyue de budismo mahayana é a religião do Estado, com o hinduísmo dominante no sul, de acordo com o site oficial do Butão, que acrescenta: “Alguns remanescentes de bon, animismo e xamanismo ainda existem em alguns bolsões do país”, mas não faz nenhuma menção ao cristianismo. A despeito disso, desde que o Butão se tornou uma democraia em 2008, após as primeiras eleições de sua história, seguindo-se mais de cem anos de monarquia absoluta, as pessoas têm exercitado mais liberdade, incluindo a escolha religiosa. Tradução: Getúlio Cidade Fonte: Compass Direct / Portas Abertas

sábado, 24 de julho de 2010

Confira os 12 filmes Cristãos que mais fizeram sucesso nas bilheterias dos Estados Unidos e do mundo!

O portal norte-americano, Box Office Mojo, fez uma lista dos filmes cristãos que mais fizeram sucesso nas bilheterias dos Estados Unidos e do Mundo entre os anos de 1980 a junho de 2010, confira: 01 - A paixão de Cristo - U$370,782,930 (Drama/Biografia) 02 - As Crônicas de Nárnia: O Leão, a Feiticeira e o Guarda Roupa - U$291,710,957 (Aventura) 03 - As Crônicas de Nárnia, Príncipe Caspian - U$141,621,490 (Aventura) 04 - A história do Nascimento - U$37,629,831 (Biografia) 05 - Prova de Fogo - U$33,456,317 (Drama/Romance) 06 - Jonah: A Veggie Tales - U$25,581,229(Animação) 07 - One Night with the King - U$13,395,961(Drama) 08 - The Pirates Who Don't Do Anything - U$12,981,269 (Animação) 09 - Meggido - U$$12,614,346(Suspence/Ação) 10 - End of the Spear - U$11,967,000 (Aventura) 11 - Desafiando os Gigantes - U$10,178,331 12 - Expelled: No Intelligence Allowed - U$7,720,487 *Valores em $$, referentes a Bilheteria Com informações do Cinema Cristão

Milagre: Gianna Jessen, a sobrevivente de um aborto. Assista

'O médico que me abortou teve que assinar meu atestado de nascimento'. Gianna Jessen nasceu no dia 6 de abril de 1977 em Los Angeles, Califórnia e hoje é uma cantora cristã e ativista pró-vida (contra o aborto). Ela nasceu viva depois de uma tentativa de aborto por injeção salina O que é o aborto por injeção salina Usa-se só depois de 16 semanas de vida do bebê no útero. O líquido amniótico que protege o bebê é extraído e em seu lugar se injeta uma solução líquida salina concentrada. O bebê ingere esse líquido que depois de 1 a 12 horas de envenenamento lento e doloroso, desidratação, hemorragia do cérebro e de outros órgãos além de convulsões. Essa solução salina também produz dolorosas queimaduras graves na pele do bebê. Alguns chamam os bebês abortados de “bebês maçã do amor” (candy apple babies), por que a solução salina às vezes corrói a pele do bebê ainda vivo. Desse modo, sem pele, o bebê fica vermelho por causa do sangue de seu corpo. E sua cabecinha fica parecida com uma maçã do amor. Nem um animal se mata assim hoje em dia. Todos tão preocupados em dar uma morte rápida aos animais que são criados para o consumo humano. Mas o bebê não tem esse benefício da rapidez, o aborto por solução salina é permitido em alguns países. Tudo normal. Não tentem ver na Internet fotos dos bebês, são de cortar o coração. Algumas horas depois da injeção salina, a mãe começa o “parto” e dá à luz um bebê morto ou quase morto. Nem o Dr. Josef Mengele, o médico-monstro nazista poderia ter inventado um assassinato tão horrível como esse. E para não ficar com dor na consciência, chama-se esse homicídio cruel, lento e doloroso de “interrupção da gravidez indesejada”, ”aborto por instilação” e outros nomes cosméticos. No entando, Deus quis diferente e no seu poder e glória, salvou a vida de Gianna e deste modo obrigou o médico abortista a assinar a declaração de nascimento da nenê. O aborto de Gianna Jessen A mãe biológica de Gianna tinha 17 anos de idade qundo ela fez o aborto por instilação de solução salina. Gianna tinha 30 semanas (7 meses e meio) de vida. Gianna nasceu viva. Graças à tentativa de homicídio que sofreu, ela teve graves ferimentos que resultaram em atrofia física e paralisia cerebral. Paralisia cerebral imobiliza totalmente o corpo da pessoa e não tem cura. Posteriormente, os pais biológicos de Gianna colocaram ela para ser adotada. Depois de destruir fisicamente a menina, colocaram-na à disposição de algum interessado. Que para a sorte de Gianna foram os pais que ela precisava: amorosos, dedicados…quem dentre nós tem tanto amor para adotar uma criança? Poucos. E quem tem ainda mais amor para adotar uma criança com paralisia cerebral? Pouquíssimos…esse foi o tamanho do amor dos pais adotivos de Gianna: imenso! Primeira parte: Segunda Parte: Só Deus explica Como podem ver no vídeo e fotos, Gianna se tornou uma bela mulher, inteligente, bem saudável. Ela passou por uma recuperação física impressionante, para não dizer inexplicável. Os médicos diziam que ela jamais poderia andar devido à paralisia cerebral. E hoje ela anda! Mancando levemente, mas anda. Ela fala, discursa, ela canta. Quem são os médicos perante a grandeza do poder de Deus…são meros grãos de pó na sua ignorância como todos nós. Gianna, além de ativista pela vida e contra o aborto, participou da Maratona de Londres em 2006, ela é também cantora acompanhada por seu amigo Michael Logen e compôs e gravou várias músicas. Com informações do Time de Cristo / Youtube / Ogalileo

Igreja Batista realiza casamento lésbico e fiel exige dízimos de volta

Para Yvonne Moore, quando sua congregação batista do Sul realizou uma “cerimônia de compromisso” lésbico, não foi só algo contra a Bíblia — foi uma traição pessoal A traição levou a idosa negra, que havia frequentado a Igreja Batista da Aliança em Washington D.C. durante 37 anos, a processar para que suas doações semanais fossem devolvidas — doações avaliadas em aproximadamente 250 mil dólares. “Fiquei transtornada — eu dou para a igreja dez centavos de cada dólar. Eu pago dízimos, e eles não respeitaram os membros o suficiente para nos escutar”, disse Moore numa entrevista da CNN publicada na quinta-feira. “Não acredito nessas coisas. Sou uma batista do Sul. A Bíblia fala contra o homossexualismo — não se pode levar isso para dentro da igreja”, disse ela. Moore diz que frequentou o evento não acreditando que ocorreria em sua igreja, e achou a cerimônia “totalmente repugnante”. Evidentemente, Moore não é o único membro transtornado com a mudança: a reportagem da CNN menciona brevemente que a congregação perdeu metade de suas famílias por causa do descalabro. Os pastores Christine e Dennis Wiley, porém, foram obstinados em sua decisão de celebrar a união da dupla lésbica. “Não dá para você simplesmente ler uma Bíblia e pensar que de certa maneira você não dominou a palavra de Deus”, disse Dennis Wiley. Mais tarde Moore desistiu do processo, embora tenha dito que não voltará mais àquela igreja. Num encontro anual neste mês, os líderes americanos dos batistas do Sul aprovaram resoluções se opondo à normalização da homossexualidade nas forças armadas e no ambiente de trabalho. O Distrito de Colúmbia [onde fica a capital dos EUA] começou a disponibilizar licenças de casamento para duplas de mesmo sexo em março, juntando-se a cinco estados que revogaram a definição legal de casamento entre um homem e uma mulher. Com informações do Notícias Pró Família / Júlio Severo / CNN / Ogalileo

Pastor perde sua liberdade duas vezes

LAOS (9º) - Kye perdeu sua liberdade em 2000, por causa de sua fé em Cristo. Enquanto ele estava na prisão, os cristãos de seu vilarejo foram pressionados a renunciar sua fé, ou perderiam suas terras e meio de sustento. Seu ministério na província onde ele morava cresceu para 500 membros enquanto ele estava na prisão. Mas a prisão só serviu para aumentar o compromisso de Kye em fazer Deus conhecido em sua região. Após quase quatro anos na prisão, ele voltou para sua casa e para sua igreja. Seu sogro, um dos chefes do vilarejo, não ficou muito feliz com isso. Ele nunca aprovou a nova religião de Kye. Insatisfeito com a retomada das atividades cristãs de Kye, o chefe do vilarejo pediu que o pastor se mudasse para outro lugar. Em junho de 2006, Kye, sua esposa e seus dois filhos arrumaram as malas e foram embora. O sogro o alertou sobre possíveis problemas se ele retornasse ao vilarejo. Dessa vez, a fé de Kye lhe custou sua casa e igreja. Kye e sua família se estabeleceram em uma nova província, e fundaram uma igreja no local. Em poucos anos, 50 pessoas aceitaram a Cristo, e juntas, cultuavam a Ele todos os domingos. Ele participou de um treinamento, e se tornou um pastor melhor. No entanto, a perseguição confrontou Kye novamente, quando em 2009, ele e seu sobrinho retornaram para o antigo vilarejo, para acertar a mudança de seu irmão para sua casa. Assim que ele chegou no vilarejo, as autoridades o prenderam. Ele e o sobrinho foram acusados de propagar o cristianismo, ideologia considerada sedutora no Laos. Os dois cristãos não puderam receber vistas, nem mesmo de sua família. Certa vez, o irmão de Kye foi levar arroz, mas só pode ver o pastor de longe. A condição física de Kye era desconhecida, até que ele conseguiu fazer uma ligação para sua esposa: “A polícia nos algemou à parede. Não podíamos sentar, deitar, ou usar o banheiro. Não podíamos dormir. No dia seguinte, fomos levados para um pequeno vilarejo. A polícia cavou um pequeno buraco e nos jogou lá, ainda algemados. Ficamos lá durante um mês. A polícia queria manter nossa prisão em segredo. O que eu estou passando aqui é pior do que quando estive na prisão”. Como não havia um processo contra os cristãos, eles foram liberados em 2010. Tradução: Missão Portas Abertas Fonte: Portas Abertas

quinta-feira, 22 de julho de 2010

A ultima ceia

"A ultima ceia foi pintada por Leonard da Vinci, o notável artista italiano. O tempo que ele levou para completar sua obra foi sete anos. As figuras que representavam os 12 apóstolos e Jesus Cristo foram criadas através de modelos vivos. E o modelo vivo que representaria a figura de Jesus, foi escolhido primeiro. Quando foi decidido que Da Vinci faria essa grande obra, centenas e centenas de jovens foram vistos e examinados com cuidado, no esforço de encontrar uma face pura com a personalidade limpa, não afetada pelo pecado. Finalmente depois de semanas nessa laboriosa busca, um jovem de 19 anos foi selecionado como o modelo que representaria Cristo. Por seis meses Da Vinci trabalhou na produção desse caráter principal da famosa pintura e durante os próximos 6 anos se dedicou ao que restava desse sublime trabalho de arte. Pessoas apropriadas eram escolhidas uma a uma para representar os 11 apóstolos, e um espaço foi deixado para a pintura que representaria Judas Iscariotis, como o final toque dessa obra. Esse era o apóstolo, você se lembrará, aquele que traiu o Jesus, por trinta peças de prata, preço menor que 20 dólares, nos dias de hoje. Durante semanas Da Vinci procurou por um homem com a face endurecida, marcada pela avareza, cinismo, falsidade que poderia trair seu melhor amigo. Depois de muitas experiências desanimadoras em procurar pelo tipo de pessoa ideal para representar Judas, disseram a Da Vinci que um homem cuja a aparência se encaixava inteiramente nas exigências tinha sido encontrado. Ele estava numa cela subterrânea em Roma, sentenciado para morrer por uma vida de crimes e assassinatos. Da Vinci foi até Roma, e este homem foi trazido de sua prisão e conduzido à luz do sol. Lá Da Vinci viu que ele era um homem escuro, selvagem, de cabelo longo emaranhado e a expressão da maldade alastrada em sua face. Seu rosto mostrava um caráter, fraco, viciado em completa ruína. Por fim, o pintor encontrara a pessoa que queria para representar o caráter de Judas em sua pintura. Com a permissão especial do rei, este prisioneiro foi levado à Milão onde a obra estava sendo executada. Por seis meses o prisioneiro sentou-se diante de Da Vinci, durante horas, dia-a-dia, para que o artista continuasse a sua tarefa de transmitir na sua pintura, o caráter baixo no retrato que representava o traidor do Salvador. Assim que ele terminou, voltou-se para os guardas e disse: "eu terminei, podem levar o prisioneiro". De repente, o prisioneiro perdeu seu controle e correu até Da Vinci, e disse: "Da Vinci, olhe para mim! Você não sabe que sou eu?" Da Vinci, com os olhos treinados de um grande estudante , examinou cuidadosamente o homem cujo rosto tinha olhado incansavelmente por seis meses e respondeu: " Não, eu nunca o vi em minha vida até o momento em que você foi trazido à mim, de sua cela subterrânea em Roma". Então, levantando seus olhos para o céu, o prisioneiro disse: "Oh! Deus, tenho eu caído tanto?" E girando o rosto para o pintor, ele gritou, "Leonardo Da Vinci, olhe para mim outra vez. Eu sou o mesmo homem que você pintou sete anos atrás, como a figura de Cristo!" Muitas lições podem ser tiradas desta história verdadeira da pintura da ultima ceia. Como nós vemos os outros e os julgamos por aparências externas. Isto também ensina fortemente a lição dos efeitos de julgar o certo ou errado, na vida de um indivíduo. Aquele era um homem jovem cujo caráter era puro e intocável pelo pecado, que representou a inocência e a beleza para a representação de Cristo. Mas em sete anos, seguindo uma vida errada, transformou-se no retrato perfeito do maior traidor conhecido na historia do mundo." Desconheço o Autor. Fonte: Ilustrar

Fotos CD Viva Parte 1

Incontestavelmente uma das melhores cantoras cristãs do brasil. Cassiane segue cada vez mais inspirada pela graça de DEUS; com louvores ou hinos de "arrebatar". PARABÉNS QUERIDA. QUE O SENHOR LHE DÊ UMA VIDA LONGÂNIMA E SEMPRE ABENÇOADA, EM NOME DE JESUS! Com informações do cassianenews

Amianto pode matar mais de 1 milhão no mundo até 2030

Especialistas em saúde pública alertam para um grande aumento no número de mortes nas próximas duas décadas devido ao uso do amianto pela indústria da construção civil, sobretudo nos países em desenvolvimento. Uma investigação conjunta da BBC e do Consórcio de Jornalistas Investigativos revelou que mais de 1 milhão de pessoas podem morrer até 2030 devido a doenças ligadas à substância. Com um consumo de amianto 50 vezes maior do que os Estados Unidos, o Brasil é o quinto maior consumidor do produto em uma lista liderada por China, Índia e Rússia. Amianto branco O amianto é uma fibra natural presente em minas. Barato e resistente ao calor e ao fogo, é misturado ao cimento para construção de telhas e pisos. No entanto, a substância, cujo uso é proibido ou restrito em 52 países, solta fragmentos microscópicos no ar que podem provocar diversas doenças pulmonares quando inaladas, inclusive alguns tipos de câncer - veja como o amianto causa câncer. A investigação conjunta do Consórcio de Jornalistas Investigativos e da BBC revelou que a produção de amianto continua na ordem de dois milhões de toneladas ao ano. A indústria do amianto movimenta bilhões de dólares, sobretudo com exportações para países em desenvolvimento, onde as leis de proteção e a fiscalização são mais brandas. Apesar da proibição e restrição ao uso, uma variação da substância conhecida como amianto branco é produzida e exportada para diversos países. Para a Organização Mundial da Saúde (OMS), mesmo o amianto branco pode provocar câncer. Alguns cientistas temem que a disseminação do amianto branco possa prolongar uma epidemia de doenças relacionadas à substância. "Minha visão é de que os riscos são extremamente altos. Eles são tão altos quanto qualquer outra substância cancerígena que vimos, com exceção, talvez, do cigarro", afirma Vincent Cogliano, cientista da Agência Internacional de Pesquisa sobre Câncer da OMS. Fonte: Piripiri40graus Coluna Saúde - Barroso Neto

Norte-coreanos sofrem com a miséria do país

COREIA DO NORTE (1º) - A Coreia do Norte está chegando a um limite. Um representante da Portas Abertas conversou com um cristão do país que está na 1ª posição da Classificação de países por perseguição. Nos últimos oito meses, ele testemunhou uma grande mudança em seus compatriotas: “Caos e pânico absolutos”. Muitos jornais ocidentais publicaram artigos sobre isso: “A Coreia do Norte desvaloriza sua situação atual”. Em uma tentativa de conseguir o máximo de dinheiro possível, Kim Jong-Il decidiu implementar uma reforma na moeda nacional. Por meio de transmissões de rádio, os cidadãos ouviram a mensagem de que teriam apenas uma semana para trocar suas economias para a nova moeda corrente. Mil wons valeriam apenas 10, o que significa que o dinheiro guardado durante anos seria reduzido a quase nada. Além disso, eles só poderiam trocar no máximo 100.000 wons de suas economias, o equivalente a 1.000 wons. “Foi um choque terrível para o povo. Sabe o que conseguimos comprar com 1.000 wons? Dois quilos de arroz ou 20 garrafas de água. Algumas pessoas estavam economizando dinheiro há mais de 10 anos. A mídia do governo declarou que não receberíamos mais salários. Fomos abandonados”. O cristão continua: “Recentemente, vi um grupo de crianças, andando pela estrada. Elas estavam colhendo ervas e plantas. A escola requer que elas colham uma quantidade de plantas para o próprio estabelecimento”. Até novembro de 2009, as pessoas podiam se cuidar sozinhas. “Claro, a situação era ruim se comparada a outros países. Muitos morriam de fome, mas outros conseguiam sobreviver. Após a reforma na moeda nacional, as pessoas entraram em pânico. Alguns sofreram ataques do coração quando souberam da perda de suas economias. Soube da história de uma mulher que havia comprado arroz na China e vendeu por muito dinheiro na Coreia do Norte. Alguns dias depois, todo o dinheiro foi reduzido a nada. Então, ela cometeu suicídio. A economia nacional está totalmente estática. Ninguém quer gastar dinheiro “O alimento está muito caro. É possível comparar o início deste ano com a década de 90, em que muitas pessoas morreram de fome. Este é o mundo em que estamos vivendo”. Tradução: Missão Portas Abertas Fonte: Portas Abertas

Estudo associa uso de produtos de limpeza ao risco de câncer de mama

Mulheres que relatam maior uso de produtos de limpeza parecem ter maiores riscos de desenvolver câncer de mama do que aquelas que usam de forma mais comedida, segundo estudo americano recentemente publicado na revista científica Environmental Health. Entrevistando por telefone 787 mulheres diagnosticadas com câncer de mama e 721 sem a doença sobre o uso de produtos e as crenças sobre o câncer, os pesquisadores do Instituto Silent Spring descobriram que o uso de produtos de limpeza, desodorizadores de ar e repelentes de insetos estaria associado ao risco de câncer de mama. De acordo com os autores, aquelas que relataram maior uso combinado de produtos de limpeza apresentaram o dobro do risco de ter a doença, comparadas àquelas que relatavam menor uso desses produtos. “O uso de desodorizadores de ar e produtos contra mofo e bolor foram, particularmente, associados a maiores riscos”, destacou a pesquisadora Julia Brody. “Pelo que sabemos, este é o primeiro relato publicado sobre o uso de produtos de limpeza e o risco de câncer de mama”, acrescentou a especialista. Os pesquisadores alertam que, no estudo, as mulheres com câncer de mama que acreditavam que os produtos químicos e poluentes contribuem bastante para o risco de desenvolver a doença eram aquelas que mais usavam esses produtos. Por conta disso, outros especialistas sugerem cautela na interpretação dos resultados. “O que o estudo realmente mostra é que, quando um estudo se baseia na memória das pessoas sobre sua exposição, e as pessoas são preocupadas com essa exposição, você não obtém respostas confiáveis”, alerta o médico Michael Thun, da Sociedade Americana do Câncer. Nos estudos atuais, a mesma equipe de cientistas está medindo a qualidade do ar da casa das mulheres para determinar se há compostos que podem ser prejudiciais para a saúde. Enquanto mais estudos não são realizados para confirmação dos resultados, os pesquisadores recomendam o uso de produtos de limpeza mais simples, evitando combinar muitos produtos e, para a prevenção do câncer de mama, manter um peso saudável, realizar atividades físicas regulares e reduzir a ingestão de bebidas alcoólicas. Fonte: Environmental Health. 20 de julho de 2010. / Piripiri40graus

quarta-feira, 21 de julho de 2010

.

.

Momento de reflexão e oração

"Às vezes, nossa vida é colocada de cabeça para baixo, para que possamos aprender a viver de cabeça para cima". Senhor! Esteja à minha frente para me iluminar! Esteja atrás para me proteger! Esteja ao meu lado para me amparar! OBRIGADO, SENHOR! Obrigado, Senhor, pela tua presença constante ao meu lado! Tu és a força no momento de fraqueza, a alegria no momento de tristeza. Tu és a paz na tribulação e na angústia, és a rocha que alicerça meus projetos, e o embalo harmonioso que me acalma nas noites de inquietação. Tu és a luz que ilumina o meu caminho e a luz que me faz caminhar. Tu envolves toda a minha vida e estás presente em cada momento que vacilo. Quando caio, me levantas; quando me decepciono, me animas; quando sinto medo, me fortaleces. Em ti confio plenamente e a todo momento rendo graças pelas bênçãos e maravilhas que realizas a cada novo dia. Amém! Fonte: Piripiri 40 graus

terça-feira, 20 de julho de 2010

Líder ateista satiriza o Cristianismo e “desbatiza” seguidores usando um secador de cabelo

Um líder ateísta “desbatizou” dezenas de seguidores não crentes usando no ritual um secador de cabelo. Com o aparelho, simbolicamente, ele retirou toda a água lançada na cabeça durante o batismo tradicional. A cerimônia “desreligiosa” foi exibida no popular programa “Nightline”, da rede ABC, nos EUA. Edwin Kagin, responsável pelo “desbatismo”, disse acreditar que os pais cometem um grande erro ao deixar as crianças serem batizadas sem que elas tenham idade para entender o que está se passando. O líder ateísta, criado em família presbiteriana, chega a afirmar que alguns casos de educação religiosa deveriam ser punidos por “abuso infantil”. Ele classifica a sua “anticruzada” como uma “guerra civil religiosa americana”. Formado em Direito, ele percorre os EUA defendendo suas ideias. “Fui batizada como católica, mas não me lembro de nada. Minha mãe diz que eu gritava muito. Então você pode perceber que mesmo bem nova eu não queria ser batizada. Não é justo. Eu nasci ateia e me forçaram a ser católica”, afirmou Cambridge Boxterman, de 24 anos, que ganhou de Kagin uma “certidão de desbatismo” em Newark. Ironicamente, um dos filhos de Kagin se tornou um sacerdote cristão fundamentalista depois de ter tido, segundo ele, uma “revelação de Jesus Cristo”. Fonte: ABC / Gospel+

Cristãos são mortos em tribunal sob falsa acusação de blasfêmia

PAQUISTÃO (14º) - Atiradores mataram dois cristãos paquistaneses, Rashid Emmanuel, 36 anos, e seu irmão mais novo Sajid Emmanuel, 30 anos, os quais haviam sido acusados de blasfêmia contra o Islã, enquanto eles saíam do tribunal na segunda-feira (19 de julho de 2010), na cidade de Faislabad. O ataque aconteceu durante o retorno dos dois à prisão. Os irmãos foram acorrentados juntos após o seu julgamento no tribunal. Rashid e Sajid Emmanuel administravam o “United Ministries Pakistan” nos últimos dois anos em Daudnagar, próximo á colônia cristã Warispura, da cidade de Faisalabad. A dupla foi acusada por Khurram Shahzad, um homem muçulmano, de colar pôsteres supostamente blasfemos em uma parada de caminhões em Faisalabad. Segundo Walter Naveed dos Direitos Humanos Paquistaneses, os dois cristãos “blasfemadores” foram mortos a tiros nas dependências do tribunal. Ele revelou que um dos irmãos morreu no local e o outro foi baleado fatalmente e morreu no hospital. Naveed disse que um oficial de polícia, que escoltava os dois irmãos, também foi baleado. A agência Assist News Service (ANS) descobriu que os corpos dos falecidos foram levados para o Hospital Allied em Faisalabad para uma autópsia. A ANS tem recebido relatórios de ativistas de direitos dos cristãos em Faisalabad que os muçulmanos tem exigido a morte de cristãos. O assassinato desses dois irmãos aumentou a tensão dos cristãos que residem em Faisalabad. Naveed disse que milhares de cristãos se reuniram em frente a casa dos falecidos. A ANS teme que o pavoroso assassinato desses dois irmãos poderá incitar os protestos furiosos dos cristãos de Faisalabad. “Eles (os cristãos) estão escandalizados com as mortes. A situação aqui está muito tensa e altamente volátil,” Naveed informou à ANS. Os cristãos realizaram demonstrações de protesto na cidade paquistanesa de Sialkot em setembro de 2009 quando Robert, cujo apelido é Fanish, um jovem cristão, foi morto supostamente enquanto estava sob custódia policial. A morte dos cristãos nas dependências do tribunal em Faisalabad na segunda-feira recorda o assassinato de Manzoor Masih, um cristão acusado de blasfêmia, o qual foi baleado no tribunal da cidade paquistanesa de Gujranwala em 5 de abril de 1994. Sohail Johnson do “Sharing Life Ministry Pakistan” criticou a falta de segurança para os dois irmãos cristãos que foram mortos a tiros na segunda-feira. As minorias religiosas do Paquistão, inclusive os cristãos, tem pedido a anulação das controversas leis sobre blasfêmias do Paquistão. O parlamento europeu aprovou uma resolução sobre liberdade religiosa no Paquistão em 29 de maio de 2010. A resolução exigia uma “profunda revisão" das leis sobre blasfêmia. Tradução: Isabela Paiva Siqueira Fonte: ANS / Portas Abertas

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Importante pastor é morto a tiros

DAGUESTÃO (*) - Um importante pastor foi morto após ter sido baleado na cabeça quando saía da igreja, no que foi compreendido como um ato para intimidar os ex-muçulmanos da república do Daguestão. Artur Suleimanov, 49, também um ex-muçulmano, foi assassinado por atiradores que se aproximaram e abriram fogo quando o pastor entrou no carro em frente à igreja Casa de Oração Hosana na capital, Makhachkala, na quinta-feira, 15 de julho. Ele morreu no hospital por causa dos ferimentos, cerca de uma hora depois. Ninguém mais se feriu no ataque. O pastor Artur deixa sua esposa, Zina, e cinco filhos, o mais novo de 12 anos. A igreja de Suleimanov é uma das maiores igrejas protestantes no Daguestão. Em um contexto em que os cristãos enfrentam agressões e intimidações regulares, sua vida fio ameaçada em diversas ocasiões. A organização Barnabas Fund tem apoiado os cristãos no Daguestão, e se encontrou com o pastor Artur diversas vezes. Um representante afirma: “O pastor Artur Suleimanov era um cristão maravilhoso, e sua morte foi um choque devastador para a Igreja no Daguestão. Ele a Igreja Casa de Oração Hosana eram muito ativos no ministério e no evangelismo. Entendemos que esse assassinato foi uma tentativa de pressionar e amedrontar os cristãos no país”. Pedidos de oração • Ore para que Deus console a família do pastor Suleimanov, e também sua igreja. • Ore para que os assassinos e todos que estão por trás desse incidente possam conhecer a Jesus Cristo. • Ore pela proteção da Igreja no Daguestão, para que ela não se intimide com essa violência. A República Rússia do Daguestão faz fronteira com a Chechênia no turbulento norte do Cáucaso. A população é 98% muçulmana e a Igreja enfrenta perseguição de vários grupos. Tradução: Missão Portas Abertas * Este país não se enquadra entre os 50 mais intolerantes ao cristianismo. Fonte: Barnabas Fund / Missão Portas Abertas

Ore pelos cristãos envolvidos em conflitos

NIGÉRIA (27º) - Pelo menos oito pessoas morreram e 40 ficaram feridas nesta terça-feira no leste da Nigéria, em confrontos entre cristãos e muçulmanos, durante os quais foram incendiadas seis mesquitas e uma igreja, informou a polícia. Os confrontos explodiram na cidade de Wukari, oeste do estado, entre jovens muçulmanos e jovens cristãos devido à construção de uma mesquita. Taraba, um dos 36 estados da federação nigeriana, é majoritariamente cristão. A Nigéria, o país mais povoado da África, com 150 milhões de habitantes, é majoritariamente muçulmano no norte e cristão no sul. A população está dividida entre as duas religiões, e regularmente entram em choques de carácter étnico ou religioso, principalmente no norte. Pedidos de oração • Ore para que o governo continue no controle da situação e que a violência não aconteça novamente. • Segundo relatos, líderes religiosos agiram rapidamente para acalmar as pessoas. Agradeça ao Senhor por isso e ore para que eles continuem a encorajar os cristãos a não se envolverem no conflito. • Ore para que esse conflito não gere outros, como normalmente acontece na Nigéria. Tradução: Missão Portas Abertas Fonte: Portas Abertas

domingo, 18 de julho de 2010

Vídeo mostra Kennedy denunciando as sociedades secretas. Seria o motivo de seu assassinato?!

"Em discurso o presidente Kennedy denunciou os planos dos illuminatis para instalar a nova ordem mundial e declarou abertamente que ia combater os planos deles, bem... o final da história todos já sabemos. ele menciona sobre a Ordem do Caos, extensamente aplicada pelos illuminatis, que é provocar um caos muito grande para assim poder instalar a ordem(deles). os planos para acabar com as soberanias dos países e assim implantar um único governo mundial. e sobretudo denunciou a manipulação dos meios de imprensa. com a morte dele, morreu a última chance de um líder governamental lutar pela nossa LIBERDADE E INDEPENDÊNCIA. qual é a nossa realidade nos dias de hoje. os jornais e televisão nos contam a verdade? alguém depois de Kennedy tentou algo para impedí-los? a imprensa é confiável? vc acredita em tudo que dizem os jornais e televisão? vc acredita na possibilidade de estarmos sendo todos manipulados há séculos?" pense nisso e busque a verdade que a verdade te libertará. Kennedy denuncia as sociedades secretas Fonte: You Tube

Iraniana condenada ao apedrejamento revive história de Maria Madalena

Como a personagem bíblica, a acusada de adultério Sakineh espera ser salva do fim trágico Iraniana condenada ao apedrejamento revive história de Maria Madalena Sakineh Mohammadi Ashtiani é mais uma das milhões de mulheres iranianas cobertas da cabeça aos pés pelo xador. A vestimenta preta é uma das versões mais radicais do véu muçulmano, destinado a esconder a sexualidade feminina. Em 2005, ela foi presa pelo regime fundamentalista do Irã. Em 2007, foi julgada. Seu crime: adultério. Sua pena: morte por apedrejamento. Não se sabe ao certo a idade de Sakineh. Ela teria cerca de 43 anos. Sua prisão, em 2005, ocorreu, segundo o regime, porque ela teria tido uma “relação ilícita” com dois homens. A pena inicial foram 99 chibatadas. O processo avançou, e no dia 27 de maio de 2007 Sakineh foi condenada à morte por adultério. A história de Sakineh, que tem dois filhos, lembra um mítico personagem bíblico, Maria Madalena. Segundo a tradição cristã, a prostituta também aguardava a morte por apedrejamento até ser salva por Jesus Cristo, que na ocasião teria dito uma em uma frase que ficou célebre: - Quem não tiver pecado que atire a primeira pedra. Dois milênios após o episódio narrado na Bíblia, outras mulheres continuam a ser vítimas das pedras e da intolerância do regime iraniano, hoje liderado pelo presidente Mamoud Ahmadinejad. O país é um dos líderes na violação de direitos humanos segundo organizações como a Anistia Internacional e a Human Rights Watch. Ministro diz que pena continua Pressionado por uma campanha internacional pela revisão da pena de Sakineh, o governo iraniano chegou a anunciar no último dia 8 que ela não seria apedrejada. Quatro dias depois, o ministro das Relações Exteriores, Manucher Mottaki, confirmou que a pena continua. Mesmo assim, a pressão continua. A Anistia Internacional colocou no ar uma página na internet para coletar assinaturas contra o apedrejamento de Sakineh. O xeque brasileiro Mohamad Kalil, que viveu 13 anos no Irã, diz que o regime está suavizando a aplicação da sharia (a lei islâmica). Ele não acredita que Sakineh será morta por apedrejamento. Mesmo assim, apoia a aplicação da rigorosa lei muçulmana se o sistema tiver respaldo da sociedade local. Violação de direitos humanos é frequente no Irã Segundo a organização americana Human Rights Watch, "o respeito aos direitos humanos básicos no Irã, especialmente a liberdade de expressão e de reunião, se deterioraram" desde que Ahmadinejad chegou à Presidência, em 2005. O último relatório da Comissão de Direitos Humanos da ONU que trata mais especificamente da agressão às mulheres, de 2005, diz que havia 397 mulheres aguardando punição, “algumas esperando a pena de morte”. O relatório conta a história de Leyla, então com 19 anos, condenada a apedrejamento em 2004 pelo mesmo motivo que Sakineh. Segundo psicólogas, a jovem tinha problemas mentais e maturidade de uma menina de oito anos. A violência, no entanto, começou cedo. Aos 9 anos, ela foi presa pela primeira vez, por atos impróprios. A primeira punição: cem chibatadas. Leyla acabou salva pela pressão dos ativistas. Para Sakineh ainda há esperança. Com informações do R7 / Click PB / Ogalileo

Mulher recebe cesta de café da manhã com bomba no ES

De: Alex Cavalcanti Vitória - Es Uma mulher de 28 anos recebeu no sábado uma cesta de café que continha uma bomba e um dispositivo de detonação, ocultados em uma caixa. A cesta foi entregue na residência da mulher, no município de Serra, região metropolitana de Vitória, por um motociclista. Como ela não estava em casa, o objeto foi recebido e aberto pela cunhada, em companhia do pai da mulher, que percebeu um botão estranho no objeto e acionou a polícia. "Quando ela (a cunhada) desembrulhou a caixa, o objeto estava quente. Tinha algo estranho e, por sorte, não explodiu", afirmou o pai da mulher. A polícia colocou a caixa na rua e a detonou. Estilhaços voaram até cerca de 50 m. Até por volta das 11h40, a polícia ainda não havia prendido nenhum suspeito de envolvimento na tentativa de homicídio, mas a família acredita que o ex-marido da mulher tenha enviado o artefato. Segundo a mulher, ela conheceu o ex-companheiro pela internet. Na época, ele morava nos Estados Unidos e, depois de três anos de contato virtual, mudou-se para o Brasil para se casar com ela. A união durou apenas dez meses e, desde a separação, a mulher tem sofrido constantes ameaças. "Ele veio dos Estados Unidos para cá e me culpa, diz que acabei com a vida dele. Por isso, diz que vai acabar com a minha vida também. Eu tenho medo porque, se ele fez isso comigo, pode me pegar na rua ou fazer mal a alguém da minha família", disse. Fonte: Terra

A tenebrosa sombra do suicídio

Você sabia que até Jesus Cristo foi tentando a suicidar-se? Sim! Isso mesmo que você leu! O diabo não é uma lenda. Jesus enfrentou-o no deserto. Ele, sem nenhum escrúpulo, teve a ousadia de propor o suicídio ao Senhor, quando O aconselha a atirar-se do pináculo do Templo, alegando que Jesus seria amparado pelo anjos! Jesus rebate e responde: "Não tentarás o Senhor teu Deus" (Mt. 4.7). Por isso, todo cuidado é pouco, pois trata-se de definir seu futuro, onde passará a eternidade! O diabo sabe que se você "cair" na dele, vai estar eternamente separado de Deus "em choro e ranger de dentes", pois a alma é imortal! A mensagem de Deus é vida pra você! "Buscai ao Senhor e vive" (Am. 5.6) Você não é um erro divino! Você é muito especial pra Deus! Busque ao Senhor enquanto se pode achar, invoca-O enquanto está perto(Is. 55.6) e saiba que Deus tem um projeto maravilhoso para sua vida! Deus te ilumine e lhe dê paz! Fonte: www.piripiri40graus.com/piripiri-gospel

ADOLESCENTE FILHA DE TESTEMUNHA DE JEOVÁ SE MATA

O que pode levar uma jovem de 16 anos com toda uma vida pela frente a um ato tão radical e dramático? O suicídio entre adolescentes ocorre por fatores específicos principalmente quando essa transição da adolescência para a fase adulta se torna confusa e cheia de problemas que possam levar a uma insegurança ou mesmo exigências repressoras que possam acarretar a depressão. Infelizmente as Testemunhas de Jeová reprimem seus filhos e crianças com responsabilidades que beiram a absurdos. Desde pequenos as crianças são colocadas para seguir os pais em pregações religiosas nas ruas e a treinarem constantemente respostas para tentar explicar as mais esquisitas proibições que vão desde não comemorar aniversários, datas comemorativas até proibirem os filhos de participarem de torneios esportivos nas escolas ou mesmo em eventos culturais. Tudo em nome de uma pureza espiritual que constantemente é lembrada das tribunas com o aviso que todas as outras formas de espiritualidade são incompletas e somente a “verdade” se encontra nas Testemunhas de Jeová. Isso gera em muitos jovens conflitos e situações vexatórias nos colégios onde são sempre obrigados a se isolarem das pessoas que não são da mesma fé, ou seja, não sejam Testemunhas de Jeová. Isso acarreta sérios problemas futuros no amadurecimento dessas crianças e jovens. Essa notícia mostra o quanto proibições exageradas podem causar danos irreparáveis: Filha de mãe Testemunha de Jeová, I.C., 16, cursava o 2º ano do Ensino Médio da Escola Padre João Grener, no Conjunto Estrela do Sul. A menina fazia parte de um projeto de dança e na noite de ontem telefonou para as amigas chateada pelo fato da mãe não ter autorizado a sua participação na apresentação cultural. Às 9 horas, a PM (Polícia Militar) foi acionada para ir até o residencial, onde a família mora. Por conta do conflito religioso a família enfrentou a tragédia. O pai, autônomo, acompanha os peritos que estão na residência, onde a menina está sem vida. A suspeita é de que ela teria usado a arma do pai escondido e desferido um tiro no peito. Abalada, a mãe está na casa da vizinha. Fonte: www.extestemunhasdejeova.blogspot.com

Missionários não são bem-vindos no Azerbaijão

AZERBAIJÃO (24º) - O Azerbaijão é um pequeno país localizado ao sul da Rússia, ao lado do mar Cáspio. A maioria da população é composta por azeris, porém há pequenos grupos minoritários, como os curdos e os lezguianos. Existem ainda muitos estrangeiros trabalhando no país. A Igreja Quando o Azerbaijão tornou-se uma república independente, havia apenas alguns convertidos no país, ligados aos cristãos russos e armênios. Durante e depois do conflito com a Armênia, a maioria dos armênios deixou o país. A Igreja protestante russa, entretanto, desempenhou um papel na formação da jovem Igreja azeri. No passado, cristãos russos foram enviados pelo czar ao Azerbaijão, como punição. Esses cristãos começaram a pregar e a organizar igrejas lá. Na era soviética, tudo era proibido, mas a Igreja continuou a funcionar, clandestinamente. Com a abertura no começo da década de 1990, a Igreja formada por azeris começou a crescer. Estima-se que, em 1997, havia seis mil convertidos no país; até 2006, o número havia triplicado. A dependência da Igreja russa diminuiu, e a comunidade azeri torna-se rapidamente uma Igreja que sofre oposição das autoridades locais e nacionais, bem como da sociedade. Os cristãos azeris são considerados traidores, e associados da Armênia, inimiga da nação e considerada um país cristão. Há provavelmente 20 mil cristãos nativos no país, a maioria da Igreja ortodoxa. Esse número cresceu bastante: em 1994 havia apenas 5 mil cristãos. Menos de mil são protestantes, a maioria deles batistas. Tais números são passíveis de mudanças constantes, uma vez que quase todos os cristãos são estrangeiros, especialmente russos e armênios. Convertidos entre a população local somam menos de uma centena. A perseguição Embora a Constituição garanta a liberdade de consciência e religião, todas as comunidades religiosas são obrigadas a se registrar. Para a minoria cristã, é quase impossível obter o registro. A maioria das igrejas protestantes opera ilegalmente, sendo restringidas para operar em público e para obter livros cristãos. Isso as torna vulneráveis a perturbações e perseguição. O avivamento islâmico tem tornado os azeris menos abertos ao cristianismo. No final da década de 90, o governo praticamente iniciou uma operação de guerra contra os convertidos, utilizando tanto uma pressão direta - interrogatórios, perseguição, demissão, restrições quanto à distribuição de materiais cristãos - quanto indireta, ao incitar a população contra os convertidos. Os protestantes enfrentam inúmeras dificuldades no Azerbaijão, onde a maioria da população azeri é de origem muçulmana. Alguns clérigos e oficiais do governo muçulmanos têm expressado de forma veemente sua desaprovação à liberdade de atuação dos cristãos. Apesar da fome espiritual e da abertura das pessoas, 90% dos que se interessam pelo evangelho desistem de segui-lo assim que sofrem pressão de seus empregadores e familiares. O custo de perder o emprego ou de ser rejeitado pelos parentes e amidos, parece alto demais para eles. Os convertidos azeris são intimidados pela sociedade, e quase sempre são alvo dos ataques da mídia. Eles são retratados como criminosos e traidores do país. Os empregadores não se mostram interessados em manter cristãos como seus funcionários. Problemas com as permissões para religiosos estrangeiros servirem às congregações cristãs parecem ter sido resolvidos. Dois pastores estrangeiros conseguiram vistos para continuar seu trabalho nas igrejas. Apesar das intermitentes dificuldades acima relatadas, os batistas afirmam que pretendem continuar seu trabalho evangelístico: "Pedimos que orem por nós para que o Senhor nos inspire a pregar sem medo as boas novas de Cristo a todo o momento". Dentre os inúmeros exemplos de perseguição sofridos ao longo dos anos, está a recusa de funcionários do governo em conceder certidões de nascimento aos filhos de membros da igreja. Os nomes de batismo deles foram considerados inaceitáveis por funcionários de Zakatala. Motivos de oração 1. Os cristãos têm sofrido em consequência da natureza islâmico-cristã do conflito entre o Azerbaijão e a Armênia. Ore por um progresso nas relações entre cristãos e muçulmanos e por um abrandamento das tensões causadas pelo conflito com a Armênia. 2. Missionários não são bem-vindos no Azerbaijão. Ore para que estrangeiros encontrem meios de servir o país e alcançar o povo por meio de um ministério solidário. 3. A Igreja tem desfrutado de alguma liberdade. Peça que a crescente resistência ao cristianismo seja reduzida e que a Igreja use a liberdade que tem para evangelizar. 4. A Igreja tem sofrido com a pobreza. Ore para que empresários que temam ao Senhor ajudem os cristãos azerbaijanos com novos empreendimentos que se proponham a aliviar o terrível drama da pobreza urbana. Fonte: Portas Abertas

Lista das 10 postagens mais populares desde à criação do Blog

Pegue uma Bíblia e descubra Como ir para o Céu

O plano de Deus para a sua salvação

Primeiro você precisa saber:

1) Boas obras não salvam (Efésios 2:8,9 / João 14:6 / Tito 3:4-7)

2) Todos pecaram inclusive você (Rom 3:23)

3) E por isso todos estão indo para a morte eterna (o Inferno) (Rom 6:23)

4) Mas Deus nos amou tanto que enviou Jesus Cristo para nos salvar (João 3:16 / João 14:6 / Romanos 5:8 / Lucas 5:32)

E assim se você...

1) ... se arrepender e confessar que é pecador, (2 Cor 7:10 / 1 Jo 1:9)

2) ... crer que Jesus é o Filho de Deus (Rom 10:9)

3) ... e pedir a Ele: “Jesus me perdoa, me salva! (Rom 10:13 / Lucas 23:33-43)

Então você será salvo!

1) Todos os seus pecados serão perdoados e lavados pelo sangue de Jesus (I João 1:7 / Marcos 1:40-42)

2) Você terá vida eterna no céu com Deus (João 3:16 / João 14:2-6)

3) A salvação não se perde jamais (João 10:27-30)

“Eis aqui agora o dia da salvação” (2 Cor 6:2)

Ninguém sabe quanto tempo vai viver, não adie a maior decisão que você tem a tomar na vida. Converse com Deus em uma oração simples, se arrependa, confesse, creia e clame “Jesus me perdoa, me salva, me lava, me transforma!” E assim você poderá ter absoluta certeza da salvação.

Fonte: Editora Elim – www.editoraelim.com.br – (21) 2415-7923

FOLHETO: ESTA FOI A SUA VIDA!

VOCÊ TEM UM TEMPINHO PARA VER?

PAÍSES QUE PASSARAM POR AQUI: QUASE 160

free counters